• junho 2018
    S T Q Q S S D
    « maio    
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930  
  • Anúncios

A lógica do futebol

Futebol é um jogo estúpido! Um bando de homens porcos e com pouco estudo correm atrás de uma bola para  ganhar um canecão ou taça. É um jogo cansativo de se ver, pois a maior parte do tempo os atletas ficam enrolando no meio de campo para fazer um gol, na maioria das vezes quatro gols e raramente sete. Fingimentos, trapaças, roubos, corrupção e interesses pessoais são os agentes motivadores.

Esporte sem lógica e razão, onde o time amador é profissional e o profissional amador. No início era jogado apenas por ricos do Morumbi em São Paulo, mas logo eles descobriram que é muito mais lucrativo manipular do que jogar.

Estima-se que o valor de todos os jogadores fique por volta de 40 bilhões de reais. A rede Globo detém o monopólio da transmissão no Brasil. Já a FIFA, deixou de pagar impostos faz um bom tempo, pois um certo ex-presidente da câmara chamado “michel temer”, aprovou um decreto em que  reconhece a FIFA  como uma empresa sem fim lucrativos. A FIFA não paga impostos e muito menos os jogadores.

A conta fica apenas para o povo que sempre é castigado com pacotes anti-democráticos e austeridades econômicas. Aquele batavinho, aquela tinta Suvinil e até as taxas abusivas dos brancos.A cota de lucro dos jogadores está inclusa  em muitas coisas que compramos. Se não bastasse o governo roubando  com impostos a FIFA  e seus jogadores também faz o mesmo.

A mídia tenta a todo custo despertar o espírito nacionalista do futebol, porém uma boa parte das pessoas estão cheias desses  jogadores canalhas . A bola da vez  é o “salvador  neymar”, um projeto de marginal da baixada santista que se não fosse jogador seria mais s um flanelinha que fica na orla de Santos ou um bandido ralé do PCC.  Em cada dez notícias da tal seleção brasileira 11 falam desse chato.

E quando esses burros analfabetos descobrem que aquela  top linda, seja ela atriz ou modelo só se casou por dinheiro. Ora, acaso seria por outro motivo? O jogador imbecil fica nervoso, sendo capaz de matar, sumir com o corpo ou dissolver em ácido sua ex-maria chuteira.

O fato é que a mídia, especialmente a rede Globo, investiu pesado para despertar o imbecil coletivo.  Músicas, entrevistas com os deuses do futebol e claro o jornalismo já bombardearam tanto o povo que mesmo antes da copa começar o desespero que fica é que acabe logo. Claro! Que essa tal seleção brasileira perca bem feio, de preferência de 7 x0 disputando o terceiro lugar, ficando em quarto.

Os jogados em grande parte nem são brasileiros mais  e jogam no exterior. Ora, sendo assim não existe nacionalismo algum, mas nem diante de tudo isso a rotina muda. Vai chegando o dia dos jogos e basta um doente fanático agir sozinho para despertar  o imbecil coletivo.  Calçadas de verde amarelo, fitinhas nos postes, calçada ou muro com a maldita bandeira do Brasil, carros com a bandeirinha e por aí vai…

O imbecil coletivo é o espírito da burrice. É buscar transferir o  sentimento de euforia  para as demais pessoas. Um ambiente falso de alegria  que tem como alvo a fuga da realidade, da reflexão e do raciocínio.

Para a ordem mundial de Baha’u’llah é o momento de despertar o sentimento de um mundo sem fronteiras, pois  os jogadores de todos os times em geral nem moram em seus países. Mas o que prevalece  sempre é o eurocentrismo.  E lá vamos nós para a tortura desses  jogos….

Anúncios

Feminismo, maconha e imigrantes

Na Espanha o primeiro-ministro Pedro Sánchez nomeou 11 mulheres e 6 homens com postos no seu governo. O jornalismo mundial apresentou essa notícia como um avanço na diversidade, muito diferente da realidade, pois se realmente existisse um igualdade entre homens e mulheres nesse principio da Ordem Mundial de Baha’u’llah, os números seriam mais equilibrados, algo do tipo 9 mulheres e 8 homens ou ao contrário .

