• julho 2016
    S T Q Q S S D
    « jun    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031

O espírito olímpico

Como esse seja talvez o último evento supostamente mais importante em 2016. Vamos analisar o que de fato é esse “espírito”, bem como seu significado para o Estado e a verdade ocultada por ele.

Podemos dividir o Estado em governo mundial e governo local. Para o governo mundial o interesse do evento está em despertar os velhos princípios presentes na Ordem Mundial de Baha’u’llah através da ONU e suas agências que são a unidade da diversidade e um mundo sem fronteiras. A ONU quer é guerra! O mercado de armas e munições americano e russo sabem muito bem disso. Eis aqui um motivo muito forte para que não seja feito um minuto de silêncio em homenagem aos mortos em várias épocas.

Já para o governo local criou-se um sistema infinito de corrupção e lucro que se fossem escritos não caberiam em livro algum desse mundo, por isso vamos apresentar apenas os principais fatos:

– Manipulação midiática – Para criar todo o clima do espírito olímpico fabricado o Estado conta com a mídia e os atletas, ambos representados pelo Ministério das Telecomunicações e Esportes, respectivamente. São aquelas propagandas chatas que aparecem no rádio e TV. Uma verdadeira lavagem cerebral ! Para que o efeito seja mais nocivo ainda espalham o aparelho em bares, lojas, padarias, mercados…Não tem como escapar!

– Exibicionismo governamental – Presidentes costumam sacrificar a vida do povo desviando o dinheiro das áreas de saúde, educação e segurança para as olimpíadas. Outra grande justificativa está no exibicionismo mundial , nesse caso a existência de um país atolado infinitamente na corrupção chamado brasil (em minúsculo mesmo). Que abram novas portas para as privatizações.

– Punição aos atletas – Em alguns países existe a necessidade de fabricar um herói para as massas, por isso e evento é propício. Se esse atleta ou atletas não voltarem com uma medalha correm o risco de serem presos.

– Fins educativos – Criada pelo barão de Coubertin em 1896, as olimpíadas tinham esse princípio, porém com o passar do tempo os valores mudaram. A mensagem que fica para as crianças é a mesma feita pelo futebol, ou seja, o sentido da vida está em não estudar, trapacear e se tornar famoso ostentando uma ou várias mulheres, bem como carros e mansões. E assim, o nosso rei segura a tocha. Um jogador de futebol analfabeto que faz propaganda de cursos universitários. Um  fruto dessa política suja se transforma no herói das massas. Aquele  que nos guiará com a luz da tocha. O rei está velho e  só, pois a sua rainha dos baixinhos o trocou por um homem rico, branco e apresentável após conquistar fortuna.

– O mito de Prometeu – O personagem criado na antiga Grécia por Hesiodo rouba o fogo “sagrado” e entrega para os humanos. Devido a isso é condenado a subir com uma rocha no monte e quando chega no topo ele rola para baixo, iniciando todo o processo novamente durante 30 mil anos. Esse mito mostra a realidade na inutilidade do evento em nossas vidas. Uma obra superfaturada que desviou milhões e cairá no mar do esquecimento, restando as cinzas olímpicas  na forma de dívidas impagáveis e na total ruína de uma nação, nesse caso em especial para a população do Rio de Janeiro.

– A tocha olímpica:

Um verdadeiro símbolo do paganismo. O seu fogo por onde passa deixa o rastro de miséria e crises intermináveis para a nação que acolheu os jogos. Crises cíclicas que geram planos de austeridades cada vez mais rigorosos para a população. E quando por um curto período a economia se estabiliza, tal como o mito de Prometeu a rocha cai por terra, iniciando uma nova subida com mais austeridade e rigor.

O espírito olímpico é o terror. Por causa desse evento maldito a vida das pessoas que viajam de avião virou um inferno. Revistas rigorosas para as pessoas comuns e nenhuma para os políticos.

