• junho 2017
    S T Q Q S S D
    « maio    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  

Diversidade e Parada Gay

O mais próximo da essência da diversidade está no diverso ou múltiplo, ou seja, a existência de do gênero humano em toda a sua amplitude se respeitando mutuamente, porém essa multiplicidade volta a ser algo único, voltando para si mesma na forma da uma imposição dogmática aos contrários.

São 21 anos de parada e agora ela encontra-se com a religião em sua temática, por exemplo: Em Brasília, mais especificamente no metrô da capital da corrupção brasileira,  a Estação Central está com uma amostra de fotos com vários líderes religiosos que abraçam a causa LGBT,  católicos, budistas, wiccanos, evangélicos, candomblecistas, umbandistas, membros da Ayahuasca…

Os líderes morais surgem na forma de artistas nesse ano de 2017 como Fernanda Lima, Daniela Mercuri, Carlinhos Brown e outros. O movimento também conta como apoio dos partidos de direita e de esquerda. Não poderia faltar o apoio do grande capital através de empresas como a UBER, Skol e Microsoft.Afinal…são as empresas que financiam o sistema político e ditam o que deve e o que não deve ser modificado em uma sociedade.

O bahaismo trabalha de forma oculta e quase despercebido nos bastidores, pois a religião do cristo cósmico Baha’u’llah criou os princípios da diversidade. No bahaismo não existe processo de conversão ou santificação e muito menos algo em suas escrituras que desaprovem a conduta homossexual.

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/07/27/os-principios-sociais-da-nova-ordem-mundial-%e2%80%93-parte-1/

Dessa forma, um (a)  jovem que se sente culpado ao praticar o homossexualismo já não é convidado a participar de um processo de libertação espiritual  como no cristianismo verdadeiro e sim a sair do armário na atualidade.

Embora exista muita corrupção na bancada evangélica, pelo menos isso, ou seja, o princípio da santificação, costumam apoiar o processo. Isso provoca a ira do movimento gay como vemos nessa foto. A travesti mostra uma Bíblia com a cruz ensangüentada, uma imagem que sugere que os cristãos são responsáveis pelas mortes do público LGBT, sendo isso um absurdo e sem lógica, porém a cada dia conquistam novos adeptos. Tudo é culpa dos cristãos intolerantes, homofóbicos, enrustidos e reacionários, dizem eles.

Não será por acaso que em um futuro próximo exterminem muitos evangélicos por não respeitarem a diversidade de Baha’u’llah (Apocalipse 13 : 15). Como dizem as escrituras Bahá’is…pegos pelo topete :

Dize: Os céus dobraram-se e a terra está segura em Suas mãos; os malfeitores foram segurados pelo topete e ainda não compreendem. Bebem da água impura e não o sabem (Seleção dos escritos de Baha’u’llah)

Sendo assim, acaso a diversidade não será um ato dogmático, autoritário, covarde  e genocida quando imposta mundialmente?O que seria puro (a santificação) e visto como algo impuro ou melhor a “água impura”.  O sangue dessa Bíblia que a travesti segura também representa  esse acontecimento futuro.

E assim, o rolo compressor está vindo com tudo para o cristianismo. O movimento LGBT se torna mais forte a cada ano, pois conta com o apoio de idiotas úteis como os artistas  fracassados, ridículos e oportunistas mencionados acima, políticos e principalmente do grande capital. Observe que a travesti tirou a foto em frente a FIESP, representante do grande capital e sabe muito bem que gay gasta e muito – mas muito dinheiro –  mesmo! Não interessa se estão certos ou errados o que importa e arrecadar muito para os empresários e o PSDB.  Já o PT e aliados fingem apoiar por ser uma causa social, mas também se importam com a agenda e lucro do capital, afinal…todos os políticos precisam de caixa dois e outros métodos corruptos para perpetuarem no poder e levar milhares de almas para o abismo da perdição.

Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem. (Romanos 1:32)

Não é por acaso que Baha’u’llah se encaixa como a Bíblica besta do abismo, pois ele tem arrastado milhares para esse local com a temática da diversidade.

