O retorno dos maçons

A nossa investigação tem como função compreender melhor o papel da maçonaria no novo governo que se forma e sua participação ligada ao capital, estado, política e nova ordem mundial.

Iniciamos conceituando o papel do Estado. Ora, nada melhor do que fazer isso no dia de hoje, suposto dia da independência (07/09). Basta assistir aqueles insuportáveis desfiles…eis aí a função! Um poder militar para punir, vigiar, arruinar e devastar vidas que não aceitam os planos austeros do PMDB para o povo.

Já o capital limita-se a concentrar no investimento corrupto que já conhecemos bem, por exemplo : obras superfaturadas em rodovias que nunca e terminam ou o famoso monotrilho do PSDB (o elefante branco da copa) em São Paulo que também é um exemplo. Para isso ele precisa da ajuda do Estado (do seu poder militar e jurídico), por isso não foi por acaso que no dia de hoje o baixinho temer esteve ao lado de um juiz do STF. Claro aproveitou para ostentar sua miss. Ops ! “esposa”. Esse sabe ser ridículo! Mas como diz um animador de programa: “ Nas ruas e no auditório as pessoas fazem tudo por dinheiro”.

A política surge na forma de ética e conduta moral, mas que são totalmente amorais, pois trata-se de tramites políticos  (leis feitas pelo legislativo) que facilitem a distribuição corrupta do capital estrangeiro no país.

Chegamos agora na maçonaria. Seu papel não poderia ser diferente, ou seja, abocanhar uma parte dessa política capitalista agressiva cooperando com o Estado mínimo. Entende-se estado mínimo um governo que não faz nada a não ser distribuir a riqueza do país com empresários nacionais e internacionais deixando o povo no sofrimento e miséria. Claro, destruindo todo o funcionalismo público.

Os fatos históricos não mentem. Vejamos o que ocorreu durante a libertação dos escravos. Depois de muitos anos os antigos fazendeiros se tornaram empresários e perceberam que a nova forma de escravidão abrangia grande parte da população e de quebra não tinham despesas com alimentação, por exemplo. Naquele tempo se empregava crianças, idosos e todos eram obrigados a trabalhar mais de 10 horas. Isso é o que eles querem colocar em prática novamente na forma de terceirização e acordo coletivo de trabalho.

E por fim, a nova ordem mundial. Falamos aqui da nova ordem mundial de Baha’u’llah, onde a elite burguesa branca neoliberal e ultra conservadora da política brasileira faz um pacto para estabelecer o caos no país para que fique pronto para o processo de espiritualização do reino da besta.

Ora, o maçom do grau 33 é apenas um iniciado na revelação progressiva bahá’i que fala dos [1] sete manifestantes de deus, sendo que o oitavo fica em oculto. É por isso que eles ficam aptos a receberem o batismo com o falso espírito santo. Somente com o espírito do engano, um verdadeiro atestado de burrice global, se apoderando da população os maçons quebrarão o titulo se seita ocultista. Não adianta ficar com conversa fiada como fizeram na TV Gazeta recentemente:

https://www.youtube.com/watch?v=8N4I4-6KqXI

Que o Senhor Jesus possa abrir os selos do Apocalipse para dar uma lição em toda essa corja de marginais políticos. Amém!

[1]- https://estudosdafe.wordpress.com/category/04-a-revelacao-progressiva/

http://www.oparana.com.br/noticia/temer-recebe-representantes-da-maconaria-no-palacio-do-planalto/18886/

WWW.alertatotal.com.br

Anúncios