O que se tem aqui é mais uma porta aberta para agenda feminista. Sua meta…ocupar aproximadamente 80% dos cargos de poder e deixar a maioria dos homens em estado de humilhação. A preferência é que muitos fiquem sem emprego e vivam na miséria.

Já no Canadá, o governo viu o potencial de venda da maconha. Uma vez legalizada o traficante se torna o governo local que  detém o monopólio das drogas. Embora, alguns jornais dizem que o governo está se preocupando com a saúde dos jovens nada poderia ser mais absurdo. O que importa aqui é o lucro e nada mais.

Com os imigrantes não acontece o mesmo. A maioria se tornam um empecilho para o país que recebe. Racismo, Eurocentrismo e protecionismo são alguns fatores que impedem o fim de fronteiras.  “Acabou o recreio, façam as malas e partam”, diz Salvini , ministro do interior da Itália, aos imigrantes. Ora, tal frase está muito longe do mundo sem fronteiras “profetizado pelo cristo cósmico  Baha’u’llah” ou seu filho como descrito abaixo:.

“Quando se perguntar às pessoas do futuro: “Qual a sua nacionalidade?”, a resposta será: “Pertenço à nação da humanidade. Vivo à sombra de Bahá’u’lláh. Sou servo de Bahá’u’lláh. Sou do exército da Suprema Paz.” Os povos do futuro não dirão: “Eu sou inglês, francês ou persa”; pois todos eles serão cidadãos da nacionalidade universal” ( Abdu’l’Bahá,  A Paz Universal)

A imigração não é lucrativa. Muito mais do que um avivamento espiritual, ela precisa se tornar algo que possa se ganhar dinheiro. Muitas ONGS ganham com isso, mas não é esse tipo de lucro e sim um universal.  O imigrante precisa ser economicamente ativo, mas para isso ainda é necessário criar uma Ordem Mundial portadora do Sinal, nome e número de Baha’u’llah (999). Como esse dia ainda não chegou, vamos continuar assistindo ao festival de xenofobia.

 

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/mundo/internacional/noticia/2018/06/08/senado-do-canada-aprova-lei-que-legaliza-maconha-342478.php

https://g1.globo.com/mundo/noticia/novo-premie-da-espanha-nomeia-gabinete-com-maioria-de-mulheres.ghtml

https://www.publico.pt/2018/05/29/mundo/noticia/hungria-preparase-para-criminalizar-o-auxilio-de-pessoas-e-organizacoes-a-imigrantes-ilegais-1832570

https://www.publico.pt/2018/06/05/mundo/noticia/acabou-o-recreio-facam-as-malas-e-partam–diz-salvini-aos-imigrantes-1833213

Aborto legalizado na Irlanda

Aproximadamente 66% dos irlandeses votaram pela legalização do aborto, antes disso a agenda gay também estava liberada por lá. Foram duas derrotas para o catolicismo, sendo que o aborto derrubou a oitava emenda da constituição irlandesa instituída pelo Papa João Paulo II em 1983.

Temos aqui duas manifestações da ordem mundial de Baha’u’llah. No  caso do catolicismo essa agenda política da diversidade não possui  um espaço significativo devido aos princípios cristãos que vão contra o aborto e o casamento gay. O que se tem nessa religião é o ecumenismo e  a diversidade religiosa. Para que os católicos se convertam ao bahaismo é necessário a manifestação da Rainha dos céus  que indicará a besta do abismo como seu filho.

Aqui está a habilidade do bahaismo : Ele consegue  presente tanto no mundo material como no espiritual.  Mas pelo que parece não foi apenas a vontade popular embriagada na unidade da diversidade. Como grande parte dos abortos da Irlanda são feitos na Inglaterra, é natural que a indústria  lucrativa do aborto  queria abocanhar esse mercado em seu próprio território.

