• janeiro 2022
    S T Q Q S S D
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  

Dia internacional dos direitos humanos

Direitos humanos… da teoria da paz para a prática do caos.

Direitos humanos é uma área chave para a Ordem Mundial de Baha’u’llah. Através dele é que a comunidade Bahá’i espera implantar a unidade da humanidade. Uma vez implantada a unidade, compete aos governantes desenvolverem dons espirituais como compaixão,  cooperação e outros para legislar em nome do povo. E assim, seria criado o reino de DEUS na terra.

Mas na prática nada disso acontece. Bahá’is precisam entender que os governantes da terra são pessoas más e diabólicas. Algo difícil, pois para eles demônios não existem. O resultado é justamente ao contrário. Os grandes jornais como Folha e Estadão nem se quer citaram a data. Ora, trata-se de algo para o povo e não para elites poderosas. Além disso, o bolsonarismo trouxe o verdadeiro caos nessa.

Se existe algo que bolsonaro não possui é compaixão e cooperação em nome do povo. Segundo a reportagem abaixo, esse país ocupa a quarta posição em matar pessoas que defendem os direitos humanos. Claro! Nada disso não seria possível sem esse homem que é o ícone do ódio, racismo e violência:

“Segundo a Global Witness, o Brasil ocupa quarto lugar no ranking dos países que mais matam defensores e defensoras de direitos humanos, atrás apenas de Colômbia, México e Filipinas.”

Sendo assim, é por isso que milhares de pessoas morrerão quando a ordem mundial de Baha’u’llah for implantada, como descrito no livro de Apocalipse capítulo 13.

 

https://www.brasildefato.com.br/2021/12/10/programa-de-protecao-a-defensores-de-direitos-humanos-vive-pior-momento-no-brasil-diz-estudo

https://www.un.org/en/global-issues/human-rights

Injetando com moderação e diversidade

Dezembro de 2021, a prefeitura de New York mergulha na unidade da diversidade ao apresentar  um lugar “seguro” para usuários de drogas. O novo centro de acolhimento permite o uso de drogas pesas como heroína, mas desde que seja consumida com moderação para evitar mortes:

“Os centros de prevenção de overdose são uma forma segura e eficaz de lidar com a crise de opioides. Tenho orgulho de mostrar às cidades deste país que, após décadas de fracasso, uma abordagem mais inteligente é possível. ”( Bill de Blasio)

Tudo parece loucura, mas esse é um dos melhores exemplos de uma pessoa quando possuída pelo espírito da diversidade.  Possuído pelo amor  de Baha’u’llah, o viajante não distingue mais o certo ou errado;

“…e será consumido no fogo do amor. Nessa cidade ergue-se o céu do êxtase, e brilha o sol do anelo que ilumina o mundo, e arde o fogo do amor; e quando o fogo do amor flameja, converte em cinzas a colheita da razão.O viajante torna-se agora inconsciente de si próprio e de tudo além de si. Não vê a ignorância nem o conhecimento, nem a dúvida nem a certeza; não distingue entre a manhã da orientação e a noite do erro…”(Sete Vales, Vale do Amor, Baha’u’lah)

Mas nem tudo são flores. Ao criar esse sistema ridículo, a prefeitura mostra o tão quando não se preocupa com a vida, pois é melhor  manter um viciado consumindo, pois morto não movimenta a economia! E assim, o cristo cósmico Baha’u’llah cumpre mais uma vez a profecia abaixo:

Ele a todos levantará com o anzol, apanhá-los-á com a sua rede, e os ajuntará na sua rede varredoura; por isso ele se alegrará e se regozijará. (Habacuque 1:15).

 

NYC opens 1st supervised drug consumption facilities as ‘smarter approach’ to opioid crisis

Diversidade e violência na nova série Chucky

Besteirol, diversidade, terror “infantil” e violência. Depois de seis filmes Chucky está de volta com sua nova série.

Esperava-se que no século 21 a violência gratuita e desnecessária fosse banida. Esperava-se dos filmes de terror menos sangue e mais reflexão. Infelizmente não foi isso que aconteceu. A série Chucky é recheado de violência e possui no seu elenco atores mirins que possuem no máximo 14 anos. O boneco é tão chato que dá vontade de entrar no filme é queimá-lo de uma vez por todas.

Mas também a espaço par a diversidade. A relação entre  Jake Wheeler e Devon Evans possui várias insinuações entre os personagens para ir além da amizade comum. Depois dos primeiros capítulos, a idéia da diversidade mirim deixa indícios que talvez seja descartada.

