As industrias das epidemias

Não começa ou termina um ano sem que alguma nova anomalia apareça, porém elas são cíclicas. Em geral são vírus  descobertos na antiguidade e que de alguma forma para lá de misteriosa voltaram a tona. O fato é que quando ressurgem das trevas do capitalismo lá estão as industrias prontas para “salvar” a humanidade. No ano passado foi o Ébola e agora é a vez do Zika.

Mais de dez empresas ligadas a máfia farmacêutica disputam esse novo mercado de epidemias na forma de vacina, porém a dinastia Rockfeller foi mais esperta no passado e não perdeu tempo. Prevendo a expansão desse novo mercado, em 1947 já patentearam o Zika. Talvez essa batalhar pela patente justifica o capitalismo selvagem para a liberação de uma vacina nos dias atuais:

patente zika

Os EUA, com sua lógica capitalista de empréstimos associada a ONU, já preparam os bancos para movimentar a política econômica de juros epidemiológicos. Para isso a ONU com seu tom alarmista já faz a sua regressão linear estatística e estima um verdadeiro surto, especialmente no Brasil. Ora, em um país que absorveu a corrupção como cultura já dá para esperar o resultado…Governo, Infectologistas corruptos, os banqueiros e a máfia farmacêutica brindam o retorno dessa epidemia, pois suas viagens com muito glamour estão garantidas.

http://www.lgcstandards-atcc.org/products/all/VR-84.aspx?geo_country=es#history