 

Referências:

http://www.gay1.ws

http://paradasp.org.br/estado-laico-e-o-tema-da-21a-parada-do-orgulho-lgbt-de-sao-paulo-que-acontece-dia-18-de-junho-de-2017-com-presenca-de-anitta-e-daniela-mercury/

Resident Evil, o recomeço

O título é uma alusão  ao que aconteceu na cracolândia hoje (11/6/017), assim como no filme os zumbis não desaparecem, mesmo no último filme da série no final temos uma indireta de que eles sempre voltarão.

O mesmo acontece na cracolândia, mais uma vez a  nova higienização feita nas ruas centrais apenas espalhou os zumbis para outros lugares. Isso é  uma tática antiga da elite burguesa. No passado, um bairro que seria destinado para as pessoas ricas em São Paulo foi ocupado por pobres. O governo daquele tempo decidiu reagir expulsando os moradores e posteriormente fez a lavagem do local. Os pobres foram para áreas afastadas e criaram as favelas, já esse bairro ficou conhecido com o nome de Higienópolis, ou seja, assim como a favela cresceu sem controle cada dois zumbis são capazes de criar novas mini cracolândias, triplicando a população.

Para acabar com a cracolâdia é muito fácil…São necessárias apenas três etapas : 1) eliminar os traficantes, 2) Cuidar dos doentes para superarem a abstinência e 3) Reintegração na sociedade através de ações públicas do Estado e da Igreja , Simples assim, mas na prática é impossível devido a corrupção política.

Na etapa um os governantes não podem acabar com o tráfico. Se quiserem fazer isso terão que prender o ex-presidente Fernando Henrique do PSDB e não colocar na cadeia um ser qualquer que porta apenas 700 gramas de crack. O Governador e o prefeito vão fazer isso com um membro poderoso do mesmo partido? Essas medias estão sendo feitas apenas por terem passado na mídia.

A etapa 2 e tão impossível como a um. Como gerar empregos dignos em um sistema político que privatiza tudo e todos.  Um governo que não quer ter a responsabilidade de governar como administrador, por isso passa tudo  aos  gestores da iniciativa privada que apenas renovam o ciclo de precário dos Serviços Públicos.

A etapa 3 é conseqüência da 2, pois onde seriam tratados os dependentes e usuários? Hospitais Públicos que sofrem com a terceirização e transformação em Organizações Sociais de Saúde, onde contratos milionários são celebrados, mas não possuem qualquer investimento prático de melhoria. É comum uma OSS fechar contrato com o PSDB por troca de apoio na campanha eleitoral e em troca não fazer absolutamente nada de melhoria nos hospitais públicos. Onde vão trabalhar se já não existe emprego e o Estado está vendido?

Não  foi por acaso a data escolhida ser o dia 11. Isso mostra as luzes do iluminismo e como a elite aristocrática pouco se importa com os cidadãos. Muito longe de ser apenas nossos zumbis brasileiros, mas toda a população. Ora, o sonho desses governantes é muito simples: Usarem o Estado para criar leis que favoreçam a exploração do trabalho e a criação de mão de obra descartável, escrava e barata. O que está sendo implantado no Haiti é um sonho não só da JBS , mas de outros monstros que detém o poder pela riqueza. Dessa forma, o que acontece na cracolândia é um teste para algo maior.

Infelizmente não adianta denunciar e resta apenas observar. Um dia jogam bomba na população de drogados e no outro comem um pastel chinês  com os mesmos em busca do seu voto e a perpetuação no poder. Um olhar estúpido de quem quer devorar a câmera nas entrevistas ajuda muito!  Cumprimentam com a mão esquerda e esbofeteiam com a direita. Isso tem funcionando muito bem por mais de 20 anos com o PSDB no poder. Só DEUS sabe até quando…

Acaso um cego pode guiar outro? Em ambos os  lados temos viciados. Um grupo na droga química e outro da droga da vaidade política. Vaidade de homens que não precisam mais de dinheiro, mas buscam sempre mais, achando que com isso se tornarão  felizes e nunca se satisfazem. Não bastar estar nas colunas sociais  como Dória Junior ou Alckmin é preciso ter o exército ou a polícia em seus pés, prontos para obedecer como cachorros adestrados.

