• julho 2018
    S T Q Q S S D
    « jun    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Anúncios

A trindade do batismo real

No dia 09/07/18, o mais novo pirralho real da coroa britânica foi batizado. Na prática temos aqui um estoque de executivo mundiais  para a ordem mundial de Baha’u’llah prontos para assumir em qualquer tempo.

Segundo a tradição católica ( a igreja anglicana faz a mesma prática) crianças como Louis são batizadas não por ter um pecado, mas por serem  portadora dele. Compete aos padrinhos conduzirem na jornada  supostamente cristã  do afilhado. A única base bíblica para esse argumento é que todos nascem do pecado.

Temos aqui um batismo pagão que não tem efeito nenhum no mundo espiritual. Várias são as passagens do  novo testamento em que o batismo acontece mediante ao reconhecimento do batizado na sua condição de pecador e também da salvação. É uma aliança consciente em que o ser humano escolhe de livre arbítrio. Ora, sendo assim uma criança que nem pensa não pode se arrepender de pecado algum. O que um bebezinho faria ao receber algum dom do Espírito Santo? Nenhum, pois nem pensa ainda!

“E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;”  (Atos 2 : 38)

Mas a igreja  católica e suas variações jamais aceitarão essa verdade. No caso do príncipe Louis temos uma trindade pagã, onde os padrinhos o acompanharão até a iniciação dos mistérios maiores do esoterismo e sua trindade pagã . Tudo começa na (1) igreja Anglicana, depois segue para a (2) ordem maçônica da Jarreteira, onde chega-se ao último grau (o quarto) nos mistérios maiores que é a iniciação da(3)  diversidade religiosas através dos manifestantes da revelação progressiva bahái que na prática são as sete cabeças da besta e que levam ao oitavo rei.

A igreja anglicana surgiu da necessidade de legalizar o adultério e casamento de um antigo rei. Ora, o que mudou desde então é que se transformou em um adultério espiritual.

 

https://estudosdafe.wordpress.com/category/04-a-revelacao-progressiva/

http://www.historiascomvalor.com/batismo-do-principe-louis/

Anúncios

As distorções Bahá’is

Durante anos o bahaismo permaneceu oculto, mas em um determinado momento passou a ser conhecido por poucos cristãos. Ora, se alguém comparar as escrituras baháis com a Bíblia, especialmente o Apocalipse vera que os ensinamentos de Baha’u’llah são justamente o contrário.  Entre esses ensinamentos, os três itens abaixo merecem mais destaque na atualidade:

1) O sinal, nome e número de Baha’u’llah – Eles vão de encontro com o Sinal, nome é numero da besta do livro de Apocalipse. O 666 não é um símbolo explícito, pois é necessário calcular o número da besta, o número 9 se encaixa perfeitamente quando somado o 666 (6+6+6=9). Se verificarmos na história das grandes religiões nenhum fundador possui um sinal, nome e número de letras do seu nome como Baha’u’llah fez.

Para tentar ocultar essa realidade da Bíblia, a comunidade Bahái tem modificado seus templos. O projeto inicial, uma estrela de nove,  pontas deveria estar sempre presente no teto, porém outros símbolos Baháis como o máximo nome e o símbolo da pedra são usados. Embora sejam diferentes para que cristãos aceitem a ordem mundial de Bah’u’llah, o objetivo desses símbolos são os mesmos.O máximo nome é o nome de Baha’u’llah em árabe e o símbolo da pedra é uma representação do falso  “espírito santo “  unificando a humanidade.

2) Os princípios de Baha’u’llah–  Muitos sites e blogs baháis estão apresentando 9 princípios. De fato, ao usar esse número os princípios ficam mais sincronizados com a ordem mundial de Baha’u’llah, porém eles são [1] 12. O corpo executivo, o método de resolução de conflitos pela consulta bahái e a solução espiritual para problemas econômicos ficaram de fora.

