Uma economia para a nova ordem mundial

No mês de Janeiro temos que suportar as idéias absurdas do Fórum de Davos e o Fórum Social Mundial. Capitalistas e socialistas criam dois eventos teatrais fingindo que estão preocupados em buscar uma solução para os problemas que tem devastado nossas vidas. O tema central do evento é a quarta geração industrial. Na verdade, estamos presenciando a criação da sociedade da informação.

São milhares de empregos que desaparecerão devido a era da tecnologia, especialmente devido a inteligência artificial que também pode ser chamada de ditadura digital. O que fazer com todas essas pessoas que perderão seus empregos? Ora, nesse jogo político sujo a responsabilidade cai sobre o Fórum Social Mundial, mas os socialistas poucos se importam com a vida humana. Desde 1971 a tática é a mesma…devastar países em desenvolvimento para que sejam submissos aos planos de austeridade para conseguir novos empréstimos que sustentam apenas o conhecido sistema de corrupção em que vivemos.

No meio dessa batalha temos a ordem mundial de Baha’u’llah. Ela atua em ambos os lados tentando promover a espiritualização, ou seja, criar um sentimento solidário nos ricos para que eles doem gratuitamente suas reservas aos pobres. Absurda! Mas  essa é mais uma idéia de como será o princípio da solidariedade no governo mundial.

 

http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/01/comeca-nesta-quarta-em-davos-o-forum-economico-mundial-de-2016.html

Anúncios