Faltaria tempo para falar da outra face dessa burguesia suja como. Médicos fajutos como Drauzio ou Empresas de Containers. O Local parece mais um campo de extermínio ou estufa para o verão, devido ao material ridículo utilizado.

Pode parecer bizarro, mas o princípio da diversidade, onde todos ocupam o seu lugar na Ordem Mundial de Baha’u’llah continua preservado.

Condicionando e alertando o governo mundial nos desenhos

 

Vamos analisar nesse post dois desenhos. Não sei se muitas crianças assistem as Winx na TV Cultura, mas a história das fadinhas implantam o principal conceito Baha’i . Vejamos esse conceito:

“… Está claro, pois, que não existe o mal, que tudo o que Deus criou foi bom. O mal é o simples nada. A morte é apenas a ausência da vida; só quando o homem perde a vida, é que ele morre. A escuridão nada mais é que a falta de luz…” ( Abdul’Bahá)

Ora, Baháis acreditam nesse raciocínio simplista de que o mal nada mais é do que a ausência do bem,  dessa forma negam que o mal seja feito por anjos caídos e negam a existência de satanás. Dessa forma, fica fácil entender  o motivo que leva aos seguidores do cristo cósmico Baha’u’llah não perceberem que ele é a bíblica  besta do abismo, um instrumento usado por satanás para enganar a humanidade.

As fadinhas Winks em seus desenhos fazem exatamente esse papel. Elas representam a magia branca e lutam contra feiticeiros praticantes de magia negra. A disputa está em controlar os corações dos seres humanos. E assim, toda vez que a magia negra implanta algo de ruim, as fadinhas entram em cena colocando enfeitiçando as pessoas implantando a falta luz da harmonia em seus corações. Em um dos episódios elas conseguem fazer uma alta magia em que a população acaba amando muito mais o meio ambiente do que a DEUS.

Já o poderoso chefinho, capturamos o momento da essência do filme. Não…não se trata de um executivo mundial, mas o alerta desse desenho  com a mensagem de que as pessoas estão amando mais os animais, nesse caso os pets,  do que o seu semelhante.  A missão do poderoso chefinho é impedir que as crianças sejam mais amadas que os cães.

De fato, exemplos não faltam: Pessoas que vivem sozinhas, mas com dezenas de cachorros no quintal, alguns trocam namorados, esposas ou maridos por um cão (isso virou até hino de música brega) . Marginais que não pensam duas vezes em tirar a vida de alguém, mas amam seus cães. A quem chame seu cachorro até de filho.

O que essa doença canina tem em comum é a mudança de comportamento em alguns casos, por exemplo: Pessoas que sofrem de doença canina não querem ser questionadas ou  contrariadas . Elas não querem que ninguém e nada possam  dizer que está fazendo algo errado; e por isso procuram refugio nos animais que nada questionam por não terem raciocínio. E assim, caminhamos a cada dia para uma sociedade fria e sem sentimentos, uma sociedade que pouco se importa com o próximo. São tempos difíceis que já estão no sinal amarelo.

Cracolândia paulistana só mudou de lugar, diz promotor

“… Hoje a Cracolândia não acabou coisíssima nenhuma, ela muda de lugar”, disse o promotor. “Fizeram uma operação policial para prender traficantes. Qual foi o reflexo disso? Espalha-se os usuários pela cidade”, diz o promotor de Justiça Arthur Pinto Filho.

A unidade da diversidade vence novamente na cracolândia de São Paulo. Entende-se por unidade da diversidade  na Ordem Mundial de Baha’u’llah um mundo em que todas as tribos vivam de forma pacífica. Não que o bahaismo  apóie  uso de droga, mas o conceito de diversidade se adapta o pensamento subjetivo, nesse caso tanto do usuário como governo.