Já a mocinha Lexy Cross  não fica sem seu baseado em nenhum dos primeiros capítulos Ora, durante décadas a diversidade gay e o uso de drogas pegaram carona nos princíios de Baha’u’llah, especialmente no que se diz respeito ao fim de toda forma de preconceito.

Entre o mar de sangue e mortes injustas a série ainda tenta passar mensagens positivas Isso se torna  ridículo diante de um filme baixo e violento como esse, onde esse boneco chato sente prazer em cada facada que dá nas pessoas!

Mas a mensagem foi passada! A nova ordem mundial de Baha’u’llah tende a se tornar violenta depois que implantada, Esse tipo de sociedade desequilibrada faz parte da espiritualidade de quem receber o falso espírito santo.

https://www.youtube.com/watch?v=UA-4e4bE1Ck

https://www.thetvdb.com/series/chucky

https://www.imdb.com/list/ls050035508/

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/

O aborto e a Ordem Mundial de Baha’u’llah

Se o aborto  é uma escolha pessoal, suas conseqüências espirituais se transformam em um sacrifício pagão.

Recentemente, a Suprema Corte do México descriminalizou o aborto. A decisão foi classificada como história e um exemplo que deve ser seguido pelos demais países da América Latina e também é um grande passo para a legalização do aborto:

Resumo da notícia : “ A Suprema Corte do México descriminalizou o aborto após uma decisão histórica aprovada por unanimidade pelos ministros reunidos em sessão plenária. “

Os juízes foram possuídos pelo espírito da diversidade da Ordem Mundial de Baha’u’llah, espírito esse que atua em diversos graus pelo mundo. Nesse caso em especifico os juízes inclinaram seus corações para o fim de toda forma de preconceito.

Para Bahá’is o aborto parece caminhar para uma decisão pessoal, muito parecido com as tradicionais faixas de protestos usadas pelo movimento pró aborto:

“… toda a questão (do aborto)  é deixada para a consciência dos interessados, que devem pesar cuidadosamente o conselho médico sobre o caso à luz da orientação geral dada no Ensino Baha’i…” (Casa Universal de Justiça e Guardiania)

Após a pessoa decidir o que fazer, a escrituras Bahá’is são usas como consolo espiritual. Várias passagens dos escritos do cristo cósmico Baha’u’llah podem ser usadas, desde que tenham o mesmo conteúdo, ou seja, que DEUS é amor e perdão….

Porém tudo isso muda muito do ponto de vista do Apocalipse. Nesse caso, temos os ensinamentos da besta do abismo que são colocados em prática pela besta de dois chifres e repassados para os povos da terra, mais especificamente os juízes como nesse caso.

A morte dessas crianças, mesmo que ainda em formação, servem como sacrifício moderno para o demônio  moloque. Várias são as passagens que indicam o sacrifício de crianças para esse “deus” Levítico 20 : 2 , Levítico 18 : 21…Moloque também é o guardião da estrela renfã . Renfã (Atos 7 : 43)  nada mais é que a representação da estrela de nove pontas  Bahá’i que a imagem do espírito de Baha’u’llah .

Dessa forma, esse sangue derramado tem grande valor para que renfã possa iniciar em algum dia do futuro a manifestação espiritual da besta do abismo. Ora, cada gota desse sacrifício conta e muito. Se ao menos as pessoas pró aborto soubessem disso….

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/

https://brasil.elpais.com/internacional/2021-09-07/mexico-descriminaliza-o-aborto-apos-decisao-judicial-historica.html

https://bahaiteachings.org/universal-house-of-justice

https://bahaiteachings.org/abortion-the-right-to-life-and-a-womans-right-to-choose/

https://bahaiteachings.org/finding-peace-after-miscarriage/

O futuro do Brasil não pode ser “Dark Angel”

Dark Angel foi uma série estreada por Jessica Alba no ano 2000. Ela mostra  que o futuro da humanidade caminha para algo terrível.

Um pouco da série:  Max Guevera (Jessica Alba) foi criada em laboratório e sofreu  mudanças genéticas para fins militares. Ao conseguir escapar da fortaleza, ela e outras crianças se espalham, mas continuam sendo perseguidas pelo governo.  Agora Max precisa esconder sua identidade e encontrar o seu lugar no mundo. Não se pode iludir com esse rostinho fofo  da Max. A série trata de assuntos graves e pesados que estão acontecendo bem aqui no Brasil.

A ordem mundial de Baha’y’llah tentará estabelecer o reino de deus na terra, mas na prática tudo é muito diferente:

Autoritarismo

Após um colapso político e econômico, foi implantando um sistema de governo totalitário. As pessoas são dividas em regiões e não podem sair sem autorização. Se isso acontecer, drones alertam para que a pessoa volte ao seu local.

