• janeiro 2022
    S T Q Q S S D
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  

A nova China e o pensamento de Xi Jinping

O pensamento de Xi Jinping parece uma mistura entre o marxismo e o confucionismo. A adição dessa mistura filosófica acaba satisfazendo a espiritualidade o cristianismo e do bahaismo.

Segundo as notícias (link no final do post) Xi Jinping acredita que até o ano de 2050 a China se transformará em potência mundial. Com certeza ele estará morto, mas o partido comunista Chinês deverá dar continuidade ao seu pensamento. A filosofia já conhecida de  Marx aproxima-se do materialismo e a adição do confucionismo aproxima da espiritualidade, mais conservadora. Abaixo temos um dos pensamentos de Confúcio praticados por Xi Jinping:

Tu deves governar e se conduzir na administração do Estado como pai e mãe do povo. Se tu não se dispensa de excitar os ferozes animais para devorar os homens, como poderias ser considerado o pai e a mãe do povo”? (Bergua, 2010: 125)

Ora, governar como pai e mãe do povo leva a China para um Estado mais conservador com valores cristãos, especialmente contra o movimento gay. Embora isso leve para o lado espiritual também possui o valor material. Para se ter um exército mais fortalecido e cumprir as Profecias bíblicas de Apocalipse 20:8 deve-se evitar o máximo de gays.Isso explica a atitude do governo na notícia abaixo em proibir jovens gays na TV:

https://www.lavanguardia.com/television/20210903/7697632/china-prohibe-hombres-afeminados-television-reality.html

Já essa outra notícia, embora não trate da questão gay, também o Estado faz papel de família quando limita o tempo de uso de vídeo games:

https://www.msn.com/en-us/news/world/china-restricts-young-people-to-playing-video-games-three-hours-a-week/ar-AANUaqB

Mas também existe espaço para a ordem mundial de Baha’u’llah, mesmo diante de tanto materialismo, os ensinamentos de Confúcio voltam para o estágio da perfeição humana, transformando o homem em um “deus”. Isso deve ser ensinado nas escolas, onde é ensinado a busca disso desde o nascimento até a morte. Isso pode ser visto nesse outro pensamento de Confúcio: “ Até que o sol brilhe, acendamos uma vela na escuridão.“

E assim, o povo Chinês parte na busca pelo prometido de todas as eras que é o cristo cósmico Baha’u’llah através do número 9. As velas que iluminam  a escuridão representam a jornada do peregrino até a perfeição. Quando o povo Chinês chegar nesse nível, o galardão da nova ordem mundial de Baha’u’llah  representado pela estrela de nove pontas, seu número e numero de letras do seu nome  estará pronto para mais essa nação.

“Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.”  (Apocalipse 13 : 18)

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/08/25/china-vai-incluir-pensamento-de-xi-jinping-no-curriculo-escolar.ghtml

Alienígenas, o poder do mito

Resumo da notícia: “Alienígenas? “Há algumas coisas que não posso dizer no ar”, afirma Barack Obama. O líder da banda que toca na atração, Reggie Watts, perguntou a Obama se ele tinha alguma teoria ou informação sobre alienígenas. “Quando se trata de alienígenas, há coisas que simplesmente não posso contar no ar”, respondeu.”

A resposta de Obama parece ter sido feita por encomenda! Ele se coloca em cima do muro sem dar uma opinião formada. Deixa um certo ar de “segredo” incompleto. As chances de não ser nada é muito maior do que de fato comprovar a existências dos tais “irmãos superiores  verdinhos”.

Muito mais importante do que a existência de alienígenas é  manter a chama do mito sempre acesa, ou seja, a teoria da conspiração que sempre mantém a dúvida. Somente  o poder do mito  pode justificar o arrebatamento verdadeiro em um futuro… https://olhardigital.com.br/2021/05/18/ciencia-e-espaco/alienigenas-ha-algumas-coisas-que-nao-posso-dizer-no-ar-afirma-barack-obama/

Duas soluções para a Palestina

Judeus e Palestinos precisam ser primeiramente  espiritualizados  para posteriormente aceitarem a diplomacia da nova ordem mundial

Recentemente, Gal Gadot fez um comentário sob mais  um ataque de Israel aos Palestinos. Os principais problemas apresentados por ela são: 1) O sofrimento das pessoas; 2) A necessidade de paz para ambos os lados e 3) Orações para que  os governantes consigam uma solução.