Para os nóias a diversidade significa dar suas “cachimbadas” tranquilamente. Um furto ali outro lá…e a vida se resume nisso, mas para a elite do PSDB como vimos no caso do ex- presidente Fernando Henrique Cardoso que pretende se transformar em traficante legalizado,  um sonho que está cada vez mais próximo.

Seria estranho  que  esse  partido político que quer  no mercado das drogas seja contra ao mesmo tempo. O que aconteceu no dia 21/06/17 foi apenas uma encenação fajuta. Nóias e traficantes viviam em suas lonas, mas quando a reportagem da Globo fez uma matéria mostrando a sofisticação e os abusos no local, o partido que governa São Paulo por mais de  duas décadas supostamente resolveu agir.Ora, pegaria mal para dois candidatos a presidência  se não conseguirem  controlar uma rua pequena do centro de São Paulo. Como poderiam governar o país?

Tal como um câncer que se espalha,  a ação  do Estado e Prefeitura, ambos agora controlados pelo PSDB,  só fizeram isso  e nada mais. Agora pequenos grupos de zumbis se espalham pelas ruas centrais e  logo se tornarão grandes grupos novamente. E assim cada um se alimenta da unidade da diversidade, uns pela vida simplista que tenta sair da realidade sem nunca ter êxito e outros  ( a elite política) descobrindo como lucrar  e aumentar o seu poder com o evento.

A verdade é que o Estado e sua política pouco se importa com a vida de pessoas comuns, ainda mais quando são centenas ou até mesmo milhares de zumbis pobres que não  possuem esperança e nem perspectiva de vida, pois o próprio Estado que finge cuidar dos mesmos retirou e roubou isso deles.

A ajuda espiritual é negada, pois libertação  espiritual está relacionada mais ao movimento protestante do cristianismo, mas isso fere a unidade da diversidade, pois uma religião não pode se destacar mais do que as outras. Nada muda, a não ser as novas cracolândias que vão surgir. Se o atual prefeito de São Paulo, o Riquinho, acha que é só demolir prédios está muito enganado, pois se for ficar fazendo isso vai demolir o centro inteiro e os nóias mudam para os bairros….Vai demolir os bairros também?

 

http://www.correio24horas.com.br/detalhe/brasil/noticia/cracolandia-paulistana-so-mudou-de-lugar-diz-promotor/?cHash=9220683796142ff9943ebd6ff4b9b4e8

Do THC ao FHC

“K162. Se Ele decretar lícito o que desde tempos imemoriais fora proibido, e se proibir o que sempre se considerara legítimo, a ninguém é dado o direito de Lhe questionar a autoridade.”(Kitáb-i-aqdas – Baha’u’llah)

As leis do Kitáb-i-aqdas (Apocalipse 10 )  caem na terra e proclama a unidade da diversidade da nova ordem mundial de Baha’u’llah. São os governantes e demais políticos responsáveis  em propagar a mudança de comportamento, nesse caso o fim de toda forma de preconceito. O processo é lento, mas continua avançado para a legalização da maconha. Ora, o que é errado passa a ser certo e o que é certo passa ser o errado….

É provável que o bahaismo nem aprove o uso de drogas, mas a diversidade de Baha’u’llah penetra nos corações da humanidade independente da conduta moral dos povos e isso usando todo tipo de manobra absurda. O bahaismo é neutro e cada pessoa faz a adequação necessária conforme o grau de  avareza que possui no coração.

O THC iniciou a sua jornada alguns anos atrás. Naquele tempo  a ANVISA proibia o uso da cannabis de forma radical, mas nesse mês de maio/2017 tudo mudou e agora a importação de produtos para fins medicinais teve início. Os apelos dramáticos da mídia mostrando a bela e jovem mamãe de olhos verdes com sua filha necessitando do medicamento para sobrevier convenceu os nossos poderes legisladores da  “importância “ da causa.