O corpo executivo vai direto ao encontro da besta de 10 chifres , onde teremos algum dia o executivo mundial (vulgo anticristo) e seus nove mestres eleitos. A solução espiritual para problemas econômicos, conhecido no bahaismo como economia divina, vai de encontro com a marca da besta. O método de consulta bahái é um sistema totalitarista de decisão disfarçado, pois a decisão final será do executivo mundial, independente da opinião dos seus nove mestres eleitos, ou do Parlamento Mundial, hoje representado pela  inútil  da ONU.

3) A revelação progressiva– Entende-se por revelação progressiva, isso no conceito Baha’i, os grandes fundadores de religiões, sendo Baha’u’llah o oitavo e último fundador. São eles: Buda, Krishna, Zoroastro,Moisés, Jesus (que tem o seu nome blasfemado pelo cristianismo católico e protestante)  Maomé, Báb e Baha’u’llah, sendo Abrão pai de todos. É por isso que Baha’u’llah é o oitavo rei.  São sete manifestantes/ fundadores de religiões  que representam as sete cabeças da besta do livro de Apocalipse.

É muito comum nos sites Baháis ocultarem algumas informações e alterarem outras. Em alguns sites aparecem apenas quatro ou cinco manifestantes  para ocultar as cabeças da besta. Já em outros apresentam nomes diferentes ou até mesmo Adão é incluído, sendo que ele não criou nenhuma religião.

E assim, o cristianismo verdadeiro e o bahaismo seguem caminhos opostos. O bahaismo a cada dia vitorioso, pois a diversidade desta aí…Nas artes como filmes, seriados e na política, embora tenha alguma resistência no presente em alguns países, mas o baismo segue tranquilamente com seus passos lentos.

Já o cristianismo verdadeiro…derrotado, humilhado, esquecido, abandonado, odiado (especialmente pela própria igreja) e farto da lentidão. Assistindo em silêncio a desolação, corrupção e ganância de uma igreja hipócrita, podre  e suja que cresce em poder político e em riqueza. Dormindo do lado direito  há espinhos (protestantes)  e no esquerdo a pedras (católicos). Não há  paz na alma e nem mesmo a morte  vem ao consolo.

Por que saí da madre, para ver trabalho e tristeza, e para que os meus dias se consumam na vergonha?  (Jeremias 20 : 18)

Seria melhor não ter nascido…

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/

[1] http://uhj.net/bahaiprinciples/bahai-12-principles.html. Tanto os princípios de Baha’u’llah como a revelação progressiva oficial encontram-se sem qualquer modificação na Casa Universal de Justiça, pois oficialmente não podem ser modificados.

Ressurreição de Cristo foi apenas simbólica

“…Por outras palavras, a Causa de Cristo, que era como um corpo sem vida, despertou para a vida e ficou rodeada pela graça do Espírito Santo.Este é o significado da ressurreição de Cristo…”(‘Abdu’l-Bahá, Perguntas e respostas )

Para os seguidores do cristo cósmico Baha’u’llah a ressurreição do Senhor Jesus foi apenas um acontecimento simbólico. Como poderia o Cristo ser espiritual se após a ressurreição comia peixes? Fantasmas não possuem marcas da crucificação, por isso era um corpo material.  Existem diferenças e contradições grosseiras nos  relatos escritos pelos  evangelistas. São verdadeiros delírios!

O  que aconteceu, isso para os Baháis, foi apenas um ato simbólico, pois ao verem que Jesus apenas não morreu, seus discípulos continuaram a pregar o evangelho. Dessa forma, o Espírito Santo não está relacionado com a ressurreição de Cristo, mas apenas na vontade de continuar pregando o  evangelho e trabalhar para o reino de “deus” na terra. Bom…é mais ou menos isso que Abdu’l’Bahá quis dizer no texto acima.

