Pode a Administração Bahái tornar-se um Governo Mundial?

PIL-461

O título acima é de um artigo publicado por David Langness,  membro da comunidade Bahá’i. Sem longas…O texto diz que a comunidade Bahá’i não participa da política de governos e que se a sociedade em geral escolher de forma espontânea ser administrada pela ordem mundial de Baha’u’llah através da Casa Universal de Justiça e Guardiania localizadas em Haifa no Monte Carmelo – Israel não existe nenhum problema.

Ora, para os seguidores do cristo cósmico Baha’u’llah, assim como muitas igrejas (para vergonha nossa), o Apocalipse é algo do passado, por isso associar o versículo abaixo ao evento parece algo impossível:

Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta. (Apocalipse 17:13)

Dessa forma, David Langness não sabe, mas acabou de descrever o acontecimento futuro, onde a besta de 10 chifres entregará o seu poder para que a besta do Abismo direcione seus objetivos e isso de uma forma quase espontânea, pois hipnotizados pela manifestação espiritual do cristo cósmico Baha’u’llah o Anticristo e seus nove eleitos se curvarão diante da unidade da diversidade Bahái e seus princípios para que sejam implantados em escala global.

De fato, os baháis não se envolvem diretamente em política, mas nem precisam, pois o serviço de consultoria que prestam na ONU e no mundo inteiro são muito bem aceitos pelos governantes.

 

Referência:

http://bahaiteachings.org/could-the-bahai-administration-ever-become-a-world-government

Anúncios