A primeira pergunta que se faz é: Quem é a ANVISA? Ora, temos uma pessoa que se esconde em um nome de empresa jurídica atuando nesse processo. Considerando um país podre e atolado na corrupção como o Brasil, fica evidente que alguém do alto escalão dessa agência está recebendo por fora para dar o sinal verde aos medicamentos.

A primeira etapa do processo foi concluída com êxito, mas resta continuar indo de encontro a legalização não só da droga, mas do tráfico. O passo seguinte é estabelecer critérios  para diferenciar o usuário do traficante. Dessa forma, uma pessoa poderá ser considerada usuária portando x gramas de maconha.

O último passo unifica os fins medicinais e os recreativos, visto que o medicamento  é muito caro, os usuários das duas modalidades receberão o direito de plantar a sua própria erva. É aqui que entra a legalização do tráfico. Finamente os traficantes renomados  poderão sair da clandestinidade e parceria com o crime organizado para o mercado.

Não é por acaso que o ex-presidente FHC do PSDB luta bravamente para que essa causa seja aprovada pelos senadores. Seu alvo é o mercado de semente de maconha. E assim, o THC encontra o FHC…Para o Estado nada poderia ser melhor, pois os governantes pouco sem importam com a vida dos governados. O que querem de nós é extrair qualquer coisa que possa ser transformada em lucro. Se isso vai resultar em uma sociedade débil ou com várias doenças neurológicas causas pela droga, pouco importa.

Grandes laboratórios internacionais financiando campanha de políticos ou políticos em parceria com as grandes plantações de maconha como as que estão no Chile sedentos por sementes são o futuro  de uma sociedade perdida. Faltaria tempo para falar da máfia de médicos que podem abocanhar esse novo mercado de dependentes.

https://estudosdafe.wordpress.com/2008/12/05/o-livrinho-da-besta/

http://www.paraiba.com.br/2017/05/18/23409-maconha-e-reconhecida-formalmente-pela-anvisa-como-planta-medicinal

http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=45&data=08/05/2017

https://www.cartacapital.com.br/saude/cara-importacao-do-canabidiol-movimenta-a-fabricacao-caseira-do-remedio-de-maconha-6133.html

http://www.brasil.gov.br/saude/2016/11/anvisa-define-regras-para-venda-de-medicamentos-a-base-de-canabidiol

Transexual pode alterar gênero no RG, diz STJ

Resumo da notícia: “STJ decide que transexual pode alterar gênero na carteira de identidade –“A 4ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que os transexuais têm direito à alteração do gênero no registro civil, mesmo sem realização de cirurgia de mudança de sexo. Na decisão, o colegiado entendeu que a mudança do documento não pode ser condicionada apenas à realização de cirurgia, mas que deve levar em conta aspectos físicos e psicológicos…”

Assim como na legalização da marcha da maconha, os juízes sem juízo aprovam outro absurdo. Embriagados  no amor do cristo cósmico  Baha’u’llah contemplam a diversidade e não diferenciam mais o certo do errado, a verdade ou a mentira….As vozes dos sete vales  (Apocalipse 10 )  estão por aí ..vagando no tempo e espaço procurando a quem possa tragar.

Afinal, o que é o ser em sim? Sua subjetividade de fato é adaptável a vontade psíquica? De fato, na natureza  humana existe uma grande verdade:  Não somos capazes de ver a nossa própria aparência física . Só sabemos quem somos quando  olhamos em um espelho ou  tiramos uma foto.

Quantas vezes não incorporamos ao nosso caráter o estilo de personagens de filmes, um amigo, um professor ou outras pessoas.  E o tradicional alerta de um colega  dizendo que ficou algum  alimentos entre os dentes na hora do almoço?  Um colega pode alertar algo errado, mas os nossos juízes cegos de entendimento não.

Eles estão abrindo as portas do abismo da  perdição e fechando para a salvação. Uma identidade psíquica pode ser facilmente modificada por um  demônio. Muitas vezes o ser é o que pensa ser, por exemplo:  uma pessoa que fica dizendo o tempo todo que é um mendigo fatalmente se tornará um  ou dizer que é fraco fatalmente acontecerá.

