• novembro 2018
    S T Q Q S S D
    « out    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
  • Anúncios

O Apocalipse do “Estadão”

Um grupo de teólogos e outros  supostos mestres em teologia se reuniram no Jornal  Estado de São Paulo (vulgo Estadão) para se apresentarem como autoridades do livro mais complexo da Bíblia.  A conclusão publicada no jornal é de que o mundo passará por um sofrimento, mas no  final  chegaram a seguinte conclusão:

“ …um novo céu e uma nova terra onde todos os seres vivos se congraçarão eternamente em torno de uma nova Jerusalém de onde o Messias que é o amor encarnado reina como o coração do corpo cósmico…”.

O primeiro erro está na escrita. Ora, para um jornal que se diz referência poderiam ao menos ter estudado o uso da vírgula, pois se o texto publicado for lido em voz alta do jeito que está faltará fôlego para qualquer um.

Mas esse seria o mal menor da burrice jornalística. O texto publicado é uma referência clara ao reino de “deus” na terra, ou seja, a Ordem Mundial de Baha’u’llah, mais conhecido no cristianismo verdadeiro como a besta do Abismo descrito em  Apocalipse 13.

Primeiramente, como descrito no  texto do jornal, todos participarão do reino, ou seja,  não existiria uma salvação e muito menos julgamento das almas para entrar. Esse grande abraço aparece em várias escrituras Baha’is como a descrita abaixo:

“ em breve, envolverá o mundo e finalmente os corações de todas as nações do mundo serão reunidos pelo seu abrangente abraço. O mundo humano tornar-se-á a manifestação das luzes da Divindade…” ( Abdu’l’Bahá, A Paz Universal)

Muito antes do Apóstolo João escrever o livro de Apocalipse, Deus, através de um dos seus profetas inspirados (estamos referindo a Habacuque) descreveu o reino da besta  que congregara para si todos os povos:

“Tanto mais que, por ser dado ao vinho é desleal; homem soberbo que não permanecerá; que alarga como o inferno a sua alma; e é como a morte que não se farta, e ajunta a si todas as nações, e congrega a si todos os povos.”  (Habacuque 2 : 5)

O amor desse texto do jornal  é a alienação ou a adoração a besta, pois é descrito como o amor encarnado. Não é algo espiritual, mas um amor físico e terreno. Esse amor é o que pode ser chamado do batismo com o falso espírito santo.

Ora, estamos vivendo em um tempo que a mídia se tornou a  suposta “voz da verdade absoluta”. Jornais como G1, Estadão, Folha e outros são os únicos que podem atestar se uma tal informação  é verídica ou fake , porém não são capazes de olhar para si mesmos  para que vejam a amplitude de toda a sua burrice, mesmo usando autoridades supostamente cristãs  que apenas cooperam para apoiar a grande tentação que virá sob a terra.

 

http://oestadodaarte.com.br/o-livro-do-apocalipse/

Anúncios

Papa Francisco, o WCC e suas conseqüências

O WCC ( Conselho Mundial de Igrejas) tem a função de unir os diversos segmentos do cristianismo com seitas esotéricas através de um fator comum chamado de unidade da  diversidade.  O argumento desses líderes é feito através do versículo abaixo:

“Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.”  (João 17 : 21)

Embora o versículo seja claro é fale da união com o verdadeiro  Cristo como único salvador,  essas igrejas e o Papa entendem por união certos princípios como: Direitos Humanos, migração, xenofobia ,  política populista…

Esses princípios  da globalização são os mesmos que estão presentes na Ordem Mundial de Baha’u’llah . São conflitos dialéticos, pois nunca chegam em uma solução pacífica, mas mesmo assim o Papa Francisco (que representa o futuro líder das religiões dentro da Ordem Mundial de Baha’u’llah ) não deixou de comparecer no WCC e firmar essa parceria em nome da unidade da diversidade no mês de Setembro de 2018.

Migração e Xenofobia se tornaram inseparáveis nesse jogo dialético, onde a igreja faz o papel de síntese promovendo soluções temporárias.  Soluções essas que passam quase despercebidas e em muitos casos nem chegam ao noticiário. De fato, é um evento ocultista que trabalha pelo reino do cristo cósmico e não do verdadeiro aqui na terra.

Isso pode ser observado na obra Einar Forseth (foto) quando se captura o “belo” artístico do seu trabalho.   O cristo cósmico aparece subindo aos céus apenas com uma espécie de túnica verde, mas sem cobrir a região superior do corpo.

