A era do messias leviano

genildo3

 “O vice-presidente da República, Michel Temer, disse nesta segunda-feira que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, deveria ser tratado como “Jesus Cristo” devido aos sacrifícios que tem feito ao propor as medidas de ajuste fiscal.”

A frase acima  está no jornal manipulador estadão e mostra o ponto absurdo que chegou a política brasileira. Par entender melhor podemos criar uma rede semântica usando a palavra levy modificando-a para leviano. Segundo os dicionários um leviano é:  irresponsável,  que possui comportamento insensato, que age sem reflexão, que não expressa seriedade nem sensatez,  falta de seriedade, inconstante, inconseqüentes e algo que exige pouco esforço, ou seja, trabalho leviano.

Começando pelo final das definições acima, esse monstro que está governando o Brasil não faz nenhum sacrifício em sua vida pessoal. Ao contrário de muitos trabalhadores ganha uma fortuna de salário e em breve terá direito a uma aposentadoria privilegiada. O que se entende como sacrifício é destruir a vida do povo acabando com direitos trabalhistas, sobrecarregando ainda mais o país de tributos e por fim distribuído esse dinheiro  para mega empreiteiras internacionais e nacionais que patrocinam as candidaturas políticas.

Pouco se fala, mas a privatização, nesse caso mudam o nome para concessão, está avaliada em mais de 200 milhões não possuem prazo para a entrega de obras e muitas podem demorar 30 anos se quiserem. As poucas rodovias,  se é que sairá alguma, sobrecarregarão ainda mais a carga de tributos com novos pedágios, alimentando ainda mais o ciclo inflacionário. Faltaria tempo para falar do trabalho escravo que será gerado…

O capital sempre possui crise cíclicas, porém os ajustes inspirados na ordem mundial de Baha’u’llah que são feitos em cada época não trazem melhora de vida para a população. Já passamos por vários ajustes feitos pelo PT / PSDB  e o tal crescimento econômico socialista não passa de uma ilusão. Estamos na terceira era industrial e até agora nada de igualdade…

Observando dessa forma, o vice-presidente está certo. Levy é o cristo (alias serve a outro cristo), mas o crucificado, o derrotado o que não subiu aos céus, o que não vive pela eternidade e permanece no abismo das trevas guiando os governantes que transformam os princípios do cristo cósmico Baha’u’llah em um verdadeiro desastre prático. Depois da famosa frase de John Lenon sobre JESUS  e os Beatles essa foi a segunda mais estúpida dita por alguém.

Quanto a você Levy…eis que se revela um mistério: Existem milhares de cruzes no inferno aguardando os corpos dos corruptos da Terra para serem atormentados pela eternidade.  Que sua possa estar reservada!

Tiago 5.4   Eis que o salário dos trabalhadores que ceifaram os vossos campos e que por vós foi retido com fraude está clamando; e os clamores dos ceifeiros penetraram até aos ouvidos do Senhor dos Exércitos.

Anúncios