É a fé ao contrário que acontece nesses casos, a fé demoníaca que opera no ser. Nesse caso temos uma travesti com o rosto totalmente feminino  e bem vestida  sendo usada como propaganda para conduzir ao abismo de duas formas.  A primeira para gerar mais travestis e a segunda para atrair a troca do natural do casamento (homem e mulher) pelo irreal (homem e travesti); mas sabemos que no mundo real travestis possuem dificuldade cognitiva e muitos são pobres.

O caráter cristão faz com que o nosso ser praticamente não exista e Cristo viva em nós  de uma forma que andamos como Ele e sentimos o seu caráter dentro do nosso ser:

“Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.”  (I João 2 : 6)

Não só isso, mas ao absorver o caráter de Cristo conseguimos nos purificar e vencer o pecado, ou seja, quando bater aquela voz na mente dizendo: Você será um travesti o Espírito de DEUS desvia do caminho do abismo e conduz para a luz da verdade dizendo: Não você é o que é, um homem, como deveria ser nesse caso. Triste é  ver essas almas sendo perdidas por uma reflexão ética da moral humana demasiadamente humana  –  um juízo sem juízo – cheio de erros e influências  malignas.

https://estudosdafe.wordpress.com/2008/12/05/o-livrinho-da-besta/

https://br.noticias.yahoo.com/stj-decide-que-transexual-pode-162900229.html

STF, marcha da maconha e a nova ordem mundial

É notório que a maconha faça muitos estragos em seus usuários. Doenças, pulmonares, perda de memória e dificuldade cognitiva são apenas alguns dos fatores, mas o STF resolveu ignorar esses fatos aprovando a tal marcha. Segundo esses juízes o Artigo 287 do código penal não pode ser interpretado no julgamento da marcha, pois nesse caso temos um  manifestações de liberdade de expressão e não um caso de apologia.

É apologia… e ponto final! Embora os presidentes brasileiros, seja LULA, FHC ou TEMER, estejam ligados aos traficantes, a droga ainda não foi legalizada.  A situação também não mudaria em nada se os presidentes e demais políticos brasileiros passassem a ser traficantes legalizados.  Se quem fornece a droga é um traficante legalizado ou não torna-se algo ilícito e por isso é apologia.

Apologia feita com discursos falaciosos que se escoram em um suposto bem medicinal para a aprovação pelo governo e que também serve para proteger os traficantes.  Percebe-se aqui a triste situação dos juízes do STF que além de libertar qualquer político corrupto também aprovam, mesmo que de forma  indireta, a legalização das drogas.

É comum entre os maconheiros cristãos (isso são eles que se consideram) defender o uso da droga através de versículos Bíblicos como esse:  “pois tudo que Deus criou é bom, e, recebido com ações de graças, nada é recusável” ( I Timóteo 4:4). O que também não se justifica, pois esse versículo foi tirado do contexto da proibição de alimentos e maconha  está longe de ser isso.

Diante desses fatos temos duas conclusões:  uma material e outra espiritual. Na material percebe-se  que esse juízes estão comprados pela corrupção e não julgam nada em nome da justiça e verdade. Na espiritual temos essas justificativas sem qualquer base jurídica ou Bíblica, pois somente um bando de malucos entorpecidos da realidade poderiam aprovar o uso das drogas . É aqui que entra a Ordem Mundial de Baha’u’llah.

Através dos seus sete vales (Apocalipse 10) ,o cristo cósmico da nova era vem tragando as pessoas na unidade da diversidade. Esses , quando tragados pelo amor de Baha’u’llah, não sabem discernir o certo do errado em suas mentes. Vejamos essa voz da unicidade entoada pelo rouxinol místico:

“…O viajante torna-se agora inconsciente de si próprio e de tudo além de si. Não vê a ignorância nem o conhecimento, nem a dúvida nem a certeza; não distingue entre a manhã da orientação e a noite do erro…” ( Sete vales:  Vale do Amor – Baha’u’llah ).