Esse objeto estúpido se transforma em um deus, sendo cultuado de cidade em cidade. A tocha recebe um aparato de segurança invejável que jamais qualquer pessoa comum (entende-se aqui não políticos) teria em vida. Qual o sentido da tocha? Paz universal? Unidade da diversidade? Isso é ridículo e absurdo ! Se pararmos para pensar não existe nada de bom, pois se trata de um evento em que apenas a aristocracia brasileira e internacional estarão lucrando. Para os atletas amadores, pois aqui esporte é só futebol, resta um minuto de reconhecimento de glória e exibicionismo, isso se ganharem.

Porém o efeito hipnótico e mítico desse objeto já está no coração de muitos. O espírito olímpico está rodeando a terra procurando a quem possa tragar e viver no estado de alienação. É necessário desenvolver o amor pela tocha. Sendo assim, vejo o repórter global derramando lágrimas de crocodilo ao segurar o objeto de adoração. Tentativa fútil de motivar os povos. Nossos heróis, nosso país…agora somos humanos? Temos posse de algo? A importância da vida humana acontece somente quando o Estado quer?

Diante do poder do Estado sobre a minha impotência e insignificante vida resta apenas virar as costas para tudo isso. Seguir caminhando contra o vento, resistindo a ventania que tanto tenta me derrubar.

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.” (I João 2 : 15)

 

 

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-36799961

http://esporte.hsw.uol.com.br

http://www.brasil.gov.br/cultura/2016/07/tocha-olimpica-chega-a-sao-paulo-neste-domingo-24

Os vitoriosos da besta

Durante alguns anos da minha vida me dediquei a pregar sobre o Apocalipse em algumas igrejas e para grupo de pessoas. O que a maioria delas possuem em comum até os dias de hoje são: a falta de interesse, o descaso e a descrença. Não foram poucas as vezes que iniciei uma palestra com 400 pessoas e no final sobraram apenas 8, das quais nunca mais vi. Sim! Boa parte do povo evangélico é super sem educação, ignorante, arrogante, traidor, amante de si mesmo e outras coisas piores.

Mas a casa de Israel não te quererá dar ouvidos, porque não me querem dar ouvidos a mim; pois toda a casa de Israel é de fronte obstinada e dura de coração. Ezequiel 2 (3:7)

O que leva as pessoas a ter essa falta de interesse? Primeiramente, pensei como o diabo observa essa situação. Ora, a primeira meta e fazer com que o cristão adore a besta e a segunda permitir que não receba um galardão muito especial descrito no versículo abaixo:

“E vi um como mar de vidro misturado com fogo; e também os que saíram vitoriosos da besta, e da sua imagem, e do seu sinal, e do número do seu nome, que estavam junto ao mar de vidro, e tinham as harpas de Deus.” (Apocalipse 15 : 2)

Existem duas interpretações mais usadas para decifrar o que é esse mar de vidro. A primeira é feita pelo bispo abortista da IURD na qual o ser considera a simbologia “mar”= povos, nesse caso o povo de DEUS na eternidade. A segunda que é divulgada por várias pessoas na qual o mar possui um sentido literal, ou seja, o mar de vidro é o que é. Para dificultar mais um pouco as coisas temos 4 traduções bíblicas. Vejamos todas elas:

1)Então vi o que parecia ser um mar de vidro misturado com fogo – Nova Tradução na Linguagem de Hoje

2)Vi como que um mar de vidro, mesclado de fogo – Almeida Revista e Atualizada

3)E vi um como mar de vidro misturado com fogo – Almeida Revista e Corrigida

4) Vi um como mar de vidro, misturado de fogo – Tradução Brasileira

Porém, o que todas possuem em comum é o ato de ver o objeto (o mar) como parte da descrição do trono, o que nos leva para a segunda alternativa que possui a interpretação simbólica, descartando-se a interpretação do bispo abortista. O mar de vidro também aparece em Apocalipse 4 entre as demais descrições do trono.

