A diversidade e a igreja

Ouve um tempo em que a igreja poderia ser descrita como na  Epístola do Apóstolo Paulo enviada a Tito no capítulo 2. A pregação era para todas as pessoas. Homens, mulheres, jovens, casados, solteiros…não importava sempre tinha algo direcionado para cada tipo de pessoa e problema, mas tudo feito dentro da unidade cristã.

Porém, no dia 11 de Setembro de 2001 as coisas mudaram. Se no ocidente ocorreu o famoso atentado ao WTC no oriente foi inaugurada a cúpula do santuário do Báb, fundador do babismo que anunciou a vinda de Baha’u’llah. E assim, tivemos dois atentados, um para o início da nova ordem do iluminismo, onde se derramou muito  sangue e outra a reflexão ética da diversidade  sem sangue.

Os princípios de Baha’u’llah rapidamente se espalharam pelo mundo e dentro das igrejas. Aqui temos mais um exemplo do seu principio de igualdade entre homens e mulheres. A cada dia várias igrejas criam culto especial apenas para mulheres e em muitos casos um  homem é severamente proibido de entrar.

Estranho esse conceito Bahá’i ! Quando pensamos na palavra “ “Igualar “-  ou nesse principio Baha’i chamado igualdade entre homens e mulheres –  imaginamos algo sendo colocado no mesmo nível, mas o sentido no Bahaismo está relacionado a palavra “superar” . Mas não superar como vencer em uma barreira, mas se colocar acima de algo. Um jogo de linguagem perigoso e sedutor no qual abre as portas da apostasia  para essas igrejas e seus apóstolos  e bispas fajutas. Sim! No futuro o masculino não prevalecerá na concordância nominal e sim o feminino.

Não quero com isso dizer que não existe lugar para as mulheres dentro da igreja, muito pelo contrário tivemos grandes mulheres descritas na Bíblia. O que quero dizer é que as portas do inferno se abrem na forma da diversidade e rapidamente essas líderes serão seduzidas pelo autoritarismo em seus corações.

Sim! Mais uma besta quadrada. Entende-se aqui por esse termo pessoas que ascendem no meio da multidão agitada. Elas destacam pelo seu modo de pensar, nesse caso pelo dinheiro que possuem; e  se tornam um padrão a ser seguido por massas humanas que não pensam. Elas ficam no seu pedestal egocêntrico de glória e bem acima dos mortais comuns.  A besta quadrada pode estar na igreja católica ou evangélica, na liderança das manifestações de direita ou esquerda e em outros seguimentos.

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: