Os perigos da realidade aumentada

Na nova ordem mundial o conceito de unidade de diversidade pode ser entendido como um mundo sem qualquer tipo de preconceito, onde várias tribos urbanas vivem de forma pacífica. Totalmente utópico, mas é essa meta. Como positivar na forma de leis esses projetos (…mais)

De fato, a melhor forma de conceituar a unidade da diversidade está em ver várias tribos bizarras quando andamos nas ruas. O surgimento do novo jogo Pokemon GO tem exatamente essa finalidade, ou seja, unificar a comunidade global utilizando a realidade aumentada através dos bichinhos virtuais que não existem no mundo real, mas aparecem na tela do celular em um local determinado. Abaixo segue as palavras dos fabricantes do jogo:

“…o nosso primeiro jogo no “mundo real”, deu a milhões de jogadores uma maneira inteiramente nova de ver o mundo ao seu redor.Aqueles jogadores se uniram em uma comunidade global incrível onde competem e colaboram…”

Talvez a nova ordem mundial de Baha’u’llah dê a aparência que isso é bom, porém percebe-se claramente a cada dia o distanciamento da realidade. A tradicional conversa nos olhos, reunir em grupos e outras atividades que nos faz humanos estão ficando cada vez mais distantes. Claro! Isso acaba dando lugar para que a frieza no coração se instale. Basta ver o estrago do Whats.

Já perdi a conta de quantas vezes falei com alguém e não recebi qualquer tipo de atenção, pelo contrário muitas pessoas se sentem irritadas quando interrompidas. Parece um absurdo, mas muitas pessoas não querem sair do quadradinho virtual do seu celular para ver a realidade da vida.

Como vimos acima, talvez tenha algo de bom nisso que pode ser usado como no estudo da anatomia humana para conseguir diagnósticos mais precisos, porém esse velha jogada de implantar algo usando a desculpa para a saúde é bem conhecida, basta ver a guerra para a legalização da maconha, por exemplo.

A realidade aumentada também tem seu lado militar e com certeza no futuro será uma arma para o regime totalitário que aos poucos se instala. Pensando nisso, uma outra empresa de games prepara os novos soldados do futuro.

O jogo de realidade aumentada Father io não usa bichinhos ” fofos” e sim armas. Nesse game as ruas são o cenário para a matança através do celular. O jogo dá as coordenadas dos participantes próximos e assim basta um outro jogador apontar o seu celular e atirar. Pronto! Game over para o inimigo.

https://www.youtube.com/watch?v=YUhUzUWOIug

Ora, não resta dúvida que a realidade aumentada poderá ajudar muito num cenário de perseguição como descrito em algumas passagens bíblicas (Apocalipse 12:17). Hoje uma pessoa já não é bem vista se não possuir um face ou o whats, o que dirá se não estiver adorando o cristo cósmico? Não cooperando com a unidade da diversidade?

 

Refgerências:

https://www.nianticlabs.com/blog/launch/

http://father.io/fan.html

 

Anúncios