Mas a indústria não se preocupa como o estrago que pode acontecer com as futuras mamães desistentes. Depressão, alucinações, sentimento de culpa e perturbações são apenas alguns dos sintomas causados por essa prática. Um peso que muitas carregarão até a morte.  Também temos o agravante espiritual, onde o sangue desses inocentes é oferecido a Moloque e sua estrela renfã, sendo essa a imagem de Baha’u’ll’há na forma da estrela de nove pontas.

O catolicismo possui uma falta de ética e uma história suja na Irlanda , por exemplo: em 1950 casais pagavam por adoção de crianças geradas por mães solteiras aos “santos padres”; e o que dizer do Papa João Paulo II? Esse  gostava de praticar o auto flagelo com várias  cintadas nas costas no final do dia. É provável que esses fatos históricos tenham enfraquecido o poder do Vaticano  e abriu as portas da diversidade.

 

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2018/05/27/sim-da-irlanda-ao-aborto-um-duro-golpe-para-a-igreja-catolica.htm?cmpid=copiaecola

A copa do mundo e sua alienação

Infelizmente aproxima-se mais uma copa do mundo. O futebol deveria ser apenas um esporte como outro qualquer, mas ele é um jogo em que nada se difere do que é praticado em cassinos e bingos, ou seja, visa apenas o lucro.

A pirâmide de dominação das massas pode ser classifica em governo mundial , local e a mídia.Para o governo mundial, mais especificamente a ordem mundial de Baha’u’llah a copa do mundo é uma oportunidade para tentar colocar os velhos princípios bahais como: o fim de fronteiras e de preconceitos, porém na prática nada disso tem acontecido durante todos os anos. Torcedores racistas e o preconceito contra os refugiados é o que mais domina.

O  governo local  se apodera do futebol de diversas formas. Loterias do governo federal e  construção de obras super faturadas pelo governo Estadual ou Federal são alguns exemplos. É durante a copa do mundo em que o governo, especialmente do Brasil, se sente mais tranqüilo para praticar a corrupção, pois a grande massa está totalmente distraída com o evento e muitos não tiram os olhos da TV aguardando o maldito gol brasileiro.

Mas nada é tão podre como o marketing esportivo. É ele que produz o ídolo do futebol. Independente do resultado, todas as copas teve um. Pelé, Romário, Ronaldinho, Ronaldinho Cara de Cavalo e agora Neymar. Não importa quem seja o imbecil o importante é que para o capital ele se torna uma máquina de fazer dinheiro:

“ Nesse tipo de marketing, os clubes de futebol, principalmente, utilizam os jogadores para vender mais e atrair mais torcedores aos seus estádios (Derzi 2005 p.27)

Quando   Charles Miller voltou da Inglaterra com o futebol e suas regras o jogo era praticado apenas pela elite branca de São Paulo. Não demorou muito para que esses homens fundassem os primeiros times como São Paulo futebol clube no Morumbi, um dos bairros mais nobres de Sampa. O ídolo não possui talento, pois qualquer burro com o mínimo de prática jogará melhor que esses jogadores, mas ele é  lucrativo, desde que se consiga  uma hipnose mítica na população  para que seja cultuado. Esse foi o pensamento dos primeiros cartolas.

Outros esportes não conseguem essa façanha. Isso acontece devido ao fato de serem mais instruídos, educados e inteligentes. Voley, Tênis e  Ginástica olímpica são alguns exemplos que jamais atingirão as massas.

Ora, o ídolo nada mais é do que uma pessoa pobre  (em geral sem educação, porco, sujo, ignorante e boca suja) que conquistou riqueza e poder. Ele viveu na lama como a maioria das pessoas. Dessa forma, quando  milhares de pessoas comuns vêem esse ser na televisão tendem a não só se identificar com ele, mas consumir tudo aquilo que o ídolo indica.

A narração ridícula do Galvão Bueno, as constantes fofoquinhas dos jogadore, as  belas modelos, as belas  atrizes que celebram contrato de namoros lucrativo, suas mansões e seus carros cooperam para que ó ídolo esteja sempre evidencia.

“ A mídia de massa atinge milhões de pessoas. Com isso, ela possui o poder de influenciá-las na sua maneira de agir e pensar “( CHARAUDEAU, 2006).

