• maio 2021
    S T Q Q S S D
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  

Aforismos em tempo de pandemia

…existiu um tempo em variante era apenas a versão sedan da Brasília e Spike era apenas um vampiro ruim que ficou legal…

Sob os prefeitos: Vote em um prefeito moribundo  e apodrecido que se tem uma cidade moribunda  e apodrecida.  “Ah! Pelo menos não é Pe teeee nehhh “, diz a classe média alta rica de São Paulo.

Receita infalível para um a variante de coronavirus: Um feriado,  um dia de sol, uma praia lotada, misture pessoas vacinas com pessoas que não tomaram vacinas e uma boa dose de assintomáticos. Deixe esfriar e traga todos para a capital de São Paulo durante o outono e inverno…

Do bolsonarismo: Pior que o coronavirus e ódio que se espalhou no último manifesto pró-governo.

Para um Funcionário da saúde estressado e depois de 24 horas de plantão  vacina é tudo igual.

Dos governos Estaduais: Na pandemia o palácio vira palanque. O lote de vacina  transforma-se em votos. A dose aplicada se transforma no futuro  jacaré esperado, especialmente quando o governador não toma vacina.

O Estado paga tanto  para as Organizações $ociais de $aúde  que a calça apertada fica larga.

Das celebridades vacinadas : Bill Gates tomou!  Biden tomou! Regina Casé tomou! Mas ainda falta o pato Donald…

O dinheiro das vacinas: Antes da pandemia os governos não tinham dinheiro, mas de forma repentina apareceram bilhões de reais, mas a calça continua apertada.

Ser paulista é: Um prefeito do PSDB, um governador do PSDB, uma procuradoria geral do PSDB, pedágios do PSDB, maioria esmagadora de vereadores do PSDB….Tudo é uma questão de glamour para quem tem um zero a mais no salário.

Da religião: A cura vai desde o grão de feijão de Valdemiro Santiago a um telefonema  para o Missionário RR Soares (ele mesmo não atende ninguém só o presidente claro) . Os casos de infecção e morte aumentam tão quanto suas contas correntes

Da imprensa: Fica difícil considerar a pandemia como algo sério na TV GLOBO! Os apresentadores vão desde um que parece receber cócegas invisíveis no traseiro (sempre rindo) ao boneco do Toy Story sem chapéu.

Um problema para a medicina: O paciente X  tomou a vacina A e depois a vacina B. Voltando ao posto só tinha a vacina C, mas depois chegou A, porém ele tinha tomado A. Ele deve tomar a vacina C , sabendo-se que chegou a vacina b? ou deve começar todo o tratamento novamente esperando a vacina A? Mas nesse intervalo chegou a vacina D.

O obscuro: Tudo obscuro! Quanto tempo dura a imunidade? O que acontece se tomar uma dose do fabricante a e outra do B? Uma dose quando deveria ser duas? Injetar apenas ar? Usar a mesma agulha até o fim do frasco? Quem é o grupo de risco? A vacina capitalista é melhor que a comunista?

A vacinação: Hoje é primeira dose para  62,3+  , amanhã 62,4+  e depois 62,7+. Pare tudo! Chegou outro grupo de emergência. A segunda dose fica para terceira remessa que virá daqui quatro meses.

Da manifestação pro bolsonaro: Pelo fim do isolamento, pelo fim das máscaras e acima de tudo pelo direito de transmitir vírus ao próximo. Bala mata mais rápido que o vírus! Ódio acima de tudo!

A verdadeira política : Chegar ao poder  é privatizar tudo, engordar a conta corrente na Suíça  e dividir com os colegas do partido, mas aí surgiu a pandemia….

%d blogueiros gostam disto: