Privatização, concessão e parceria com o Estado

Embora exista por aqui alguns sites indicados, isso não significa concordar com muitas coisas que são escritas devido aos erros. No caso abaixo um dos artículistas  do MSM descreve que não existe privatização na escolas e sim parcerias públicas privadas.

Invasão de escolas: o mínimo que você precisa saber…” Infelizmente, o Governo do Estado não planeja privatizar o ensino. Sindicalistas e “professores” espalham o boato com base no PL 44, do Executivo, que, basicamente, estabelece parcerias entre o governo e entidades privadas “sem fins lucrativos” que conduzam “atividades dirigidas ao ensino”.”

Ora, por serem pessoas ligadas ao filósofo Olavo de Carvalho seria melhor investigar os fatos com mais profundidade através da metafísica e construindo uma rede semântica do que é privatização. Todo o ato de transferir para a iniciativa privada um serviço que seria  obrigação do Estado caracteriza-se como um ato de privatização, especialmente saúde e educação. Dessa forma, o Estado se safa dos direitos trabalhistas e da qualidade dos serviços prestados, ou seja, não faz nada a não ser repassar fortunas para as empresas que participam do esquema.

 

Existe sim uma agenda global do capital sendo colocada em prática no mundo. Para maiores informações indico o site abaixo:

https://avaliacaoeducacional.com/

 

http://www.midiasemmascara.org/artigos/movimento-revolucionario/16539-2016-05-29-03-09-46.html