Privatização ambiental e direitos humanos

O que aconteceu na COP21 se resume na seguinte frase publicada, copiada e colada na internet da mesma fonte de notícias: “ … acertou-se que países desenvolvidos irão bancar US$ 100 bilhões por ano em medidas de combate à mudança do clima e adaptação em países em desenvolvimento…”

Os políticos se abraçam e levantam a mão, pois a vitória foi certa. O texto acima chega a ser um absurdo, pois o que temos em prática é um investimento de bilhões em países supostamente pobres. Entende-se por medidas de combate a compra de hidrelétricas por empresas internacionais, ou seja, mais um ciclo de privatizações.

Recentemente, o governo petista dez um leilão de 29 hidrelétricas e, segundo a mídia globalista arrecadou R$ 17 bilhões e isso é só o começo. O patrimônio brasileiro de Jupiá e Ilha Solteira agora pertencem ao império Chinês. Infelizmente e muito diferente de outros países, o Brasil não surgiu para formar uma população ou uma nação, mas apenas como fonte de exploração. Império português, chinês, americano, Frances..Todos desembarcam aqui sabendo que é o paraíso da corrupção e da privatização.

E assim, basta financiar deputados, senadores, governadores e prefeitos imbecis que o processo de compra se consolida rapidamente. Esses acordos são tão nojentos que ainda usam a desculpa dos direitos humanos aliada ao clima para justificarem seus negócios. No caso dos direitos humanos, a teoria é que levando energia de graça do Brasil a China diminuirá sua poluição. Essa é mais uma desastrosa política da nova ordem mundial de Baha’u’llah em prática.

Já sobre a falácia do aquecimento global, deixo aqui o vídeo do Luiz Carlos Molion. Ateoria de que a terra se aquece sem a interferência do CO2 e que o clima no passa apenas por mudanças cíclicas é totalmente viável para desmascarar essa falta de vergonha na cara. Oportunistas safados que apenas querem se enriquecer usando e adaptando os conceitos do bahaismo para o fim que desejam, ou seja, aproveitam o ciclo natural da temperatura da terra para enriquecimento ilícito, porém lícito e justificado através de estatísticas pela ONU. Essa é a corrupção brasileira sendo exportada para o mundo!

 

 

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/11/governo-leiloa-29-hidreletricas-com-arrecadacao-de-r-17-bilhoes.html

http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/12/151212_acordo_paris_tg_rb

Anúncios