Magro e sua cor é semelhante ao sol. Atrás do seu rosto temos uma esfera solar e lunar. Dois anjos pequenos o apóiam e mais acima a pomba mística também na cor do manifestante solar. Entre pinceladas um pouco fantasmagóricas temos várias igrejas aguardando o seu abraço universal. O pé direito sugere o movimento do cristo cósmico em direção aos seus adoradores.

A gravura vai totalmente contra os princípios Bíblicos que podem descrever JESUS CRISTO, o principal deles  é que está sem camisa. Seu aspecto humano e fraco não condiz com a descrição de um corpo glorificado.

Ora, a obra de Forseth está relacionada a manifestação da besta do abismo se fazendo por cristo, onde subirá até as religiões celestiais do mal. Nesse local encontra-se vago o trono de Satanás e quando o cristo cósmico subir se assentará e  fortalecerá.É por isso que ele sobre aos céus bem magro. Vejamos a descrição desse fato nas palavras de Baha’u’llah abaixo:

“…Quiçá possam se levantar, diante dos habitantes da terra e do céu, para exaltar e magnificar este Jovem que Se estabeleceu, no âmago do Paraíso, sobre o trono de Seu nome, o Auxiliador Todo-Suficiente…” ( O chamado do Senhor das Hostes, Baha’u’llah , “SÚRIY-I-HAYKAL ” 22)

Baha’u’llah descreve que nesse trono estará gravado o seu nome que em português é  “ A glória de deus”. Como não poderia faltar, a pomba mística representa o falso “espírito santo “ conectando-se não somente a Baha’u’llah, mas também a todos que abraçarão a causa da unidade da diversidade, caindo na perdição posteriormente quando for instalada uma ordem mundial portadora do sinal, nome e número de letras do nome de Baha’u’llah:

“E o quinto anjo derramou a sua taça sobre o trono da besta, e o seu reino se fez tenebroso; e eles mordiam as suas línguas de dor.”  (Apocalipse 16 : 10)

Em Apocalipse 16:10 um verdadeiro anjo do SENHOR vindo do verdadeiro céu que está em um lugar muito mais alto derramará a ira de DEUS no trono da besta que está nas regiões celestiais do mal. Posteriormente o tormento é transmitido para todos que estão adorando a besta e seu governo. A conexão deles é justamente a representação da pomba mística, o falso espírito santo; de forma inconsciente,  o autor desse tapete pintou os gritos de tormentos que são essas espécies de  “pinceladas” tenebrosas representadas.

 

https://www.oikoumene.org/en/member-churches

https://www.oikoumene.org/en/papal-visit

https://www.oikoumene.org/en/sitemap

Papa Francisco e a pena de Morte

No Mês de Agosto de 2018, o Papa Francisco modificou o Artigo 2267 do catecismo e tornou a pena de morte inadmissível . Existe uma  parte muito importante desse artigo que precisa de uma melhor reflexão. Vejamos o trecho :

“…Hoje vai-se tornando cada vez mais viva a consciência de que a dignidade da pessoa não se perde, mesmo depois de ter cometido crimes gravíssimos….”

Em Apocalipse (22:15) existem alguns pecados gravíssimos que se forem cometidos são passíveis de condenação eterna no inferno e o homicídio está incluso:

“Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.”  (Apocalipse 22 : 15)

Ora, sendo assim não só a dignidade humana se perde, mas também a própria alma. Diante dessa afirmação, o Papa Francisco acabou de cometer um erro gravíssimo e abriu as portas para a grande tribulação, onde acontecerá uma espécie de guerra civil global quando a ordem mundial de Baha’u’llah for estabelecida.  Não só por colapsos sociais de todo tipo, mas também devido a perseguição popular de uma sociedade dividida.

De um lado as pessoas que vão adorar o cristo cósmico Baha’u’llah e de outro os que não vão adorar a apocalíptica  besta do abismo. Ora, quem estiver adorando a besta vai se revoltar com quem não estiver fazendo isso e vai sair matando:

“Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto. Aqui está a paciência e a fé dos santos.”  (Apocalipse 13 : 10)

Baha’u’llah em uma de suas epístolas deixou essa espécie de profecia futura. No texto abaixo os opositores ao governo mundial pegarão os traidores ou “infiéis “ pelo topete. Bom.. não é necessário explicar o que acontece depois.

