Agenda 2030 e os conflitos da governança global

Primeiramente, vamos relembrar como nasce a agenda global: São lidas as epístolas e livros de Baha’u’llah (especialmente o Kitáb-i-aqdas) na Casa Universal de Justiça no Monte Carmelo pela comunidade Bahá’i. As deliberações feitas por lá seguem para a ONU e suas agências, onde  finalmente se transformam em leis. Nesse caso regras, que supostamente devem ser cumpridas pelos países.

Porém, quando colocada em prática são um verdadeiro desastre. Depois do fiasco das oito Metas do Milênio e dos oito Objetivos do milênio agora criaram , e isso desde o início desse ano, a Agenda 2030 com 17 objetivos. Ora, se a ONU não teve competência de implantar oito metas estúpidas o que dizer de 17…

São 17 metas em que o governo brasileiro, seus partidos afundados e especializados na corrupção, mentira, estatísticas fraudadas e projetos absurdos apresentam na ONU como solução mundial, por exemplo: supostamente acabar com a pobreza usando o bolsa família petista (patenteado pelo instituto lula) ou  o sistema absurdo de políticas compensatórias do PSDB (bonificação de resultados de um salário adicional no lugar de um aumento digno) são vistos como uma forma de redução de desigualdade.

Já o atual partido no governo (PMDB) é acusado de não respeitar a diversidade devido a ausência de mulheres e negros em seu governo. Não que ele coloque pessoas inferiores (isso na visão desse arrogante chamado “temer”) por boa vontade, pois ele está apenas de olho nos empréstimos que virão via Banco Mundial no qual nada volta para a população e tudo é absorvido no sistema de corrupção.

Um primeiro contato com as metas dá-se a impressão de ser algo bom, mas quem coloca em prática é o capital (seja ele capitalista ou socialista) ,  as grandes empresas internacionais e banqueiros, ou seja, tudo se transforma em fonte de lucro para esses monstros. Sabendo disso, a comunidade Bahá’i acredita que somente implantando a unidade da humanidade as metas terão êxito. Em outras palavras, somente quando ocorrer a manifestação espiritual de Baha’u’llah despertando o espírito de solidariedade nos políticos, também conhecido como o falso espírito santo que será derramado nos corações e mentes. Sim! uma hipnose mística e global…

Além da falsa igualdade entre homens / mulheres e erradicação da pobreza, esses novos objetivos abrem caminho para a máfia farmacêutica e o mercado lucrativo de epidemias de uma forma jamais vista.Considerando que a fundação Rockefeller tem um estoque de patentes de todas epidemias, já podemos esperar a evolução do H1N1, Zika e outros mais que surgirão de forma misteriosa na America latina e na África.

A Microsoft também tem sua função através da privatização na educação e do banco mundial de sementes. A gigante da informática pretende controlar toda a produção de comida nesse governo. Maconha? Ela também tem seu lugar na diversidade é só usar com moderação, segundo os novos objetivos.

Também tem espaço para um “bolsa travesti global”. Isso está no objetivo 1b que diz: “1.b Criar marcos políticos sólidos em níveis nacional, regional e internacional, com base em estratégias de desenvolvimento a favor dos pobres e sensíveis a gênero...” .

Ora, o travesti é muito diferente do gay. O gay é extremamente inteligente e astuto. Já o travesti não possui essas qualidades e em muitos casos possuem dificuldades cognitivas de aprendizagem, por exemplo: Um gay rapidamente ocupa cargos importantes já um travesti em muitos casos se limita a vida artística da dublagem.E de onde sai o dinheiro? da Previdência Social através do aumento de contribuição e tempo de trabalho que o atual e anterior governo querem implantar. A agenda feminista também tem seu espaço para destruir, humilhar e acabar com  o homem de uma vez por todas.

Quando observamos os jornais percebemos claramente que só se fala de corrupção política, tragédias e fofoquinhas o tempo todo e por isso não tem como saber quando a agenda global vai iniciar por aqui devido a essa instabilidade. Os objetivos são:

   Objetivo 1. Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares

   Objetivo 2. Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável

   Objetivo 3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

   Objetivo 4. Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

   Objetivo 5. Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas

   Objetivo 6. Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos

   Objetivo 7. Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos

   Objetivo 8. Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos

   Objetivo 9. Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação

   Objetivo 10. Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles

   Objetivo 11. Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis

   Objetivo 12. Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis

   Objetivo 13. Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos

   Objetivo 14. Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável

   Objetivo 15. Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade

   Objetivo 16. Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis

   Objetivo 17. Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/

Anúncios