Acaso não é dessa forma que esses malucos estão agindo?

http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=182124

Aborto e o direito de decidir

Resumo da notícia: “Para 64% dos brasileiros, o aborto é decisão exclusiva da mulher. A pesquisa foi feita pelo IBOPE Inteligência em parceira com o grupo Católicas pelo Direito de Decidir (CDD)…”

Será que a matemática, nesse caso estatística, é sempre a verdade? A experiência empírica foi considerada? A coleta de amostras é compatível com a realidade da população? Parceria IBOPE e Abortistas…isso não soa como algo tendencioso?

A grande maioria da população não imagina que a notícia acima está relacionada com a ordem mundial de Baha’u’llah, nesse caso com o seu princípio de igualdade entre homens e mulheres. A dicotomia bahái surge não união dos opostos pela unidade da diversidade, ou seja, o bem e o mal unidos pelo mesmo ideal.

Na agenda feminista temos causas boas como a luta para diminuir a agressão contra as mulheres e as denuncias contra a exploração da mulher como objeto,  porém o lado ruim vem incluso na forma da agenda abortista. A síntese desse processo é o que chamamos de diversidade, pois o bem e o mal não podem deixar de estarem associados. Para os Baháis o conflito da dicotomia é apenas um processo de transição para a unidade da diversidade  denominado luz (999) e trevas (666).

Já do ponto de vista Bíblico a questão do aborto  seria resolvida  facilmente. Ora, relação após o casamento e concepção de filho desejada por ambas as partes resolveriam facilmente o problema do filho indesejado. Claro! Associado a um planejamento familiar, mas pelo fato da palavra de Deus ser algo simples existe a necessidade de normas éticas/morais complexas e humanas para analisar os vários tipos de abortos.

Não vamos generalizar os abortos, mas apenas refletir sobre a concepção irresponsável de um filho, também chamado de filho indesejado. Antes que a futura criança seja rejeitada pelo pai ou pela mãe é esse tipo de aborto que o movimento feminista “luta” para conquistar.

Uma espécie de lei do “ventre livre”, onde em cada gravidez acidental a futura mãe pode descartar e mandar sugar através de máquina o intruso (os) indesejado (os) quantas vezes quiserem, pois é esse o nome que as feministas dão para a futura criança.  E assim, a agenda feminista conseguiu manipular a opinião pública dando pulos de alegria a cada vez que um jornal sensacionalista qualquer mostrar um bebê achado no lixo e coisas do gênero.

Existe também a falta de conscientização por esse movimento dos riscos e do lucro para a máfia médica que está louca para abocanhar esse mercado “promissor”. Vejamos algumas:

1) Mesmo que seja pelo SUS, aumento de preços para os procedimentos se esse absurdo for aprovado. Ora, toda cirurgia é invasiva e causa conseqüência ao corpo que não são relatadas.

2) Problemas de ordem psicológica e psiquiátrica. Sentimento de culpa, tormento na alma pelo resto da vida,  desequilíbrio mental, transtorno bipolar são apenas alguns dos aperitivos para o aborto.

3) Sacrifício  indireto ao santanismo para Moloque ou outros deuses, por exemplo: na notícia publicada temos uma moça com a seguinte frase em um cartaz: “Seu machismo bate na minha pomba e gira”. É uma frase de duplo sentido é também pode ser entendida do ponto de vista espiritual, pois  conseqüência de relacionamentos instáveis aumenta o risco de gravidez. Já o machismo é qualquer ato de moral como os conceitos Bíblicos referente ao tema.

“E da tua descendência não darás nenhum para fazer passar pelo fogo perante Moloque; e não profanarás o nome de teu Deus. Eu sou o SENHOR.”  (Levítico 18 : 21)

Resumindo: Direito de decidir sem ao menos ter uma reflexão real das conseqüências não é direito e sim imposição de um grupo social na sociedade.

 

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica-brasil-economia/63,65,63,12/2017/04/04/internas_polbraeco,586120/64-dos-brasileiros-entendem-que-o-aborto-e-decisao-exclusiva-da-mulhe.shtml

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/