Já as pessoas aparecem na continuação do versículo 15, mas como os vitoriosos da besta, ou seja, aqueles que souberam reconhecer o seu sinal, nome e número do seu nome. Para que o leitor possa ter uma idéia da grandiosidade desse galardão deixo a animação abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=lJKgh4ZfhaE

Observe que nessa animação estão excluídos os vencedores da besta. Muito estranho? Mas o fato é que trata-se de um grande galardão. Imagine estar diante do trono de DEUS ao lado de uma beleza jamais vista que é esse mar de vidro.

Eis que o soberbo bate a porta! Ele ajuntará para si todos os povos em nome da diversidade. Mas DEUS tem um local para colocar a salvo aquele que ouvir sua voz. O convite está lançado, grandiosamente profetiza Habacuque no versículo abaixo:

“Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo.” (Habacuque 2 : 2)

É isso aí! Aprendendo a calcular direitinho o nome, número e letras da besta do abismo um grande galardão lhe espera:

“Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.” (Apocalipse 13 : 18)

Ícones evangélicos

Vamos iniciar agora a nossa investigação analisando os ícones evangélicos. Essas representações do objeto buscam a virtude da natureza divina? Para buscar a resposta dessa pergunta vamos analisar alguns poderosos e riquíssimos líderes evangélicos do Brasil. São eles: Edir Macedo ( mais conhecido como o bispo abortista), Valdemiro Santiago, RR Soares e Agenor Gomes.

“Defino um ícone como sendo um signo que é determinado por seu objeto dinâmico em virtude de sua natureza interna”. Essa foi uma frase deixada por Pierce que nos serve para a compreensão desse estudo. Como descrito existe um vínculo entre o objeto e sua natureza interna em cada um desses poderosos, isso segundo a astúcia que possuem.

Vamos começar pelo mais rico de todos, o bispo abortista da IURD. Após muitos anos construindo templos normais , o ser resolveu criar o seu ícone evangélico. Nesse caso, o Templo de Salomão. O local é repleto de seguranças prontos para baterem em quem fizer qualquer gesto suspeito, é extremamente proibido o uso de celulares, sendo esses confiscados na entrada e se por motivo de força maior alguém chegar atrasado será recebido com as portas trancadas. Não adianta clamar ou implorar por ajuda que as portas não vão se abrir. Segundo o líder da seita, tudo isso é necessário, pois é a casa de DEUS.

Ora, tal argumento apenas mostra o desejo da sua natureza egoísta que prevalece, pois sabendo que transformou o seu ícone em um objeto de adoração e que deve ser temido, o mesmo pretende abocanhar o maior número de fiéis. Fiéis que encontram as portas abertas para todas as religiões no melhor estilo unidade da diversidade de Baha’u’llah, pois associa outros ícones menores que levam para o culto ao judaísmo (Arca , quipá…) , duas religiões completamente diferentes.

O nosso segundo homem mais rico é RR Soares que também é uma cria do bispo abortista que fundou sua própria igreja, além de ser dono de enumeras transmissoras de TV no Amazonas. Em locais mais distantes existem placas com o nome da igreja e claro a foto do Missionário. Nesse caso ele se transforma no ícone. Essa estratégia é fundamental para que o investimento feito na TV tenha efeito sobre o observador. Alguém poderia perguntar: Que igreja é essa? Ah! É a do RR Soares da TV.

Já o terceiro homem mais rico o Apóstolo boiadeiro ou o rei do gado evangélico usa uma estratégia parecida. Como não poderia ser diferente, mais uma cria da IURD. Seus templos também possuem o nome da sua igreja e a sua foto, porém ele traz como complemento do seu ícone a sua esposa. Dessa forma temos o ícone do casal exemplar que deve ser imitado e seguido. A propaganda também passa a idéia de um homem sólido (digamos perfeito) em quem as pessoas podem confiar, pois é casado.

E por último Agenor Gomes, mais uma cria do bispo da IURD. Sensacionalista, escandaloso, histérico e polêmico. Ele também se transforma em ícone. Dentre as suas virtudes evangélicas duas se destacam mais. Seu ícone está em se achar um Apóstolo de Cristo e a nova reencarnação do profeta Elias, pois costuma- se vestir de pano de saco para atrair fiéis. Apesar de usar a mesma técnica de associação líder x igreja, o diferencial está na autoridade do profeta Elias que ele supostamente possui. Temos aqui um ícone repleto de falsidade que não se contentando como Apóstolo também quer o ministério de profeta.