Negar a ressurreição de Cristo (digo aqui o verdadeiro) é um erro muito grave! Seria melhor que os Bahá’is  parecem de interpretar a Bíblia, um livro que não pertence a religião deles. Mas isso é feito para que a mudança ocorra de forma gradativa nos cursos de teologia acadêmica em todo o mundo para implantarem o reino de “deus” na terra.

Ao negar a ressurreição vários erros gravíssimos são cometidos. O maior dele se refere a salvação, uma vez que a pessoa acredita apenas em uma ressurreição simbólica, então o verdadeiro Cristo não pode salvar essa alma.  Muito menos  dar entendimento das escrituras como nesse caso deplorável.

“E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.”  (Romanos 8 : 11)

O resultado disso é que o bahaismo abre caminho para o falso “espírito santo” e um dos principais requisitos é acreditar apenas no simbolismo da ressurreição. Logo de cara ele permite o culto para as sete cabeças da besta descrita no livro de Apocalipse que são os manifestantes.

Ora, se tudo se resume apenas em um ato de propagar os ensinamentos  por uma simples  “vontade” o mesmo aconteceu com Buda, Zoroastro, Krishna, Maomé, Báb , Moises (aqui como judaísmo) e claro uma falsa doutrina cristã. Todos morreram e seus ensinamentos continuaram, porém o único caso da ressurreição foi a do verdadeiro Cristo.

Aqui temos uma apostasia que em outras palavras nega os ensinamentos do verdadeiro Cristo e que de alguma forma será implanta em muitas igrejas cristãs. Essa “vontade”  também pode ser entendida como o falso espírito santo , uma vez que ele manifeste com a saída de Baha’u’llah do abismo não serão poucos que verão  um “deus” em si mesmo, esse é um passo crucial para a crença nesse reino de deus na terra ( o reino da diversidade) . Que grande tentação aguarda a humanidade!

“Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.”  (Apocalipse 3 : 10)

Em que acreditar? Nas coisas loucas de DEUS? Ou na razão dessa ciência aliada com a religião propagada pelo bahaismo, inimiga da fé verdadeira e salvadora…

“Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação.” (I Coríntios 1 : 21)

Quem é Baha’u’llah ?

É muito comum as pessoas se converterem ao bahaismo após receber o chamado através de sonhos. Pessoas acabam tendo o primeiro contato e depois de algumas pesquisas na internet acham a religião fundada por Baha’u’llah, iniciando a sua jornada espiritual.

Esse sonho em específico é atribuído ao pai de Baha’u’llah.  Nele, Mirzá Buzurg de Núr, vê o oceano  e o seu filho como uma luz  que atrai os peixes. Segundo os sábios da Pérsia, o oceano representa o mundo e os peixes são os povos. A luz  representava a nova ordem mundial que o filho de Mirzá Buzurg, Baha’’u’llah, iria trazer para o mundo.

Porém, existe uma interpretação cristã para ele. Os peixes antes que a luz de Baha’u’llah apareça  estão desordenados e sem ter quem os guie, cumprindo assim a profecia abaixo:

 “E por que farias os homens como os peixes do mar, como os répteis, que não têm quem os governe?”  (Habacuque 1 : 14)

O mundo está assim, especialmente o Brasil que em 2019 teremos um presidente péssimo. Seja na  Europa, EUA, Brasil…a agenda do capital está aplicando seu plano de austeridade retirando tudo do trabalhador. Não vai demorar para chegar o dia em que milhares de pessoas estarão ocupando as praças das grandes cidades por não terem mais trabalho para sobreviver; e Baha’u’llah, através da sua nova ordem mundial, ajuntará para si todos esses peixes ou povos desgovernados:

“Tanto mais que, por ser dado ao vinho é desleal; homem soberbo que não permanecerá; que alarga como o inferno a sua alma; e é como a morte que não se farta, e ajunta a si todas as nações, e congrega a si todos os povos.”  (Habacuque 2 : 5)

Pobres Bahais! Que a luz da verdade do Senhor JESUS possa tirar alguns desse caminho do abismo onde está o oitavo rei…

