• novembro 2016
    S T Q Q S S D
    « out    
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930  

Templo Bahá’i no Chile é aberto com grande significado esotérico

o-sol

No alto da Cordilheira dos Andes nasce a Flor de Lótus, o Lótus divino. Podemos comparar o renascimento da nova era não somente como a flor esotérica, mas também um ovo. Um ovo que espera o despertar da nova era, onde a melodia do rouxinol místico sairá do local mais alto do Chile para espiritualizar corações e mentes. Nem mesmo Salvador Dali poderia descrever esse mundo dos sonhos tão bem.

O local é cercado de verde e dita as regras para o novo tempo. Um mundo de consciência e paz ambiental. O lótus divino observa tudo do alto e no seu topo está a estrela de nove pontas que aguarda em silêncio o momento em que descerá dos céus e habitará nos corações dos homens, não só em seus corações, mas na fronte de suas testas e mãos. E assim, a terra iniciará a sua jornada mística para a reconstrução do paraíso na terra onde somente os iniciados na unidade da diversidade poderão apreciar a economia divina tão cuidadosamente elaborada por Baha’u’llah.

Para esse primeiro contato de iniciação nos mistérios menores do bahaismo foram convocados os povos indígenas da America, pois eles são os mensageiros da nova sociedade, a meta final de sustentabilidade que a economia divina verde de Baha’’u’llah deverá iniciar a sua jornada.

Saindo da descritiva romântica para a realidade dos fatos… O templo Bahá’i foi inaugurado no dia 19 e esse número tem muita sabedoria mística e esotérica que em alguns pontos depara-se com a Bíblia.

O 19 tem muito significado para o Bahaísmo, entre eles um dos mais importantes é a mudança do calendário com 19 meses que vai direto com a profecia de Daniel (7:25). Podemos separar o 1 e o 9. O um representa a unidade da diversidade e o nove o número de Baha’u’llah. O nove também é a trindade esotérica envolvida no seu nome número e letras do seu nome, onde temos o 999; porém como vemos aqui no Brasil e no mundo a ordem mundial de Baha’u’llah está um verdadeiro fiasco. No caso do nosso país a ditadura neoliberal fascista do capital está pronta para devorar nossas vidas, tirar nossos sonhos e esperanças, mas para o bahaismo isso é apenas a inversão da tríade, onde temos tempos de tribulação (666).

Se todos os caminhos levam a Roma, muito mais Baha’ullah, pois todas as religiões levam para ele. O templo é um símbolo do ecumenismo futuro, um local para os seguidores de todas as religiões. Cada uma o adora de uma forma. No caso desse post vamos analisar alguns mistérios do cabala e do tarot que buscam uma fragrância do cristo cósmico através do número 19..

A arvore da vida na cabala consegue unir o inútil ao desagradável, pois em alguns momentos ela lembra a besta de 10 chifres que é o reino do anticristo e o oitavo rei regido pelo número 9 que é a besta do abismo e sua unidade da diversidade. Suas palavras em hebraico significam : MALKUTH = Reino, YESOD = Fundamento, HOD = Glória, NETZACH = Vitória, TIPHARET = Beleza, GEBURAH = Julgamento, CHESED = Amor, BINAH = Inteligência, CHOKMAH = Sabedoria, KETHER = Coroa. Dessa forma o numero 19 surge quando o 10 e decomposto em 9 e 1. .

Essa decomposição dos extremos (1 e 9) mostram como essa nova ordem mundial é instável e insegura. Anos atrás esteve no auge aqui no Brasil e hoje vive um verdadeiro momento de desgraça no reinado de “temer” estando na mais profunda lama.

O conceito de negativo (666) e positivo (999) também está presente nos números 1 e 9. O 1 representa a unidade e a tirania, o 9 dinamismo e a dissipação. E como podemos observar pelas notícias a ordem mundial de Baha’u’llah está toda dissipada e sem rumo, pois os novos governantes a consideram um verdadeiro lixo.

Porém, o velho tarot ainda tem esperança que os mistérios de suas cartas se realizem. O 19 representa o sol, ou seja, o sol místico do cristo cósmico iluminando as consciências. Uma iniciação que vem desde os tempos do Egito em busca do prometido.

Na primeira carta lá esta Baha’u’llah na forma de um sol e como oitavo rei. Ele reina sobre os habitantes da terra aprumando os sete caminhos das religiões, ou seja, temos aqui as sete cabeças da besta do apocalipse sendo guiada pelo oitavo rei. Esse promete uma agricultura forte em seu governo.

Observe a segunda carta. Temos dois garotos tentando se firmar em um solo. Se imaginou a besta de dois chifres que é a besta da terra aqui….Acertou! Já na segunda eles estão em algo parecido como o mar. As gotas d’ água sobem ao céu em busca de mais água, ou seja,mais agitação. Em outras palavras temos a Besta de dois chifres que é o governo espiritual sobrepondo a besta de 10 chifres ( a besta do mar) que o reinado material.

Na última satanás caprichou na sua mensagem e remete diretamente a abertura do selo em que sai o cavalo branco (Apocalipse 6 : 2). Claro que jamais ele revelará isso aos seus seguidores do tarot. Para eles O cavalo representa a paz, a chegada da era da primavera da humanidade regida pelo número 21 de seus raios solares. A renovação espiritual em que a humanidade batizada com o falso espírito santo se sentirá como uma criança renovada cavalgando e levantando novamente a bandeira na esperança de construir um mundo socialista, onde os governantes não serão corruptos. Quanta utopia!

http://templo.bahai.cl/en/