“Meu coração está quebrado. Meu país está em guerra. Eu me preocupo com minha família, com meus amigos. Eu me preocupo pelo meu povo. Este é um ciclo vicioso que se arrasta por muito tempo. Israel deseja viver em uma nação livre e segura. Nossos vizinhos desejam o mesmo. Eu rezo pelas vítimas e por suas famílias e peço que essa inimaginável hostilidade se acabe. Eu rezo para que os governantes encontrem uma solução para que possamos viver lado a lado em paz. Eu rezo por dias melhores”. (Gal Gadot)

De fato, a suposta solução no oriente médio precisa de espiritualidade e governança, mas principalmente  espiritualidade.  No texto abaixo Shoghi Efendi argumenta que a governança é insuficiente para resolver conflitos. Logo em seguida, apresenta a Ordem Mundial de Baha’u’llah e seus valores espirituais como solução.

“Nenhum apelo para a tolerância mútua que os sábios do mundo possam erguer, por mais persuasivo e insistente que seja, poderá lhe acalmar as paixões ou ajudar a restaurar seu vigor. Nem qualquer esquema geral de simples cooperação internacional organizada, em qualquer esfera de atividade humana, por mais engenhoso que seja em concepção ou alcance, conseguirá remover a causa primária do mal que tão bruscamente destruiu o equilíbrio da sociedade hodierna… De nenhum outro modo, poderíamos afirmar com confiança, senão pela adoção incondicional do Programa Divino – há sessenta anos enunciado por Bahá’u’lláh… É para essa meta – a meta de uma Nova Ordem Mundial, divina em origem, de âmbito irrestrito, eqüitativa em seus princípios, e de características desafiadoras – que a humanidade atribulada deve dirigir seus esforços. Alegar que se haja inteirado de todos os significados implícitos do prodigioso plano de Bahá’u’lláh para a solidariedade humana universal…” A Ordem Mundial de Baha’u’llah, Shoghi Effendi)

Mas para isso Judeus e Palestinos devem se curvar diante da ordem mundial de Baha’u’llah e o aceitá-lo como o oitavo e último mensageiro de DEUS.É necessário aceitar a revelação progressiva Bahá’i e  diplomacia vem em uma segunda etapa.

https://estudosdafe.wordpress.com/2009/01/03/a-revelacao-progressiva/

Biblicamente falando, Palestinos e Judeus devem aceitar os sete chifres da besta e o seu oitavo rei que é a besta do abismo. A ordem mundial de Baha’’u’llah se encaixa como a apostasia descrita pelo apóstolo Paulo. Muito se fala do Anticristo, mas ele sem a besta do abismo não poderá fazer nada:

“Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,”  (II Tessalonicenses 2 : 3)

https://www.mppm-palestina.org/

https://www.band.uol.com.br/entretenimento/gal-gadot-de-mulher-maravilha-e-criticada-apos-comentar-sobre-conflitos-entre-israel-e-palestina-entenda-16349176

China e Irã assinam acordo estratégico

“…China e Irã assinam acordo estratégico de 25 anos, em meio a sanções dos EUA – Batizado de Parceria Estratégica Abrangente, o acordo cobre uma variedade de atividades econômicas, de petróleo e mineração à promoção da atividade industrial no Irã, bem como transporte e colaborações agrícolas…”

Em um segundo momento, a queda do império americano será inevitável e das cinzas da Babilônia americana surge a nova ordem mundial de Baha’u’llah, onde Rússia e China ocuparão lugar de destaque.  A era do poder militar de Gogue e Magogue terá início.

https://estudosdafe.wordpress.com/category/07-o-reino-de-abha-ii-a-volta-do-comunismo/

Diferente da guerra fria, a China não possui um Boris Yeltsin para se entregar ao império americano.   Xi Jinping tem cargo perpétuo como presidente. A notícia não apresenta acordo militar com o Irã, mas mesmo assim se torna uma suspeita muito coerente. Além disso, o Irã agora está em posição de causar o futuro  Armagedom ao lado das novas potências mundiais que começam a surgir.

https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2021/03/27/interna_internacional,1251252/china-e-ira-assinam-acordo-estrategico-de-25-anos-em-meio-a-sancoes-dos-eu.shtml

Israel – Anexação da Cisjordânia

Resumo da notícia: [1]“How fear of a US retreat from the Mideast is driving Netanyahu toward annexation” ( em tradução livre: Como o medo da retirada dos EUA do oriente médio está levando Netanyahu para a anexação).