Sem dúvida  a mídia é responsável pelo fanatismo, pela violência e pelas mortes deste esporte. Basta usar o rei do futebol ou uma praga de um ” neymar”  colocando uma estrela de nove pontas na fronte da mão ou da testa que  os fanáticos e doentes torcedores farão o mesmo para ficarem semelhantes ao seu ídolo.

https://jornalggn.com.br/fora-pauta/a-paixao-do-brasileiro-pelo-futebol-e-a-manipulacao-da-midia

http://www.uefa.com/insideuefa/social-responsibility/news/newsid=2134841.html

http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/viewFile/1650/1721

Pantera Negra, o Filme

Resumo do filme: É apresentada  a história de Wakanda, cidade fictícia na África  onde caiu um meteoro contendo vibranium.  Esse metal precioso é o que dá poder bélico e tecnológico para a cidade. Os moradores de Wakanda se disfarçam de simples fazendeiros e pobres para que as demais nações não descubram e nem usem o vibranium. Indignado com essa posição, o vilão do filme tenta usurpar o reino e se apoderar das armas para iniciar uma grande revolução mundial para a raça negra oprimida. Já o Pantera Negra rei de Wakanda prefere  a diplomacia via ONU. Isso é motivo das lutas e de toda a ação do filme. O poder do Pantera Negra foi dado pela deusa Baset.

A África seria um país rico e poderoso, mas infelizmente sua riqueza, especialmente os diamantes, são negociados por vários povos, especialmente os europeus (França, Alemanha, Inglaterra…), por esse motivo e outros do mesmo tipo, infelizmente não possuem nada de material para a nova ordem mundial, mas em termos espiritual o vibranium pode ser representado no mundo real pela arca da aliança. Não a Bíblica, mas um artefato mágico escondido na Etiópia de grande valor para a retirada dedo cristo cósmico Baha’u’llah do abismo.

Pantera Negra é um filme chato, mas a estratégia do capital em sua divulgação permitiu que lucrasse muito transformando a diversidade de Baha’u’llah em lucro. Não se fala nada de diversidade, não expõe as dificuldades da raça negra em enfrentar o racismo. O mesmo acontece com outros filmes como a Mulher Maravilha e Tomb Raider, ou seja, a luta por direitos se transforma em um mero conceito vago  e lucrativo de diversidade em uma industria cultural moderna. O filme também tem suas cenas racistas. O rei de uma oura tribo emite sons com a boca semelhante aos macacos.

Assistimos no mundo moderno uma certa supremacia do capital em relação ao socialismo. O filme faz uma alusão ao Partido dos Panteras Negras criado na década de 60 e extinto na década de 80. Um movimento que por fim tentou implantar uma espécie de poder negro pela força. O vilão do filme faz algo semelhante.Mas na vida real eliminar uma dessas dialéticas é praticamente impossível, pois ao capital cumpre o papel de oprimir e implantar planos de austeridade ao povo, por outro lado, e por mais que uma revolta popular seja apartidária, as centrais sindicais tendem a se apoderar delas.

E por fim, Wakanda acaba se transformando em um ícone para a África dentro da ONU, porém para que a África faça parte do Conselho de Segurança surge a necessidade de uma reforma, mas desde  a segunda guerra mundial os países vencedores jamais abriram mão do poder que possuem.  A cada ano que se passa fica mais evidente que a reforma da ONU precisa de magia e o vibranium da Wakanda na forma da Arca da Aliança para convencer os donos do mundo. Claro! Com uma ajuda da deusa Baset, mais uma da personificações da Rainha dos Céus no antigo Egito.

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2008/11/21/artefatos-magicos-a-arca-perdida/

http://www.egitoantigo.net/bastet-deusa-egipcia.htm

http://www.purebreak.com.br/noticias/filme-pantera-negra-supera-titanic-e-se-torna-a-terceira-maior-bilheteria-da-historia/71494

Os perigos do empoderamento

Esse lindo prédio que pertence a ONU  é o local de onde saem  os raios da unidade da diversidade da ordem mundial do cristo cósmico  Baha’u’llah para o mundo inteiro. Compete aos baháis implantarem, nesse caso a igualdade entre homens e mulheres,  a qualquer preço.