Conclusão: O ícone é uma forma de apostasia, pois coloca todos esses seres na frente do evangelho da verdade . Suas bizarrices e auto-promoção de imagem na forma de ícone tornam-se magnéticas, atraindo todos metais preciosos do povo para si mesmo.

O avanço eco terrorista político

“A Terra é um só país e a humanidade seus cidadãos” ( Baha’u’llah)

A frase do cristo cósmico e muito doce para a boca, porém se torna amarga e insuportável ao estômago. É assim que podemos definir a eco agenda que está sendo implantada. Cada pessoa, cada governante e cada monstro interpreta o pensamento descrito acima de acordo com os desejos do coração.

Recentemente, os marginais do PSDB, liderados pelo governador de São Paulo (prefiro nem escrever por aqui o nome desse monstro infernal que se acha dono do Estado) , privatizaram uma série de parques. Através de uma manobra extremamente suja e imunda Cauê Macris e mais 21 ladrões entregaram 25 parques para a iniciativa privada fazer o que bem quiser com o pouco de área verde que sobrou do Estado. As atrocidades vão desde a expulsão de moradores locais (índios e africanos) até a exploração sem qualquer preocupação em reflorestar a área. Nada impede que as pessoas no futuro tenham que pagar para entrar no que sobrará dos parques.

Outro exemplo agravante são as lâmpadas ecologicamente corretas. Antigamente – e isso não faz tanto tempo assim uma lâmpada custava R$.1,50, porém com a implantação da agenda ambiental algumas estão custando R$10,00 e começam a desaparecer das prateleiras restando lâmpadas cada vez mais caras.R$20,00 R$30,00 …e chegam até o absurdo de R$.199,90 ( link no final do post).Lâmpada econômica? Nada poderia ser mais absurdo!

Essa é a forma com que a agenda ambiental realmente está sendo colocada na prática, ou seja, temos aqui a visão do capital e seu modo de exploração e lucro.

http://www.brasilpost.com.br/2016/06/08/projeto-que-privatiza-25-_n_10351980.html

http://www.leroymerlin.com.br/lampada-led-golden-alta-potencia-bulbo-40w-branca-bivolt_89175933?origin=68267611cfb05d940a41a3ed

A maconha socialista e religiosa

Gloria_maconha

No post anterior vimos como os grandes capitalistas se preparam para o lucrativo mundo das drogas. Foi apresentada uma história fictícia, onde uma pessoa no futuro usa uma marca fictícia que tem como função apresentar o prazer de fumar maconha, sentido-se leve e seguro (a) em adquirir um produto de qualidade. Essa é a função recreativa capitalista.

Vamos analisar da maconha socialista. Nela o governo se torna o traficante estatizando a erva. No caso do Uruguai já está tudo pronto. Os pacotes serão vendidos com 10g e nada de propaganda nos produtos, porém ela também tem a função recreativa.

Já a terceira alternativa para a legalização está vinculada com a religião, ênfase para os rastafáris. Recentemente, um vídeo de uma repórter global “BOMBOU” NA INTERNET. Mas antes de dar a sua tragada Glória Maria foi convidada a “rezar” algumas palavras, porém não teve sucesso com o idioma, mas mesmo assim o uso do véu representa  a submissão aos “deuses”. Glória Maria, Glória da Maconha, Glória de DEUS (nome de Baha’u’llah em português)! É isso aí…uma rede semântica que leva ao êxtase.

