Análise do filme “ O despertar da força”

A ordem mundial intergaláctica está em ameaça. Luke Skywalker desapareceu e um dos seus discípulos jedis passa para o lado sombrio da força por influência do novo Lord Sith. Kylo Ren, filho de Leia e Han Solo, é o novo imperador da primeira ordem. Com o fim dos jedis, guerreiros espirituais responsáveis pelo equilíbrio da força, inicia-se uma busca por Luke Skywalker para trazer o equilíbrio contra o império.

Compete ao robozinho BB-8 ser o guardião de parte do mapa que levará até o esconderijo de Luke. Ao escapar de uma emboscada de Kylo, BB-8 encontra a jovem Rey, uma simples catadora de sucata que vive em condições precárias, que o ajuda em sua missão. Ela também conta com um ex soldado desertor da primeira ordem registrado como FN-3181 que recebe o nome de FINN.

Kylo é muito diferente de Darh Vader ( ser ou não ser Darth Vader eis a questão), o seu avô, sendo esse totalmente perdido nas decisões tomadas no seu  império e seus planos acabam sendo frustrados, por esse motivo sempre está sendo repreendido pelo novo lord das trevas, seu mentor espíritual.  Entre os   planos destruidos está a nova estrela da morte. A arma letal é destruída pela República comandada pelo piloto Poe Dameron e tem como lider suprema a General Lea.

Maz Kanata se torna a guardiã do sabre de luz que pertenceu a Luke, porém quando a jovem Rey toca no artefato acontece o despertar da força. Sem qualquer treinamento,  tanto ela como o soldado desertor FINN conseguem usar o sabre de luz melhor que o imperador Kylo Ren. Rey aumenta tanto os seus poderes que acaba possuindo o dom da hipnose e premonição. Já para Kylo, resta apenas melhorar sua ténica com o lord das trevas.

Como será a nova ordem Jedi? Essa resposta virá no ano que vem com a continuação do novo episódio.A força está chamando por você…deixe-a despertar.

Santo DEUS ! Vão despertar mais o que agora…Lá vamos nós para o número 8 dessa coisa. Terminado o resumo vamos para uma rápida analise dessa  ficção que transporta para uma realidade terrível que se aproxima em termos de governança global…

A palavra mito possui vários sentidos: mentira, narração e virtude, porém vamos iniciar a nossa investigação explorando o sentido de narrativa e virtude. Pelo senso comum poderíamos usar as virtudes apresentadas na narrativa do filme como condutas para serem seguidas, por exemplo:uma catadora de sucatas que tem sua vida transformada pela perseverança ou um soldado que desperta para a realidade e desiste de trabalhar para um Estado opressor, mas o conceito de virtude se expande para uma ordem social, política, econômica e religiosa controlada por um Regime totalitário.

Tal como na ordem mundial de Baha’u’llah temos várias divisões políticas. Um povo que vive oprimido pela corrupção e subordinado ao futuro imperador totalitário. A esse damos o nome de Anticristo segundo as escrituras. Ao seu lado governando o império teremos o líder mundial das religiões, representando pelo Papa, onde esses dois farão parte da super estrutura global. Como apoio o Papa terá alguns líderes religiosos de diversas seitas inclusive algumas evangélicas (esses são os jedis do futuro). Já a república representa a confederação mundial que a ONU se transformará, uma espécie de estrutura intermediária entre os pobres e o poder do império. E todo esse universo é regido pela força que é a manifestação da besta que sobe do abismo, personagem bíblico que se encaixa perfeitamente como Baha’u’llah.

A força está presente e operando em nosso meio, por exemplo: O condicionamento em aceitar o número nove, a diversidade gay, ecumenismo religioso e a legalização das drogas. Coisas absurdas que jamais seriam permitidas na antiga ordem são liberadas na nova ordem mundial. Esse é o despertar da sociedade global , a verdadeira força que a cada dia está se consolidando.

A necessidade de atualizar o filme surge devido mudanças de cada tempo, especialmente no que diz respeito ao imperador. O importante aqui é mostrar a necessidade de sempre existir um sucessor para cada tempo, por isso a família Darth Vader passa seu legado a cada geração. Algo muito parecido com a família real britânica, em especial o Principe William que já deixou “anticristinhos” prontos para todas as eras, pois não se sabe quando Baha’u’llah sairá do abismo. Outra caracteristica do imperador é a aprendizagem pragmática (erro-acerto-erro). Não precisa refletir muito para saber quem vai pagar pelos erros dele (CPMF GLOBAL?).

Outro conceito usado no filme refere-se a igualdade entre homens e mulheres. Temos uma heroína antiga que representa a república e uma nova na infraestrutura proletária no filme. Porém esse ensinamento de Baha’u’llah não visa a igualdade, mas a retirada de boa parte dos homens de qualquer tipo de atividade.

Mas o que temos de mais assustador é a dolorosa transição para o totalitarismo. Assim como no filme muitos lugares vão virar desertos, pessoas vivendo apenas pelo instinto básico e na pobreza. Convivendo com essa situação deplorável ainda temos a tecnologia através da inteligência artificial e uso de robôs.

O fim do poder aquisitivo, de postos de trabalhos, a corrupção do capital promovida pela direita e da esquerda na forma de privatizações, concessões e parcerias nacionais/internacionais com o Estado servem de combustível para que tudo seja entregue a um regime totalitário.

Infelizmente o despertar da força é isso…A luz e as trevas são a mesma coisa, pois seu sentido espiritual está relacionado a um deus esotérico e não verdadeiro. Se por um lado desperta a unidade da diversidade como luz, por outro a crise global que destrói a vida de milhares no mundo inteiro e segue avançando para trevas do totalitarismo. A comunidade Bahá’i que me desculpe, mas se uma autoridade suprema e inquestionável não pode ser chamada de totalitária nem sei mais o que dizer:

“…Tal estado terá que incluir dentro de seu campo de ação um Executivo Internacional capaz de exercer autoridade suprema e inquestionável sobre qualquer membro recalcitrante da comunidade mundial…” ( A Ordem Mundial de Baha’u’llah)

Tempos difíceis nos aguardam…

 

http://www.adorocinema.com/filmes/filme-215097/creditos/

 

http://www.adorocinema.com/filmes/filme-215097/creditos/