“…Dize: Os céus dobraram-se e a terra está segura em Suas mãos; os malfeitores foram segurados pelo topete e ainda não compreendem. Bebem da água impura e não o sabem…” ( Seleção dos Escritos de Baha’u’llah, XVI)

Dessa forma, o Papa Francisco, mesmo que não seja ele o futuro falso profeta, deixou pronto mais uma etapa do reinado, onde a igreja se finge de santa e da aval para que as pessoas matem umas as outras, ou seja,  o direito de aplicar a pena de morte só foi transferido para a população.

https://br.sputniknews.com/europa/2018080211863013-papa-pena-de-morte/

http://nsrainha.com.br/a-sua-igreja/nova-redacao-do-no-2267-do-catecismo-da-igreja-catolica-sob-pena-de-morte/

A “arca” da aliança está fazendo aniversário

Parabéns! Feliz Apostasia!

Hoje (01/08/18) muitos foram surpreendidos com o ritual pagão da IURD  durante o horário de almoço. No meio de um bairro destruído e devastado pela pobreza, o imponente templo de Salomão com toda a sua riqueza e isenção de impostos está fazendo aniversário. Na tentativa de transformar o bairro do Brás na “aparecida do norte evangélica” os donos da igreja iniciaram o culto a Arca da Aliança que desfilou pelas ruas do bairro em um carro do corpo de bombeiros e depois voltou para o templo onde o marido da filha de Edir Macedo fez todos os ritos.

“Não é uma imagem, mas um símbolo”  essas foram as palavras do número 2 da IURD . Ora, tal argumento não se sustenta, pois as imagens católicas também são símbolos que representam seus santos. O que muda é apenas o objeto de culto.  Inclusive a função é a mesma, ou seja, despertar um sentimento mítico  coletivo e hipnótico nos fiei$ que perdem a razão devido a emoção.

Em ambos os casos temos mais um rito de magia do que manifestação de fé. Entende-se por magia o ato de depositar a fé em um objeto qualquer seja imagem, número  ou símbolo.; e  isso é feito constantemente pela IURD em seus ritos de paganismo.  O único símbolo verdadeiro do cristianismo é apenas a fé, ou seja,  a certeza das coisas que não se vê.

Não existe base Bíblica para o culto da Arca, muito pelo contrário o que temos é uma contradição entre Macabeus e o Apóstolo João:  Em II Macebus versículos 5,7 e 8 é apresentada a narrativa de que o Profeta Jonas escondeu a Arca  e em um momento oportuno  o local será revelado para unir os povos:

  1. No momento em que chegou, descobriu uma vasta caverna, na qual mandou depositar a arca, o tabernáculo e o altar dos perfumes; em seguida, tapou a entrada.”
  2. Quando Jeremias soube, repreendeu-os e disse-lhes que esse lugar ficaria desconhecido, até que Deus reunisse seu povo e usasse com ele de misericórdia.
  3. Então revelará o Senhor o que ele encerra e aparecerá a glória do Senhor como uma densa nuvem, semelhante à que apareceu sobre Moisés e quando Salomão rezou para que o templo recebesse uma consagração magnífica.

Em  Apocalipse 11:19 o Apóstolo revela que a Arca está no céu. E isso fica bem claro, porém muitos evangélicos dizem que essa passagem é simbólica, mas não é. Apocalipse 11:19 se complementa com  a ação descrita Apocalipse 8:5 através dos relâmpagos que saem da verdadeira Arca que está no céu.

Essa simbologia da Arca pagã na terra promove o ecumenismo, pois o mesmo artefato é cultuado na Maçonaria, Judeus,  místicos etíopes e também os seguidores do cristo cósmico Baha’u’llah. Afinal, é um artefato mágico que pode ser usado tanto na sua Tumba ou na forma de orações no local  em que ela se encontra. Tudo fazendo parte do ritual para retirá-lo do Abismo.

“… Em verdade, este é o Dia em que tanto o mar como a terra se regozijam por causa deste anúncio… Em breve, Deus fará navegar sobre ti Sua Arca e tornará manifesto o povo de Bahá que foi mencionado no Livro dos Nomes . Santificado seja o Senhor de toda a humanidade, a menção de Cujo Nome fez vibrarem todos os átonos da terra…” ( Seleção dos escritos de Baha’u’llah, XI)

Quem lê o Apocalipse entende o recado! Baha’u’llah está falando acima da Besta do Mar e da Terra que se regozijam com a chegada do prometido que é a besta do Abismo . O seu nome, ou seja , a Glória de DEUS em português, faz todos os átomos da terra vibrarem  através do êxtase que será o batismo com o falso “espírito santo” na população global, por isso o ritual apresentado hoje pela IURD não passa de um culto ao oitavo rei do livro de Apocalipse. Ora, quando se lê Macabeus é desse falso batismo  que se refere.A Glória de DEUS e na verdade a Glória do diabo.