Essas tinham como função iniciá-la para a transcendência espiritual, pois na Jamaica, apesar do uso diversificado, o principal motivo está ligado na religião. É fundamental para que durante o período da manifestação espiritual do cristo cósmico Baha’u’llah algumas pessoas já tenham contato com os seus espíritos guias localizados nas regiões celestiais do mal, pois muitos desses se transformarão em líderes locais; por exemplo:

O acesso a essa região pode ser vista na musica abaixo da banda cidade negra chamada “ Firmamento”, especialmente nessa parte da canção: “ Você não sai da minha cabeça e minha mente voa você não sai, não sai, não sai, não sai…Entre o céu e o firmamento não há ressentimento cada um ocupando o seu lugar não sai não, não sai, não sai, não sai, não sai…”.

O uso da maconha tem como função “agraciar” os iniciados com o batismo da falso espírito santo de forma permanente. Por isso a canção diz: “ Você não sai da minha cabeça e a minha mente voa”. O Vôo é a própria transcendência para as regiões celestiais, onde cada ser espiritual ocupa seu lugar, mas sem se comunicar com aqueles que os viram no mundo dos vivos, pois aguardam a manifestação de Baha’u’llah para dar inicio a nova ordem mundial.

Falando no cristo cósmico, a sua terra natal, o Irã, que é um estado teocrático, recentemente saiu nos noticiários que está combatendo o uso de drogas, mas a maconha fazem vista grossa. Mais uma vez a maconha se impondo como ponte de transcendência para a religião. E aqui no Brasil? Qual caminho seguir? Maconha socialista, maconha capitalista ou maconha religiosa? O tempo dirá, mas como tudo por aqui jamais isenta de corrupção, propina, concessão….

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/07/maconha-no-uruguai-sera-vendida-em-pacotes-de-10-g-e-sem-publicidade.html

http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/Internacional/2016/06/591294/Canada-deve-regularizar-consumo-recreativo-de-maconha-neste-ano

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/the-new-york-times/2016/07/03/ira-combate-consumo-de-alcool-e-drogas-pesadas-mas-parece-ignorar-a-maconha.htm

https://www.vagalume.com.br/cidade-negra/firmamento.html

Milionários capitalistas estão prontos para investir nas drogas

transhumanEm que ano estamos. Não sei! É algum dia ensolarado por volta de 2020,2030, 2050 (graças a DEUS estou morto por decádas tinha esperado por isso ) …sei lá! Jovens trans-humanos passeiam nas ruas conversando sozinhos. Não exatamente sozinhos, mas conectados na Inteligência Artificial de seus óculos 3D. Trabalho, escola, “amigos”…tudo é feito nesse pequeno aparelho. Mas a fuga da realidade ainda não está completa, por isso entra no Gates, um cyber café global, e acende um cigarro.

No maço um antigo Cowboy e seu cavalo passeiam em um campo, mas sem pisar no chão. Venha para onde estar o sabor! Venha para o mundo da “Malconha!”. Opa! Quem é aquele ser cósmico brilhante pairando em alguma dimensão. Um irmão cósmico? Baha’u’llah, Jah ou espírito guia? A flor de ópio se encontra com o lótus divino em um romance astral. Nasce a estrela de nove pontas, a estrela guia da diversidade.

Ao lado do cyber café um grupo de usuários de crack vivem tranqüilos na sua nóia. O governo instalou tendas para terem privacidade e recebem um cartão bolsa crack chamada ironicamente de “ o recomeço”. Direito humano..Nada disso! Agora se tem o direito de não ser humano mais, ou seja um zumbi assumido!

Surreal ou real, ficção ou fato…A verdade é que o mundo caminha para isso. Um mundo em que o bizarro e o absurdo vivem na unidade da diversidade. Esse é o cenário de um mundo sem preconceito que é um dos princípios básicos da ordem mundial de Baha’u’llah.

Dando nomes aos bois…temos a seguir o nome de alguns empresários super ricos loucos – mais loucos – para que legalizem logo as drogas para criarem o mundo acima descrito: Bill Gates,Oprah Winfrey,Richard Branson,George Soros,Dustin Moskowitz, Ted Turner,David Koch, Charles Koch,Michael Bloomberg, Peter Thiel, Marck Cuban, Sean parcker e Irwin Jacobs.