“…O discurso sobre o empoderamento das mulheres deve ir além da mera preocupação com a participação das mulheres na vida econômica da sociedade, por mais importante que seja, e procurar liberar as vastas potencialidades das mulheres para o progresso do mundo… “O desenvolvimento da capacidade deve preocupar-se com todos os aspectos da existência humana…”

O texto acima foi extraído de um site dos seguidores do cristo cósmico Baha’u’llah. Em parte , os Bahá’is  costumam tentar praticar o princípio do cristo cósmico de igualdade entre homens e mulheres, porém o empoderamento feminino é fundamentado muito mais na teoria.

A instituição máxima da comunidade Bahá’i A Casa Universal de justiça e Guardiania , instituição que a cada dia se assemelha com a apocalíptica besta de dois chifres, só pode ser formada por homens. Ora, o que diremos do resto da sua nova ordem mundial? O futuro executivo mundial também será homem!

O conceito bahái de  empoderamento como igualdade total entre homens e mulheres sai  atropelando tudo que esteja na frente, até as diferenças biológicas do corpo.  Não se limita a igualdade de salários, empregos…Dessa forma, como tudo no bahaismo é uma equação dialética de  paz  (999) x tribulação (666), onde a síntese é essa variação de diversidade chamada empoderamento, cada um interpreta como quer.

Em um post anterior [1] vimos que os filmes colocam em igualde homens e mulheres nas cenas de brigas. E na vida real algo terrível está acontecendo que a taxa do  feminicidio. Segundo o estudo do Atlas da Violência de 2017 o aumento em 2015 superou toda a década anterior analisada. Os pior  índice está no Maranhão com um aumento de  124,4% durante o período analisado.

Qual a origem desse aumento? É justamente essa igualdade, dessa forma os índices continuarão aumentando  até que a morte entre homens e mulheres estejam iguais.  Claro! Com a ajuda do Estado  (seja ele PSDB, PDM ou PT) que não faz nada a não ser gastar dinheiro com propagandas superfaturadas e inúteis na TV.

Muito diferente do bahaismo, o cristianismo teria uma solução para isso:

“Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.”  (I Pedro 3 : 7)

Porém, reconhecer a mulher como uma pessoa delicada e sensível é praticamente um pecado contra a unidade da diversidade da Nova Ordem Mundial de Baha’u’llah.

http://news.bahai.org/story/1243/

[1] https://apocalipsetotal.wordpress.com/2018/03/02/quando-a-igualdade-de-genero-passa-dos-limites/

http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13104.htm

https://www.pstu.org.br/aumenta-feminicidio-entre-as-mulheres-negras/

 

 

O Oscar da diversidade

“Tanto mais que, por ser dado ao vinho é desleal; homem soberbo que não permanecerá; que alarga como o inferno a sua alma; e é como a morte que não se farta, e ajunta a si todas as nações, e congrega a si todos os povos.”  (Habacuque 2 : 5)

Congregar todos os povos em um abraço universal e abrangente. De fato, essa é a meta da ordem mundial de Baha’u’llah; porém ela não tem encontrado muito espaço na política. A única solução foi transformar a estética do belo artístico em diversidade como acontecer na premiação do Oscar.

‘A forma da água’ foi o filme que mais ganhou estatuetas em 2018 (4). A história passa na década de 60 onde uma moça muda se apaixona por um monstro marinho. Analisando do ponto de vista racional, o conceito de belo dos críticos parece oscilar na multiplicidade de interpretações possíveis para esse romance como: 1) Os amores impossíveis, 2) O amor de diferente raças na unidade da diversidade e outras coisas do tipo. Espiritualmente falando parece mais um condicionamento grosseiro para a aceitação da existência de aliens ou relacionamento com demônios.