O evangelho é simples, mas essas  coisas  ficam ocultas dos ricos e poderosos dessa Terra, especialmente de lideranças religiosas corruptas que detém não só a riqueza financeira, mas a política. Na parte mais alta do templo temos uma mansão na qual se pode ver todo o bairro. Toda a sua miséria, roubos, mortes e assaltos, mas o templo está ali imponente e indiferente com a realidade brasileira. Edir Macedo e os seus não podem chegar até a luz por não passarem de monstros desgraçados , miseráveis  e cegos:

“Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;”  (Apocalipse 3 : 17)

Sai o cristianismo e entra o judaísmo , maçonaria  e bahaismo na IURD. Seus líderes cegos e ricos acham tudo normal…o pior disso é saber que muitos seguem o caindo no abismo da perdição por não questionarem os fatos.A bruxaria desse artefato é tão forte que nessa  ilustração do jogo illuminati os dois anjos se mandaram e ficaram só  uma pena de cada!

Referência:

Portal  R7, porém devido ao nojo causado pela IURD o link não está aqui.

 

A igreja evangélica de direita

“Solução espiritual para os problemas econômicos”. Esse é um dos princípios em que o  cristo cósmico Baha’u’llah ordena uma parceria entre a espiritualidade e a política. Como o bahaismo por aqui possui poucos seguidores cabe a igrejas como as evangélicas essa missão.

Ouvimos com freqüência críticas  quando uma igreja evangélica  se torna aliada do socialismo de esquerda, mas pouco se fala da sua aliança com o capital de direita. Em ambos os casos as conseqüências para a sociedade é totalmente desastrosa.

Essa união com a direita pode ser chamada de fascismo neoliberal. A recente união com o PSDB de Geraldo Alckmin e Dória Junior com as igrejas evangélicas não passa de uma  tentativa de implantar essa espécie de nazismo à brasileira.

A primeira característica do fascismo neoliberal  é  a retomada do conceito da natureza aristotélica, por exemplo: Aristóteles (Filósofo de Estagira)  acreditava que a natureza concebeu uns para serem pobres/ escravos e outros ricos/ senhores, ou seja, um escravo pobre jamais poderia ser alguém na vida e muito menos livre.

Esse é o mesmo conceito praticado por mais de 20 anos no poder do PSDB em São Paulo, onde os poucos empregos gerados pelo governo não passam de uma  escravidão moderna geradora de mão de obra descartável e barata controlada pelas empreiteiras. Já na espiritualidade da igreja temos a tal teoria da prosperidade.

Ora, um mega bispo como Edir Macedo ou esses Apóstolos fajutos entendem que uma pessoa é pobre devido ao fato de não encostar DEUS na parede  fazendo desafios. Dessa forma, não se preocupam nem um pouco com a vida do próximo, como diz Edir Macedo: “ Se quiser dar amém se não quiser que se dane…!!!”

A igreja  e o fascismo neoliberal também possui afinidades com suas conquistas, onde nenhum centavo pode ser perdido. Para o capital, basta qualquer oscilação no mercado para repassar os preços ao consumidor, por exemplo: pedágios abusivos, nível dos reservatórios  e conta de água. No caso da água, para satisfazer os investidores internacionais, Alckmin teve a covardia de retirar alguns dos processos de purificação da água o que transformou em um líquido leitoso com grande quantidade de cloro e cal.

A espiritualidade da conquista no meio evangélico também está na teologia da prosperidade. Cada centavo  também deve ser conquistado. Quando lemos Apocalipse 3:17 e comparamos com os testemunhos desses “milagres” vemos o quanto as profecias se cumprem no dia a dia:

“Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;”  (Apocalipse 3 : 17)

Ora, todos chegam supostamente endividados e hoje possuem carros importados, Iates, centena de escravos (ops!empregados)  e uma família linda e maravilhosa. Em síntese, ricos que não precisam de coisa alguma e pouco se importam com a vida do próximo. Nada diferente do que o PSDB faz.