“E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.” (Apocalipse 17 : 11)

https://estudosdafe.wordpress.com/category/04-a-revelacao-progressiva/

Nova Guiné receberá um templo Bahá’i

Depois do Chile, os seguidores do cristo cósmico Baha’u’llah anunciam a criação de um novo templo. Papaua Nova Guiné será contemplada com a unidade da diversidade. Ele segue a linha tradicional da arquiterura Bahá’i. Nove portas que são os portais das nove religiões  Abraâmicas. Abraão como pai de todos e os manifestantes divinos Krishna, Buda, Zoroastro, Maomé, Jesus, Moisés, Bahá’u’llah e Bab.

Os arquitetos responsáveis pela obra são Henry Lape e Saeed Granfar . O bahaismo chegou na ilha através de Rodney Hancock  em 1950. Ele também segue o padrão nova  e sera construído em um local mais alto  da cidade rodeado da vegetação local. É um espaço para todas as religiões. As tribais, por exemplo, não precisam mudar em nada os seus ritos e podem usar ossos e peles de animais. Isso é algo que Baha’u’llah já deixou escrito nas leis do Kitáb-I-Akdas (Apocalipse 10:2).

K9. Pêlos de animais não vos invalidam a oração, nem nada que já não tenha espírito, como ossos e coisas semelhantes. Podeis vestir pele de zibelina, assim como usais a de castor, de esquilo e de outros animais. (Kitáb-i-Aqdas, Baha’u’llah).

Em geral, os templos deveriam ser construídos com uma estrela de nove pontas no teto, mas esse tipo de projeto sofreu algumas  alterações:

“…De qualquer lado que o visitante se aproxime, a forma ascendente do Templo aparece como o espírito da adoração e, visto de cima, do ar, se assemelha a uma Estrela de Nove Pontas descida do céu para encontrar sobre a terra seu lugar de repouso. Para guiar os povos..” (A Presença de DEU,  Shoghi Effendi)

Ora, se isso fosse feito seria mais fácil associar o templo Baha’i com a profecia de Apocalipse : Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome ( Apocalipse 13:17).

A visão do sinal de Baha’u’llah ( A estrela de 9 pontas) ainda continua visível, mas somente numa visão aérea do local. No teto desse novo templo temos o símbolo da pedra. Os dois pentagramas  representam Bab e Baha’u’llah, a primeira linha representa  “deus”, a segunda o oitavo manifestante (o apocalíptico oito rei ), a terceira representa a humanidade e a quarta linha o batismo com o falso espírito santo que será derramado quando baha’u’llah sair do abismo.

Ora, sendo assim, o objeto de culto se transforma em um condicionamento para a estrela de nove pontas e que através dos ritos e orações irá se fortalecer a cada dia alimentando esse falso espírito . O templo de Papua Nova Guine será o maior ícone de apostasia. Cerca de 95% da população se declara cristã sendo 25% católicos e 70% protestantes. A igreja com maior predominância é a [1] Adventista do sétimo dia, igreja que foi fundada para adorar a Baha’u’llah desde a sua criação.

Misteriosamente, os templos Baháis sempre são seguidos de alguma tragédia. O terremoto de magnitude 6,9  que aconteceu justamente no ano do Ridván 169  da Era Bahá’í  parece predizer os perigos que estão por vir…

[1] –  Em 1844 Ellen G. White recebeu uma profetada e anunciou a vinda de “cristo”, porém o que aconteceu foi a manifestação do Bab, arauto da fé bahái.

http://news.bahai.org/story/1246/

https://exame.abril.com.br/mundo/terremoto-de-magnitude-69-atinge-papua-nova-guine/

Tudo a perder

“Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;”  (Apocalipse 3 : 17)

Quando olhamos para a  seita da “universal  do reino de deus”  o  versículo acima se encaixa perfeitamente. A maior parte dos testemunhos (se é que são verdadeiros) são de pessoas que  conquistaram riqueza e hoje não precisam de nada e de ninguém. Pouco se importam com qualquer pessoa, a não ser a própria família. Gostam de exibir  a quantidade de funcionários escravos, carros de luxo, mansões… Essa vem sendo a ideologia do bispo abortista durante décadas.