A diversidade é como a morte que nunca se farta, por isso estava presente em outros momentos e abordando os seus temas como: A imigração (Alfonso),  o empoderamento feminino na voz Kimmel quando diz que as mulheres preferem sair com peixes, pois os homens andam muito equivocados (uma piada, mas com uma mensagem séria), não falto o momento dos travestis no filme  “Uma  Mulher Fantástica”. Opss! Agora é mulher trans….

E claro para alimenta ainda mais o racismo os jornais  não deixaram de falar do premio ao ator Jordan Peele, o primeiro negro a ganhar. Essa é uma das formas mais racistas que existem  e que passa de forma descoberta. Pessoas  da raça negra são vistas como algo inédito em suas ações. Tipo um animal que aprendeu a falar a língua dos homens e ainda está evoluindo.

Em síntese, fim das fronteiras, fim de toda forma de preconceito, empoderamento feminino…tudo isso são alicerces da nova ordem mundial de Baha’u’llah que esteve na boca de todos durante a premiação.

“Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.”  (I João 5 : 19)

https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/oscar/2018/noticia/a-forma-da-agua-e-grande-vencedor-do-oscar-2018-em-noite-dividida-e-com-feitos-ineditos.ghtml

Quando a igualdade de gênero passa dos limites

“E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.”  (Apocalipse 10 : 10)

De fato, a ordem mundial de Baha’u’llah possui esses dois lados, ou seja, em um momento ela pode ser doce e em outros amarga. É um sistema de governo que não possui um equilíbrio devido ao distanciamento da verdade Bíblica que é comum nas mais diversas religiões, mas no bahaismo é mais especial, por ser a única religião em que um líder possui todas as características da Bíblica besta do abismo.  Aqui temos mais um exemplo dividido em duas partes:

Recentemente, a Arábia Saudita, país que não permite que uma mulher possa dirigir, começa a mudar de posição. Pelo noticiário que chega até nós parece que agora isso é permitido. Não  só isso, mas também assistir aos jogos.  Chega a ser ridículo um país no século 21 ser tão atrasado. Aqui temos um direito inato das mulheres que foi devidamente reconhecido.

Mas saindo do doce para o amargo…Um tipo de cena nos filmes que está ganhando a cada dia uma nova versão. são as “heroínas” . Tudo começou de uma forma bem tranqüila…aos poucos foram apenas assumindo o lugar dos homens nas decisões, depois alguns tapas na cara….

Agora é de igual para igual. Bateu…levou, especialmente nos filmes da Marvel ou Dc Comics! Mulher Maravilha,  Alice Resident Evil  (Milla Jovovich ) , Viúva Negra (Scarlett Johansson) …A lista não tem fim. Abaixo temos um exemplo desse tipo de cena com  Skye ou Daisy (Chloe Bennet) que  é uma agente da SHIELD. Ela começa como hacker, mas vai se especializando tanto na luta como nos seus poderes aliens. Aqui  ela está  em igualdade com um homem azul (A série fala muito de Aliens.), mas o mesmo acontece com qualquer outro.

É interessante observar que esse empoderamento não cria uma masculinidade nas atrizes, muito pelo contrário todas são muito belas, sensíveis, delicadas e femininas, mas nem por isso deixam de lutar. Frágil? Nem pensar!!. A agenda feminista vem camuflada. Seriam os homens monstros (Ets) que precisam ser submissos e se curvarem ao poder supremo do feminismo?

Quanto tempo isso vai demorar para acontecer no mundo real? Talvez em um futuro não muito distante teremos luta livre entre homens x mulheres , travestis x mulheres x travestis x homens e por aí vai. Bom… esses são os primeiros raios da diversidade da ordem mundial de Baha’u’llah…É olho por olho..Bateu levou:

“62. Se alguém intencionalmente incendeia uma casa, queimai-o também; se deliberadamente tira a vida de outrem, matai-o. Firmai-vos aos preceitos de Deus…” (Kitáb-i-aqdas- Baha’u’llah)

 

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/07/31/os-principios-sociais-da-nova-ordem-mundial-%e2%80%93-parte-4/

https://br.noticias.yahoo.com/princesa-saudita-diz-direito-das-mulheres-vai-poder-225313517–spt.html