Olavo de carvalho & Satanás

“Trabalharia junto com o Zé Antonio Satanás da Silva, se for preciso. O que a gente não faz pelo Brasil?” ( Olavo de Carvalho para o Jornalista Ricardo Senra (BBC).

Talvez Olavo não tenha refletido na profundidade de sua frase e nas  conseqüências metafísicas  dela. O Filosofo dono do site Mídia Sem Máscara a cada dia tem conseguido grande espaço no jornal da BBC que também está produzindo matérias mais filosóficas. Reinado Azevedo, Movimento Vem Para Rua,  uma série de articulistas do seu site, Movimento Brasil Livre e o Cantor Lobão são apenas alguns exemplos de sua cria que a cada dia se reproduz aos montes.

Sua filosofia, confesso minha ignorância Socrática, parece caminhar pelo pânico de esquerda, onde tudo que for perigoso ao Estado só pode vir desse lado. Injustiças  apartidárias como a reforma da previdência ou a lei de terceirização são assuntos que nem sequer são comentados em seu site, seja por articulistas ou não. A direita sabe o que é melhor para nós?

Em síntese o fascismo neoliberal é formado por várias camadas de direita, mas o que todos tem em comum  é a manutenção de dois  lados importantes, são eles: A aristocracia política e a empresarial. Nós como ralés mortais temos que nos adaptar e sacrificar para satisfazer os desejos egoístas de ambos os lados.  Para eles, e isso em um sentido bem aristotélico, é de nossa “natureza “nascer apenas para pagar impostos e taxa para o sustento da burguesia até a morte.

Essa frase exemplifica bem esse relacionamento. Não é minha, mas do filósofo Rousseau: “…O rei,longe de prover à subsistência de seus súditos, apenas dele tira a sua e, de acordo com Rabelais, um rei não vive com pouco. Os súditos dão, pois, a sua pessoa sob a condição de que se tomem também seus bens? Não vejo o que lhes resta…” (Contrato Social – IV)

Qual é o perfil dos governantes ou reis  atuais ? Um homem velho,  ridículo e que não se toca que o tempo passou, mas gosta de se exibir como  premio uma esposa que poderia ser sua neta!Também temos políticos que amam a prostituição de luxo (ênfase para as dançarinas desses programas de auditório), por outro lado temos os banqueiros e as grandes empresas globais que trabalham com a lei de oferta e demanda. Alguém tem que pagar isso e a ênfase no momento é desviar o dinheiro da previdência para bancar suas  orgias  e depravações no melhor estilo do imperador Calígula.

O ser humano não tem limites para consumir,  dizem os economistas da escola de Keynes, por isso compete a aristocracia política e empresários reterem  os excessos do povo na forma de pacotes de austeridades, entende-se aqui como o mínimo necessário para a sobrevivência.

Ora, são esses pacotes que estão criando um rastro de miséria sem fim no país. Pensando nisso Olavo  de Carvalho resolveu apoiar o projeto de Eduardo Suplicy do PT relacionado a  idéia da renda básica da cidadania, onde todos os Brasileiros receberiam uma renda mínima para sobreviver.

Olavo achou a idéia boa. De fato quanto vista de forma superficial é, porém para ser implantada requer um nível de miséria alarmante e para isso estamos assistindo esses pacotes de austeridades que apenas vão gerar mais crises. O ato de comprar e vender com assistência do governo ao povo tende a ser controlado e de fato poderá rodar a economia, mas para bancar isso é necessário um governo global.

É aqui que entra a Ordem Mundial de Baha’u’llah e os princípios da sua economia divina. Sim ! Tal como em Apocalipse capítulo 13  existirá o sinal, nome é numero de letras no nome do cristo cósmico, mas dentro disso estão os princípios econômicos de tentar diminuir a  miséria  mundial causada pelo fascismo neoliberal.

Bom…é isso aí! Se o Olavo topou trabalhar com Satanás esse é o plano. Sucesso para ele! Se bem que ele já e um servo de Baha’u’llah, pois acredita na conversão da Rússia ao Imaculado Coração da Rainha dos Céus, mesma entidade que deu poder a Baha’u’llah na antiga Pérsia. M breve  e se estiverem vivos, seus cooperadores ouvirão a melodia do rouxinol místico espiritualizando a política:

“…O mundo agoniza e sua agitação aumenta dia a dia. Sua face inclina-se para a desobediência e a descrença. Tal há de ser seu dilema que não seria apropriado ou conveniente revelá-lo agora. Sua perversidade continuará por muito tempo. E quando chegar a hora marcada, aparecerá de súbito o que fará tremerem os membros do gênero humano. Então, e somente então, será içado o Estandarte Divino e o Rouxinol do Paraíso cantará sua melodia…” (Shoghi Effendi – A ordem Mundial de Baha’u’llah).

http://eduardosuplicy.com.br/renda-basica-de-cidadania/

http://www.bbc.com/portuguese/brasil-39534882

Anúncios