E por fim, a parceria pública e privada entre o PSDB e as Igrejas evangélicas.  O governo repassa milhões para essas igrejas supostamente transformarem em benefícios sociais, por exemplo o Bom Prato que é administrado pela Igreja Assembléia de DEUS. Milhões são repassados e o que tem de retorno  para a população é uma comida da mais básica possível, pois a maior parte desses milhões ficam para a igreja.

Triste é ver o nome de Cristo blasfemado por esses homens.  O PSDB possui um grande número de maçons no alto escalão e no baixo os evangélicos que simulam essa falsa filantropia social que visa apenas a manutenção e perpetuação da miséria. Reino de DEUS? Isto está mais para o reino da besta que um dia subira do abismo, onde teremos um mundo doente e sem esperança governado por opressores que tiram o direito do povo e não lhe pagam o que é devido.

Claro! Com o apoio da igreja evangélica fascista neo liberal que pretende usar todo o seu poder de manipulação hipnótica das massas para eleger esse monstro  que trará tanta desgraça para o país se chegar ao poder máximo. Sim! Uma grande farsa onde a bancada evangélica defende sua isenção de impostos e apóia a o aumento deles  para a população comum através do Estado positivando leis que beneficiam apenas o governador e suas empreiteiras.

 

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/07/encontros-com-evangelicos-foram-praxe-em-gestoes-alckmin-e-doria.shtml

Seria Macron o Anticristo?

Escrevendo de forma direta: NÃO! E ponto final. Esse tipo de cena sempre acontece é os irresponsáveis que publicam matérias relacionadas ao anticristo com o tempo caem por terra. No passado, um site fracassado  chamado BJCV criou tantos anticristos que já não cabiam em suas páginas. Obama, Lula e até Arnold Schwarzenegger eram candidatos ao cargo. Claro! Aí daquele que discordasse do “atalaia” falido.

Macron é mais um infeliz que pratica a austeridade a agenda neoliberal na fraca, onde, mesmo supostamente sendo socialista, defende apenas a agenda do capital que aos poucos está arruinando a economia francesa. Ora, por esse motivo ele é um péssimo executivo, justamente ao contrário do anticristo verdadeiro (Daniel 11 : 36).

O  verdadeiro anticristo é um estrategista de guerra. Macron é um fracasso e nem militar é (Daniel 7 : 21). E por fim nem possui dignidade real, ou seja, algum título de nobreza abaixo de um rei.  Agora só por que a criatura chama Emmanuel ele é o anticristo? Tenha paciência com essa internet da desinformação!  Falta responsabilidade  de quem fica espalhando tolices.

 

http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2018/07/desaquecimento-da-economia-francesa-complica-meta-de-macron-10519409.html

A trindade do batismo real

No dia 09/07/18, o mais novo pirralho real da coroa britânica foi batizado. Na prática temos aqui um estoque de executivo mundiais  para a ordem mundial de Baha’u’llah prontos para assumir em qualquer tempo.

Segundo a tradição católica ( a igreja anglicana faz a mesma prática) crianças como Louis são batizadas não por ter um pecado, mas por serem  portadora dele. Compete aos padrinhos conduzirem na jornada  supostamente cristã  do afilhado. A única base bíblica para esse argumento é que todos nascem do pecado.

Temos aqui um batismo pagão que não tem efeito nenhum no mundo espiritual. Várias são as passagens do  novo testamento em que o batismo acontece mediante ao reconhecimento do batizado na sua condição de pecador e também da salvação. É uma aliança consciente em que o ser humano escolhe de livre arbítrio. Ora, sendo assim uma criança que nem pensa não pode se arrepender de pecado algum. O que um bebezinho faria ao receber algum dom do Espírito Santo? Nenhum, pois nem pensa ainda!

“E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;”  (Atos 2 : 38)

Mas a igreja  católica e suas variações jamais aceitarão essa verdade. No caso do príncipe Louis temos uma trindade pagã, onde os padrinhos o acompanharão até a iniciação dos mistérios maiores do esoterismo e sua trindade pagã . Tudo começa na (1) igreja Anglicana, depois segue para a (2) ordem maçônica da Jarreteira, onde chega-se ao último grau (o quarto) nos mistérios maiores que é a iniciação da(3)  diversidade religiosas através dos manifestantes da revelação progressiva bahái que na prática são as sete cabeças da besta e que levam ao oitavo rei.

A igreja anglicana surgiu da necessidade de legalizar o adultério e casamento de um antigo rei. Ora, o que mudou desde então é que se transformou em um adultério espiritual.