O Brasil passa por algo parecido.  A pandemia nos mostrou isso quando ficamos confinados. A crise política vem sendo empurrada pela mídia durante décadas e a cada dia a miséria aumenta muito mais. A implantação desse sistema por aqui depende do golpe do regime bolsonarista ou até mesmo da sua retirada no poder, pois o seu vice pretende criar um governo “ terrivelmente maçônico”.

Falta de energia elétrica

As regiões descritas acima nessa série  são para as pessoas pobres. As moradias são precárias e antiquadas. É muito comum Max ter que esquentar a água no fogão para tomar Banho. Existe uma espécie de rodízio energético. Com a venda da Eletrobrás o Brasil não está muito longe disso, pois quando uma empresa é privatizada prevalece a lógica do mercado de economizar na manutenção  sacrificando o fornecimento.

Embargo econômico

Max Guevera…o nome parece mais uma fusão entre Karl Marx e Che Guevara.  Durante décadas, o governo americano tem aplicado sanções terríveis para os cubanos. Segundo os fatos históricos, isso se deve devido a nacionalização de empresas que eram americanas na ilha. Aqui está o recado…Quem não entregar tudo que tem para os EUA vai sofrer algo parecido.

Empresas privadas e a precarização trabalhista

Max trabalha como entregadora em uma espécie de correio privatizado. Reagan ( J.C. Mackenzie) é um empresário explorador e ambicioso. Sua empresa  de correios privatizada contrata apenas jovens que recebem um péssimo salário. Como os jovens recebem mal fazem o trabalho com  bicicletas. O regime bolsonarista já comemora a vitória da venda dos Correios e infelizmente o futuro é esse.

Ausência da coleta de lixo

As cenas externas mostram uma cidade completamente suja. Alimentos, papéis…todo tipo de lixo pelas calçadas. No caso do Brasil, na medida  em que o regime bolsonarista avança retirando direitos do trabalhador, milhares de pessoas começam a perder sua moradia. O resultado são praças, viadutos e calçadas  sujas. O lixo fica por ali mesmo, tornando difícil a limpeza.

Pessoas mais velhas são jogadas à própria sorte

Não existe emprego para os mais velhos. Eles vivem jogados nas ruas. Alguns pedem esmolas e outros tentam vender alguma coisa roubada ou usada. Como não possuem moradia vivem aos bandos nas ruas. Alguns bêbados outros drogados e outros simplesmente morrem na rua e são esquecidos. Ora, basta dar uma olhada nas noticias do centro de São Paulo para ver a degradação em que se encontra.

Fim do comércio

Nas ruas da série a maior parte das lojas faliram. São poucos os comerciantes que conseguiram sobreviver diante da crise. A maioria  trabalha em tendas como ambulantes nas ruas vendendo de tudo. Mais uma vez o exemplo está em São Paulo, especialmente na região do Braz.

Universo  Cyberpunk

O universo cyberpunk   do escritor William Gibson surge na série de Cameron através de pessoas modificadas que se aproxima de robôs. Os avanços tecnológicos não impedem que vivam  de forma miserável. De fato, os empresários Brasileiros já miram no comércio de carros voadores, mesmo diante de uma miséria jamais vista antes.

O Racismo

Max e seus colegas são humanos modificados, porém o laboratório militar foi além e criou pessoas deformadas, mutações entre homens e animais…Com a explosão do local todos vão para as ruas  e tentam  sobreviver, mas são extremamente rejeitados pela sociedade. São visto como aberrações e monstros.

No Episódio abaixo temos uma apresentação desse racismo.   Temos o Jossua uma mistura de cão com homem e um outro ser deformado que é acusado injustamente de matar crianças.

O racismo é assim mesmo! O diferente que não segue o padrão europeu (indígenas, nordestinos e negros) são vistos como monstros primitivos que contaminam a sociedade. Típico do pensamento eurocentrista que anda em ascensão devido ao atual governo de bolsonaro.

Max não encontra o seu lugar no mundo e cria a Freak Nation, um local onde mutantes e deformados tentam viver de forma segregada. A beleza de Max nos lembra  das mulheres latinas. Como sabemos, os latinos sempre serão tratados com racismo pelo governo americano. A primeira temporada foi regular, mas a segunda ótima. Pena que não teve continuidade…

James Cameron’s deixa aqui um alerta para as futuras guerras civis e a discriminação. Qual seria a sua origem? Ora, aqui temos duas sociedades pobres matando umas as outras. Vacinados x não vacinados, adoradores da estrela de nove pontas x opositores da ordem mundial de Baha’u’llah, bolsonaristas x petistas,  eurocêntricos  contra negros e índios. Ainda não se sabe qual será, mas tudo fica em um cenário com o segundo selo sendo aberto.

https://www.imdb.com/title/tt0204993/

A linguagem neutra

A destruição do sexo masculino e feminino está levando para o latim, uma língua usada em ritos mágicos e que em nada pode trazer paz ou diversidade.