Em geral, após a derrota uma guerra ocorre a partilha do local. Ao tentar anexar a Cisjordânia Netanyahu parece ter isso como objetivo, porém está criando uma situação tensa. Como descrito na notícia, ele teme que se acontecer a queda dos  Estados Unidos não conseguira fazer o que deseja.

Aqui entramos nas profecias escritas em Apocalipse 17, onde os 10 chifres devastarão a grande meretriz. O maior problema em relação a isso é que a [2] Ordem mundial de Baha’u’llah nem surgiu e muito menos seu executivo mundial acompanhado dos nove mestres eleitos.

Netanyahu arrumou mais confusão com o mundo árabe e os opositores americanos (o partido democrata). A intenção  seria fazer isso antes das eleições americanas, façanha difícil  de realizar em tão pouco tempo, mas isso é algo que  só o tempo dirá

 

[1] – https://www.timesofisrael.com/how-fear-of-a-us-retreat-from-the-mideast-is-driving-netanyahu-toward-annexation/

[2] – https://estudosdafe.wordpress.com/category/07-o-reino-de-abha-ii-a-volta-do-comunismo/

http://pt.danielpipes.org/19469/anexar-a-cisjordania-trara-danos-a-israel

https://www.espada.eti.br/bol-2020-07-07.htm

A transição do Brexit

Meguido, Deixados para trás….Esses filmes mostram em comum o mundo dividido em blocos dentro de um cenário apocalíptico. Essa foi uma teoria muito usada em estudos escatológicos, porém com o passar do tempo foi perdendo força. Os blocos econômicos se tornaram insuficientes para resolver a crise cíclica do capital e também criaram o problema da migração.

Países opressores como EUA ou Inglaterra  querem apenas roubar os Commodities de nações em desenvolvimento para se manter no poder global, mas quando o assunto é a miséria que deixam para trás se fecham a porta para os imigrantes.  Isso não fica bem em um mídia global, por isso é melhor amenizar a realidade apresentado outras justificativas como  a descrita abaixo:

“Já não acontecerá que os cidadãos da União Europeia (UE), à margem das qualificações ou experiência que tenham a oferecer, possam furar fila e passar na frente de engenheiros de Sydney (Austrália) ou de desenvolvedores de software de Délhi (Índia)”,

De fato, a  União Européia “fura fila”  dentro do bloco e  cobra taxas absurdas para conseguir empréstimos que em geral são convertidos em pacotes de austeridades para o povo, mas existe a questão da governança global.

Uma Inglaterra livre para negociações bilaterais e se aproximando do Estado de Israel novamente aponta para uma futura liderança global como descrita na ordem mundial de Baha’u’llah, onde a Inglaterra voltará a comandar o mundo ao lado da Rússia e da China.

 

https://estudosdafe.wordpress.com/category/07-o-reino-de-abha-ii-a-volta-do-comunismo/

https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/brexit-financas-preparam-planos-de-contingencia

As potências mundiais

Pra criar o seu futuro governo mundial, o cristo cósmico Baha’u’llah enviou epístolas atemporais para os reis da terra em sua época. A Rainha Vitória da Inglaterra e o Czar da Rússia foram agraciados com a convocação. Por serem atemporais, com o passar do tempo os representantes modernos foram atualizados.

Hoje, os respectivos  representantes  são os  descendentes da Rainha Vitória e a parceria entre o governo Russo e Chinês. Cada um possui uma função e preocupações diferentes.

EUA, Rússia e China iniciam novamente a corrida armamentista nuclear. A última de Trump foi se retirar do tratado de armas nucleares de médio e curto  alcance, pois o governo Russo violou o tratado. Ora, fica a cada dia evidente que em algum momento  futuro da história  os governantes irão queimar a babilônia Americana.  “A menos que a Rússia venha até nós e a China venha até nós e todos venham e nos digam: ‘Sejamos inteligentes e não desenvolvamos essas armas'”, continuou Trump.

Essa preocupação não acontece do lado britânico, onde em um futuro distante  (só DEUS sabe quando) teremos um executivo mundial que reorganizará a economia após a devastação nos EUA. Os candidatos Britânicos são mais fortes para o cargo, mas como não se sabe o dia e nem a hora resta a família real se reproduzir de forma desordenada, uma verdadeira fabrica de poderosos chefinhos!

