Entendendo a política Brasileira…

submissão

Uma presidente envolvida em corrupção e propina (PT) precisa sair do governo, mas para julgar o seu caso o presidente da câmara (PMDB) envolvido em corrupção e propina analisará os pedidos. A oposição (PSDB), envolvida em corrupção e propina , tenta acelerar o processo e fazer uma aliança com o PMDB que está envolvido em corrupção e propina como dito antes.

Para não perder o seu reinado, a presidente petista evolvida em corrupção e propina pede conselho ao líder máximo do comunismo brasileiro (lula), envolvido em uma série de corrupções e propinas. A solução do líder maior é indicar vários políticos de outros partidos para cargos chaves, porém todos estão envolvidos em corrupção e propina.

Para sustentar todos esses cargos com corrupção e propina, a presidente tenta aprovar um plano de austeridade que inclui a volta da detestável CPMF. Saindo da crise política para a econômica, o governo petista tenta através de corrupção e propina aprovar o seu ajuste fiscal, mas o processo é lento.

Um juíz que foi indicado não pelos seus atributos, mas por corrupção e proprina, diz que não pode julgar tal caso, pois é uma questão política e não ética. A política faz a ética, mas a ética não segue a política quando essa tem que julgar a própria ética feita políticamente por ela, resumindo: o tribunal de justiça, criado pela política, não pode jugar a ética política por essa não ser judial, pois isso está claro nas leis éticas do tribunal feitas pela política e  não pela ética  judicial. Entendeu? Muito menos eu…

O ano é 2088… Uma presidente envolvida em corrupção e propina  precisa sair do governo, mas…

Anúncios