 

https://estudosdafe.wordpress.com/category/04-a-revelacao-progressiva/

http://www.historiascomvalor.com/batismo-do-principe-louis/

As distorções Bahá’is

Durante anos o bahaismo permaneceu oculto, mas em um determinado momento passou a ser conhecido por poucos cristãos. Ora, se alguém comparar as escrituras baháis com a Bíblia, especialmente o Apocalipse vera que os ensinamentos de Baha’u’llah são justamente o contrário.  Entre esses ensinamentos, os três itens abaixo merecem mais destaque na atualidade:

1) O sinal, nome e número de Baha’u’llah – Eles vão de encontro com o Sinal, nome é numero da besta do livro de Apocalipse. O 666 não é um símbolo explícito, pois é necessário calcular o número da besta, o número 9 se encaixa perfeitamente quando somado o 666 (6+6+6=9). Se verificarmos na história das grandes religiões nenhum fundador possui um sinal, nome e número de letras do seu nome como Baha’u’llah fez.

Para tentar ocultar essa realidade da Bíblia, a comunidade Bahái tem modificado seus templos. O projeto inicial, uma estrela de nove,  pontas deveria estar sempre presente no teto, porém outros símbolos Baháis como o máximo nome e o símbolo da pedra são usados. Embora sejam diferentes para que cristãos aceitem a ordem mundial de Bah’u’llah, o objetivo desses símbolos são os mesmos.O máximo nome é o nome de Baha’u’llah em árabe e o símbolo da pedra é uma representação do falso  “espírito santo “  unificando a humanidade.

2) Os princípios de Baha’u’llah–  Muitos sites e blogs baháis estão apresentando 9 princípios. De fato, ao usar esse número os princípios ficam mais sincronizados com a ordem mundial de Baha’u’llah, porém eles são [1] 12. O corpo executivo, o método de resolução de conflitos pela consulta bahái e a solução espiritual para problemas econômicos ficaram de fora.

O corpo executivo vai direto ao encontro da besta de 10 chifres , onde teremos algum dia o executivo mundial (vulgo anticristo) e seus nove mestres eleitos. A solução espiritual para problemas econômicos, conhecido no bahaismo como economia divina, vai de encontro com a marca da besta. O método de consulta bahái é um sistema totalitarista de decisão disfarçado, pois a decisão final será do executivo mundial, independente da opinião dos seus nove mestres eleitos, ou do Parlamento Mundial, hoje representado pela  inútil  da ONU.

3) A revelação progressiva– Entende-se por revelação progressiva, isso no conceito Baha’i, os grandes fundadores de religiões, sendo Baha’u’llah o oitavo e último fundador. São eles: Buda, Krishna, Zoroastro,Moisés, Jesus (que tem o seu nome blasfemado pelo cristianismo católico e protestante)  Maomé, Báb e Baha’u’llah, sendo Abrão pai de todos. É por isso que Baha’u’llah é o oitavo rei.  São sete manifestantes/ fundadores de religiões  que representam as sete cabeças da besta do livro de Apocalipse.

É muito comum nos sites Baháis ocultarem algumas informações e alterarem outras. Em alguns sites aparecem apenas quatro ou cinco manifestantes  para ocultar as cabeças da besta. Já em outros apresentam nomes diferentes ou até mesmo Adão é incluído, sendo que ele não criou nenhuma religião.

E assim, o cristianismo verdadeiro e o bahaismo seguem caminhos opostos. O bahaismo a cada dia vitorioso, pois a diversidade desta aí…Nas artes como filmes, seriados e na política, embora tenha alguma resistência no presente em alguns países, mas o baismo segue tranquilamente com seus passos lentos.

Já o cristianismo verdadeiro…derrotado, humilhado, esquecido, abandonado, odiado (especialmente pela própria igreja) e farto da lentidão. Assistindo em silêncio a desolação, corrupção e ganância de uma igreja hipócrita, podre  e suja que cresce em poder político e em riqueza. Dormindo do lado direito  há espinhos (protestantes)  e no esquerdo a pedras (católicos). Não há  paz na alma e nem mesmo a morte  vem ao consolo.

Por que saí da madre, para ver trabalho e tristeza, e para que os meus dias se consumam na vergonha?  (Jeremias 20 : 18)

Seria melhor não ter nascido…

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/

[1] http://uhj.net/bahaiprinciples/bahai-12-principles.html. Tanto os princípios de Baha’u’llah como a revelação progressiva oficial encontram-se sem qualquer modificação na Casa Universal de Justiça, pois oficialmente não podem ser modificados.