A máfia capitalista da Água

Resumo da notícia: “Alckmin manda secretário receber prêmio de gestão dos recursos hídricos em seu lugar .Confirmando seu mérito na gestão, o governador tornou secretos os documentos da Sabesp referentes à gestão da água em caso de rodízio ou racionamento…”

Estamos um pouco distante de 2030, porém a ONU, inspirada nos princípios do cristo cósmico Baha’u’llah que falam sobre a proteção da mãe gaya, já começou a implantar de forma lenta a sua nova Agenda. Nesse caso, vamos analisar a meta número seis que fala sobre a disponibilidade da água: “Objetivo 6. Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos”.

A idéia de águia potável é louvável, mas infelizmente não é isso que acontece na prática, por exemplo: O que acontece no Estado de São Paulo é um dos maiores absurdos. Para início de conversa á água está sobre o controle da SABESP, juntamente com um grupo de acionistas internacionais,  e o governo do PSDB de Alckmim possui um reinado que chegará ou até ultrapassará 20 anos no poder beneficiando esses mega empresários de forma ilícita .

Hoje, uma pessoa não tem direito de receber uma visita em casa ou mesmo ter um filho, pois pagará uma multa pesada pelo aumento de consumo de água. Interessa sim a esse partido que os estoques das represas estejam sempre abaixo da média esperada, pois o sistema de enriquecimento ilícito depende disso.

Para ajudar na manipulação, o governo de São Paulo conta com a ajuda da imprensa. O papel da mídia de massa é apresentar taxas dos reservatórios juntamente com a previsão do tempo, dessa forma o efeito hipnótico de que pagar 300% a mais em uma conta seria algo justo funciona. Infelizmente muitas pessoas concordam com isso.

Faltaria tempo para falar do consumo de água Premium. Foi ele que esvaziou o sistema Cantareira ao transferir milhares de metros cúbicos para clientes premiuns como a Coca Cola e AMBEV.

“A terra é um só pais e a humanidade seus cidadãos” disse Baha’u’llah”. Será que na prática acontece isso? Como vimos acima…não. Mas o pior de tudo é ver esse monstro de governador ser premiado pela sua “competente” gestão durante a crise hídrica. Claro que o prêmio só poderia ser indicado por algum deputado estúpido do PSDB.

 

http://nacoesunidas.org/pos2015/ods6/

http://www.redebrasilatual.com.br/ambiente/2015/10/alckmin-manda-secretario-receber-premio-de-gestao-dos-recursos-hidricos-5099.html

Sabesp: capital aberto, lucro para acionistas e racionamento à vista

http://www.brasildefato.com.br/node/30229