Maconha já está pronta para a venda…

…Pelo menos é isso que acontecerá no Uruguai no dia 19 de Julho de 2017.Uma conquista histórica para a America Latina após muita luta. O primeiro passo foi autorizar o uso da maconha para fins medicinais. O segundo passo foi cadastrar as farmácias que vão  fazer a revenda e finalmente o terceiro….legalizar o tráfico de drogas, pois agora o principal traficante do Uruguai é o próprio governo.

Vivemos tempos de decadência moral e social, onde as condutas mais absurdas são consideradas normais. Mesmo diante de uma argumentação cientifica que apresenta os males que a maconha faz (esquecimento, intoxicação pulmonar, delírios, confusões mentais…). No caso a confusão mental deixou de ser um sintoma e passou a ser considerada “fim recreativo”.

É muito fácil se viciar e usar mais do que as 10 gramas por semana autorizadas pelo governo. Ora, basta estocar por  alguns meses que o maconheiro terá um estoque sempre pronto. O governo e as farmácias lucram, mas  por outro lado o usuário( o verdadeiro palhaço) vive apenas um estado de euforia do qual vai pagar caro por umas gramas da erva. Sonho de qualquer governante!

Infelizmente essa é  a unidade da diversidade atuando no país vizinho. Para consolidar esse princípio a data escolhida foi o dia 19, numero sagrado para os seguidores do cristo cósmico Baha’u’llah. A sua ordem mundial vem mudando o destino da humanidade através de suas leis que transformam o ilícito em ilícito, o injusto em justo e por aí vai:

“162. Se Ele decretar lícito o que desde tempos imemoriais fora proibido(…) ninguém é dado o direito de Lhe questionar a autoridade. Quem vacila, por menos de um momento que seja, é considerado transgressor…” (Kit-ab-i-aqdas- Baha’u’llah)

Ao contrário do cristianismo, as ovelhas do cristo cósmico Baha’u’llah caem a cada dia no abismo da perdição, pois a doutrina da salvação é excluída em nome da diversidade:

“Porque, eis que suscitarei um pastor na terra, que não cuidará das que estão perecendo, não buscará a pequena, e não curará a ferida, nem apascentará a sã; mas comerá a carne da gorda, e lhe despedaçará as unhas.”  (Zacarias 11 : 16)

O Kitáb-i-aqdas é a carta magna da nova ordem mundial de Baha’u’llah. Doce na boca e amargo para o ventre. A diversidade faz coceira nos ouvidos atrai e seduz os habitantes da terra, mas quando aproximamos da verdade bíblica vemos o tão quanto é amargo o caminho da perdição:

“E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.”  (Apocalipse 10 : 10)

http://www.elpais.com.uy/informacion/farmacias-venta-marihuana.html

http://operamundi.uol.com.br/

https://estudosdafe.wordpress.com/2008/12/05/o-livrinho-da-besta/

 

Anúncios