Já são tantos pirralhos que perdemos a conta e agora é a vez de Meghan gerar mais candidatos . Se for menino ela pode se aquietar, mas se for menina pode se preparar para reproduzir mais ainda. Só para sair um pouco da rotina de reprodução, Harry tem o luxo de continuar a sua vida fútil, nessa caso o direito de assistir jogos supostamente caridosos.

O máximo que a imprensa publica é que Meghan está exausta por ter iniciado a sua reprodução ou que ela abriu a porta de um carro. Tudo isso anunciado na imprensa como se fossem as coisas mais espetaculares do mundo.  Bizarra, estranha e maluca….essa é a ordem mundial de Baha’u’llah.

 

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2011/10/02/para-entender-a-nova-ordem-mundial-%E2%80%93-parte-ii/

https://www.efe.com/efe/brasil/portada/trump-anuncia-que-vai-encerrar-acordo-com-a-russia-sobre-armas-nucleares/50000237-3787351

https://www.efe.com/efe/brasil/patrocinada/harry-assiste-a-jogos-sem-meghan-que-reduz-agenda-por-causa-da-gravidez/50000251-3787379

Venezuela e a “cura” para xenofobia

“Vivo à sombra de Bahá’u’lláh..Sou servo de Bahá’u’lláh. Sou do exército da Suprema Paz.” Os povos do futuro não dirão: “Eu sou inglês, francês ou persa”; pois todos eles serão cidadãos da nacionalidade universal – uma só família, um só país, o único mundo da humanidade – e então essas guerras, ódio e contenda desaparecerão….”( Abdu’l’Bahá, A Paz Universal, 1912)

Talvez Abdu’l’Bhá, filho do cristo cósmico Baha’u’llah, ao anunciar os seus princípios no passado, deveria ter refletido um pouco mais no  absurdo que foi dito na palestra realizada acima. Um mundo sem fronteiras e sem xenofobia é totalmente utópico.

No caso da Venezuela e Brasil, os venezuelanos estão procurando refúgio em um lixo de país devastado pela corrupção e que caminha para o abismo econômico total  em 2019. A melhor solução seria fugir do Brasil o mais rápido possível, pois se tornaram instrumentos de manipulação política. Não só a Brasileira, mas a americana.

No Brasil o povo da Venezuela se transformou  em instrumento de conquista de votos, onde o PMDB  (Temer, Romero Junca e outros marginais) que tirou P para se “purificar “ quer ser supostamente solidário com a diversidade  permitindo a entrada desordenada. Já a  oposição pretende conquistar o eleitorado do Estado de Roraima (Suely Campos) expulsando-os. O resultado  disso em Roraima foram os ataques aos imigrantes como a imprensa tem apresentado.

Se não bastasse a oportunismo político do Brasil, também temos o internacional controlado pelo governo americano. Não é de hoje que a Venezuela tenha irritado os governantes americanos  com o  preço do petróleo, por exemplo. E desde então tudo tem sido feito para implantar um governo de direita e iniciar planos de austeridades capitalistas em que nada se diferem das socialistas. O povo sempre sofre!

A solução estúpida para esse caso foi transferir poucas pessoas para outros Estados, mas pouco muda, pois continuaram vivendo em abrigos do mesmo jeito e raramente surgirá algum emprego. Apenas espalharam o problema e nada mais do que isso.

A Ordem Mundial de Baha’u’llah pretende sarar essa ferida chamada xenofobia batizando a humanidade com o falso espírito santo. Dessa forma, a hipnose mítica global em forma de uma luz que ilumina toda a terra seria capaz de resolver o problema, mas tal como uma droga o efeito passa e  no lugar da sensação de alegria/ êxtase  vem a depressão e nesse futuro descrito por Abdu’l’bahá nem  mesmo esse abraço universal poderá resolver o problema da xenofobia.

“E saiu outro cavalo, vermelho; e ao que estava assentado sobre ele foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada.”  (Apocalipse 6 : 4)

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/08/25/internacional/1535150766_438375.html

https://www.cartacapital.com.br/revista/1018/ataques-a-venezuelanos-em-roraima-mostram-como-a-xenofobia-se-alimenta