Na era do big data e das árvores de decisões é provável que a IURD conseguiu traçar o perfil do seu líder máximo e supremo, a saber: Um homem grosso, cruel, mesquinho e sem coração. Um tipo de pessoa que não liga a mínima para o próximo e se pudesse roubava até as moedas de mendigos para manter a sua riqueza.

Foram mais de 15 milhões investido nessa maquiagem absurda. Falta do que fazer com dinheiro! Isso poderia ajudar muitas pessoas pobres. O bispo abortista não será imortalizado por uma fabricação cinematográfica ética/moral do seu caráter, pois já se tornou através de duas frases:  1) Ou dá ou desce! e 2) Se quiser  amém e se não quiser que se dane!.. Ele nunca se arrependeu do que disse, muito pelo contrário essas frases são o dogma da seita até hoje.

Tentando desfazer a imagem real que temos na internet chega aos cinemas o filme do bispo abortista. A maioria das cenas foram baseadas em seu livro “nada a perder”. Em síntese, o livro transforma  essa coisa  em um herói e divisor das águas, ou seja, o responsável pela verdadeira reforma protestante do Brasil. O homem que afundou a igreja católica cheio de graça e de verdade.

Pai bondoso e preocupado com os seus filhos. Um homem educado e injustiçado por mercenários evangélicos entre ele o famoso missionário  RR Soares  que, segundo o livro, só pensava em ter uma igreja poderosa e inspirada nos ensinamentos dos grandes pastores americanos (essa é a única verdade no livro). Só pode ser piada!

O bispo abortista se compara aos grandes nomes da Bíblia. Ele é o Jonas moderno preso por pregar o evangelho e não pela compra ilegal da TV Record. Ele também é o Apóstolo Paulo preso, mas não foi um Anjo que o tirou da cadeia e sim um político sem vergonha e corrupto chamado Odenir Laprovita Vieira. Que usou de sua regalia parlamentar para realizar a façanha.

Ora, se esse monstro estiver vivo no futuro  ele seria um servo fiel do Anticristo e da Besta do Abismo. O primeiro devido a ser rico, pois segundo ele  a presença de DEUS só acontece mediante a riqueza material, já o segundo a besta do abismo…ele não pensaria duas vezes em usar uma estrela de nove pontas no meio da testa e sair gritando: “ É a gloria de DEUS pessoal. Simmmmm ou nãooooooo! “. O bispo abortista tem a mesma meta do cristo cósmico Baha’u’llah que é iniciar a reconstrução do paraíso na terra,  mas nesse caso especialmente o paraíso fiscal…

http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-biografico/odenir-laprovita-vieira

Budismo x Bahaismo

O budismo não tem a mesma fé que os Bahá’is e muito menos são servos do cristo cósmico Baha’u’llah, mas para que se cumpram as profecias do Apocalipse referente ao oitão rei, as sete cabeças da Besta precisam estar em sincronia.

No bahaismo as sete cabeças da besta recebem o nome de revelação progressiva, onde os sete principais fundadores das grandes religiões (Moisés, Krishna, Buda, Maomé,  Zoroastro, Jesus, Báb) devem ter um ponto ecumênico de ligação com o oitavo manifestante que é Baha’u’llah. (quanto ao cristianismo, a apostasia está a cada dia mais descarada e isso tanto do lado católico como evangélico).

Mas no caso do budismo o ponto comum que liga essas duas religiões está na transformação espiritual da pessoa, isso independente da crença ou não em DEUS. Um dos defensores desse posicionamento é o Dalai Lama. É justamente isso  ( a transformação) que permite a infiltração do bahaismo, pois o melhor bahái é aquele que não conhece nada de Baha’u’llah. Ora, a infiltração, ou seja a essência da apostasia, está em cooperar com a unidade da diversidade.