Recentemente, o Museu da Língua Portuguesa foi  reaberto ao público. Ele se tornou um ícone para a caminhada do idioma universal, um dos princípios do cristo cósmico Baha’u’llah para unidade da humanidade.

O movimento LGBT….aproveitou a oportunidade para divulgar um pouco mais sob a linguagem neutra. O que se pretende é substituir palavras usadas tanto para o sexo masculino como feminino, por exemplo: a palavra “ trabalhadores” ficaria trabalhadore e no plural  trabalhadorie.

Porém, para impor essas palavras o movimento LGBT..teria que passar por grandes obstáculos. São barreiras nas quais se tornam praticamente impossível de serem  realizadas. Entre elas está  o idioma universal.  Seria necessário  primeiro a criação de um idioma universal para posteriormente a adaptação de palavras que sejam do agrado desse movimento.

Além disso, existe a necessidade do batismo com o falso espírito santo. Isso acontecerá somente após a retirada do cristo cósmico do abismo. Não se sabe qual será  língua agraciada da nova ordem mundial de Baha’u’llah  ou se criarão outra, mas as novas palavras acima soam com um certo sotaque em latim.

Usar o latim como parte do idioma universal para promover a unidade da diversidade se torna praticamente um encantamento, pois essa é a língua mais usada nos rituais de magia negra. Nesse caso, a diversidade fica representada pela figura de Baphomet,   a representação andrógena de satanás.

Com a origem da linguagem neutra se aproxima do latim satânico, resta saber que essa diversidade  futura trará muito mais miséria do que uma vida de paz. Para isso basta observar onde está localizado o ícone do Museu da Língua Portuguesa. No centro da capital de São Paulo…um dos locais mais degradados, cheio de prostituição, drogas, assaltos…bem próximo da cracolândia com toda a sua imundice e isso em todos os sentidos da palavra.

 

https://www.band.uol.com.br/bandnews-fm/noticias/museu-da-lingua-portuguesa-recebe-mais-de-400-pessoas-no-primeiro-dia-de-reabertura-16363328

A inevitável legalização da maconha

É fácil legalizar maconha em um país sem ética ou moral. Nem precisamos do  poder espiritual do cristo cósmico Baha’u’llah para isso.

O Projeto de Lei 399/15  que autoriza o plantio da maconha para fins medicinais começa a avançar no país e provavelmente será aprovado em um futuro próximo.  Ora, a legalização para fins medicinais é o primeiro passo para o “liberou geral” que é inevitável.

Embora a ordem mundial de Baha’u’llah não pareça apoiar o uso de drogas, os princípios de Baha’u’llah deixam uma  brecha para que isso aconteça, especialmente no que diz respeito ao fim de toda forma de preconceito. O fim de todo o tipo de preconceito é algo muito mais abrangente; tão abrangente que um dia poderá incluir até pedófilos.

Mas a legalização das drogas não vem por amor ao cristo cósmico Baha’u’llah, e sim pela política brasileira que não possui ética e nem moral, por exemplo: o deputado “marco feliciano “ (em minúsculo mesmo) disse em outras palavras que a droga é pecado.

Ora, então retirar todos os direitos trabalhistas não  é pecado? Apoiar o fim da aposentadoria não é pecado? Beneficiar apenas os empresários e estimular o trabalho escravo não é pecado? Fazer vista grossa diante da situação de miséria que vive o país não é pecado?

Como discutir ética  ou moral com um político que apalpa uma outra colega e diz que não cometeu assédio, um ator pornô, um militar jogado para a reserva por ser irresponsável e mesmo assim vira presidente, um youtuber estúpido, alguém que mata o marido e diz que não fez nada de errado, também tem o matador de crianças, o palhaço,  o senador que coloca dinheiro naquele lugar,  o falso socialista, o pastor envolvido em todo tipo de escândalo ou um jogador de futebol que não sabe nem pensar, mas vira político ?

Em fim, esse é o tipo de gente que reflete sob a ética e moral que devemos viver!