Yes! Nos temos Maconha!Os insuportáveis ex-presidentes Lula e Fernando Henrique não foram citados, mas estão loucos para abocanhar o mercado de forma descarada. Um usando as FARCS da Colômbia e o outro vendendo semente de maconha. Também temos os menores como Jean Willis, o Deputado do BBB global que encomenda pesquisas que apresentam quantos bilhões as drogas podem dar ao governo se liberadas.

 

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/07/27/os-principios-sociais-da-nova-ordem-mundial-%E2%80%93-parte-1/

http://fotos.estadao.com.br/galerias/economia,conheca-13-bilionarios-que-sao-considerados-apoiadores-ou-simpatizantes-da-liberacao-da-maconha,25050

Bipolarização partidária à brasileira

Assistir TV se tornou um ato insuportável, sendo que a grade de programação jornalística brasileira é: 1) Corrupção política; 2) Um pouco de sangue derramado, 3) Entretenimento (fofocas, futebol) e 4) Uma prestação de serviço mais do que ridícula.

Vamos concentrar na análise do primeiro item. Todos os jornais compreendidos no horário nobre dedicam a maior parte da sua programação falando de corrupção e as fofocas dos políticos. Isso de fato irrita qualquer pessoa por mais que se tenha paciência. Mas percebe-se uma estratégia para saturar as pessoas na tentativa de implantar a política partidária preferida pelo capitalismo americano que é oficializar bipolarização. Assim como temos republicanos e democratas nos EUA, o mesmo querem implantar aqui, se bem que temos o domínio do PT e PSDB.

Tentando condicionar as pessoas que essa forma de política é mais apropriada, o jornalismo da BBC publicou uma matéria “reclamando” da grande quantidade de partidos. Talvez o pior mal que exista na bipolarização partidária é a exclusão das entidades sindicais. Embora sejam corruptas e tendenciosas no que fazem são a única garantia da luta dos direitos trabalhistas que temos, pois não existe um poder popular genuíno e apartidário no país.

A ordem mundial de Baha’u’llah tem participação na forma da distribuição do poder, onde EUA, Rússia, China e Inglaterra possuem uma certa autoridade e a bola da vez está com os EUA, mas nem por isso é algo que se deva aceitar sem ao menos lutar por uma vida melhor, pois o tempo do seu governo ainda não está implantado.

 

http://www.bbc.com/portuguese/brasil-36627957

Palestinos x Judeus

“Não há solução para o conflito será possível sem o reconhecimento de que ambos os palestinos e os judeus têm uma ligação histórica e religiosa inegável…”

A frase acima foi pronunciada durante um evento em Jerusalém no dia 28/06/16 referente ao velho problema de Judeus e palestinos. Embora de forma muito discreta, o secretário geral da ONU Ban Ki-moon aplicou o conceito da diversidade religiosa Bahá’i, pois tanto Judeus como Palestinos aguardam o mesmo cristo, nesse caso estamos falando de Baha’u’llah.

Ora, somente através da sua manifestação espiritual na forma de êxtase (Apocalipse 17 : 8) ambos os lados serão tocados pelo poder da diversidade e perceberão que sempre serviram ao mesmo cristo cósmico. Quando o objeto de adoração a ser contemplado e seus corações estiverem voltados para o Monte Carmelo, local onde estão as instituições Bahá’is, judeus e palestinos aceitaram pacificamente compartilhar os locais sagrados em Jerusalém de forma mútua.

“…Chama Sião, ó Carmelo, e anuncia as novas jubilosas: Veio Aquele que estava oculto dos olhos mortais! Sua soberania predominante está manifesta; Seu esplendor que a tudo abarca, revela-se…” (Seleção dos escritos de Baha’u’llah)

Observe atentamente a transferência ocorrendo no texto acima entre do Monte Sião para o Monte Carmelo. Quando isso ocorrerá? Não faço a mínimia idéia, mas o condicionamento para a diversidade continua operante a cada encontro em que a ONU atua como intermediária através dos seus agentes.

 

http://www.un.org/apps/news/story.asp?NewsID=54341#.V3Lo9Mu7b_c

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 248 outros seguidores