Ora, tudo isso é muito diferente da transformação no cristianismo verdadeiro. É necessário crer em Cristo, seguir seus mandamentos, lutar contra o pecado, as tentações e tudo mais. Tal como a prata se purifica no fogo, o mesmo ocorre durante essas etapas. É um caminho estreito apertado e muitas vezes bem triste, mas é impossível ser trilhadas por atalhos como esses oferecidos pelo budismo ou bahaismo:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”  (João 14 : 6)

 

https://estudosdafe.wordpress.com/category/04-a-revelacao-progressiva/

Four Noble Truths

https://www.lamayeshe.com/article/four-noble-truths

[1]  – A transformação espiritual terá o seu ápice após a retirada de Baha’u’llah do abismo da morte, mais conhecida como o falso espírito santo.

O evangélico e a política

“….Por mais resplendente que fosse a Era que testemunhou o início da Missão da qual Bahá’u’lláh foi incumbido, torna-se cada vez mais evidente que o intervalo que deve haver, antes de serem produzidos por essa Era seus mais escolhidos frutos, há de ser sombreado por tal negrura moral e social…” (Chamado às Nações, Shoghi Effendi)

A Ordem Mundial do cristo cósmico Baha’u’llah não poderia encontrar melhores aliados do que a máfia evangélica brasileira. Nesse vídeo o humorista explora de forma inteligente a total decadência da igreja evangélica na política (peço desculpas por alguns palavrões que possam estar presentes).

É a era do 666 que precede o 999 trazendo a futura paz. Crivella é um dos piores prefeitos que o Rio já teve. Tal como apresentado no vídeo o povo elegeu uma cadeira vazia. Os marqueteiros de Crivella usaram uma estratégia política muito semelhante a do atual prefeito João Dória. No lugar de um slogan do tipo  “não sou político, mas gestor “ foi usado no Rio: Não sou político, mas pastor”. E assim, mais uma vez um povo burro deu poder a outro burro…

Desde que o Crivela mostrou ser um péssimo político (isso além de um pésssimo bispo licenciado) , ficou claro as intenções do plano de poder elaborado por Edir Macedo. É de conhecimento que o poder político sempre cria monopólios como o da vigilância, violência ou arrecadação de impostos, mas a igreja universal e outras denominações tentam criar mais um que é monopólio da isenção.

Crivella passou a maior parte do seu tempo em Brasília negociando leis das quais os grandes líderes não seriam perturbados para pagar ao fisco. Uma vez que está no comando da segunda maior cidade do país, o prefeito tem poder de não emitir dívidas para as milhares de igrejas que se espalham no Rio de Janeiro. Um beneficio que transforma até inimigos em aliados, como nesse vídeo, onde Valdemiro e Crivella se transformam em irmãos. Claro! Não pelo poder da fé, mas pelo poder da isenção de impostos.

Ora, são muitas coisas em jogo como: Aviões, jatos, fazendas, terrenos, sede de igrejas, carros, iates, helicópteros e muitas outras coisas, onde as instituições sem fim lucrativos são isentas. Infelizmente parte da violência do Rio também está ligada a corrupção evangélica, pois com o dinheiro sonegado seria possível acabar com as favelas criando casas populares dignas e também devolvendo os morros para a natureza que rapidamente transformariam em mananciais.

Mas o  momento é de caos. Corrupção dentro de outra corrupção. É o governo Federal que gasta milhões com um exército formado de pirralhos. Pirralhos que escondem seu rostos para não serem identificados como usuários de drogas. Um governo que desvia milhões da segurança e reparte com alguns traficantes para que tudo sempre fico do mesmo jeito de sempre, ou seja, simulam uma falsa paz em nome do caos maior.