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/07/27/os-principios-sociais-da-nova-ordem-mundial-%e2%80%93-parte-1/

PL 399-15 transformará o país ‘numa grande fazenda de produção de maconha’, diz Feliciano

https://www.camara.leg.br/noticias/596906-projeto-permite-comercializacao-de-medicamentos-baseados-em-cannabis-sativa/

O demônio do entretenimento

Criada em 1977, Buffy a caça vampiros enfrenta o demônio do entretenimento e foi um verdadeiro sucesso. Joss Whedon, criador da série se tornou arrogante e se achava o máximo, porém esqueceu  que jamais teria alcançado esse patamar sem os maravilhosos atores da série.

Sarah Michelle Gellar  (Buffy) nos presenteia com seu charme, elegância, beleza ,  educação, inteligência e claro…uma ótima interpretação. Mas tudo era diferente antes dos primeiros sinais do Apocalipse.  As músicas possuíam qualidade e sentido. No episódio (S06Ep.07)  – Once More, With Feeling temos muito jazz,  dança e muito sentimento.

No vídeo abaixo temos o demônio do entretenimento. O ator está impecável no sapateado e sua parceira, a irmãzinha da Buffy (Dawn), está linda e  fantástica. Ela flutua com os bailarinos sempre leve e solta. Nesse episódio o demônio escolhe a irmã da Buffy como rainha do inferno, no setor de entretenimentos claro!

Dawn está entre 15 e 16 anos de idade isso seria pedofilia, mas um mal para Buffy combater. Ela pensa que ele está diante de  um bom demônio que apenas traz  diversão, mas o objetivo é fazer com que as pessoa dancem até serem  mortas pelo fogo.

 

O demônio opera usando o vazio que está nas almas das pessoas. A frieza do coração, a tristeza, a solidão…esse vazio é preenchido com a música. Nessa época boa música e dança.

No vídeo abaixo Buffy está com o vazio enorme na alma e sai para enfrentar o demônio do entretenimento  sozinha.  O fogo do seu coração se apagou, ela não tem mais razão para viver ou cantar. “Me de alguma razão para cantar! “ O demônio nega o seu pedido.

 

Buffy derrota o demônio sem o uso de armas. O vampiro Spike que agora possui alma lhe  ajuda sair do sofrimento. A solução é encarar a verdade e aceitar a tristeza de viver dia após dia, apenas viver.  A coisa mais difícil nesse mundo é viver e aceitar a realidade, diz a irmã de Buffy.

E assim, voltamos para o nosso tempo 2021…o vazio continua na alma e muitas pessoas preenchem esse espaço com o entretenimento, mas ele mudou muito.  No caso do Brasil, esse país virou um experimento para o pré-apocalipse. Hoje não existe mais arte, música e dança:

“E em ti não se ouvirá mais a voz de harpistas, e de músicos, e de flautistas, e de trombeteiros, e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e ruído de mó em ti não se ouvirá mais;”  (Apocalipse 18 : 22)

O entretenimento dos dias atuais se resume em notícias fúteis.  Pessoas sem qualquer talento se destacam usando o corpo, exibindo suas riquezas ou  tentam ser famosas quando ninguém sabe ao menos quem é.  O cantor não canta, o dançarino não dança, o jogador não joga, o ator não atua e o escritor não escreve. Nem mesmo cantores (se é que pode chamar assim) de pancadão cantam.  Triste é ler a parte de entretenimento de sites como BOL e outros. Triste é ver todo dia notícias estúpidas e fúteis como essas:

Sheila Mello mostra detalhes da reforma em novo lar com varanda gourmet

Affair de Jojo Todynho: “Não tínhamos compromisso sério”

Andressa Urach empina nariz e aumenta queixo

Bruna Marquezine recebe elogio de Claudia Raia:

Claudia Leitte arranca suspiros ao compartilhar linda selfie

Estrela de Titanic diz que ninguém reconhece filha atriz por causa do nome

Maraisa vive romance com deputado do Mato Grosso, diz colunista

João se irrita após discussão de Juliette e Arthur no BBB21

A cantora Anitta surpreendeu seus fãs apresentando duas fotos onde aparece sentada em um sofá com um vestido amarelo

xxx

E eu com isso! Uma simples frase dessa é suficiente para aceitar a verdade e se livrar do demônio do entretenimento.  No final ainda temos uma surpresa em Buffy. Descobrimos que o demônio não é homossexual , apenas pedófilo (Xander , mais um ótimo e espetacular ator,  o invocou sem querer ).

Grande abraço para todos! Vocês derrubaram o cara mal (0:52 do vídeo)! Assim o demônio reconhece a sua derrota, mas sai com classe e estilo:  “ Quem diria. Tudo terminou bem… “Agora eu vou correr. Vejo todos vocês no infernooooo!”