A espiritualização do poder nuclear

Talvez essa seja uma das notícias mais importantes do ano, se bem que não parece muito, mas o fato de conseguir um acordo das grandes potências mundiais se espalhou pela mídia. O poder nuclear decide quem manda no mundo. É um poder de coerção controlado pelos Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Rússia, China e Alemanha. São esses os paises que decidem quem tem o direito de viver ou morrer na terra conforme suas ganâncias.

O poder nuclear não é uma moeda, mas atua como tal e garante supremacia do dólar sobre os demais paises. Devido a ganância humana, um outro poder entra em paralelo para promover uma falsa e temporária paz  através da ordem mundial de Baha’u’llah.

Sendo que esses governantes não são guiados pelo DEUS ou o CRISTO verdadeiro (JESUS), compete que outro assuma esse lugar. E assim, surge o arco de Baha’u’llah promovendo uma falsa paz através das suas instituições criadas no Monte Carmelo, pois esse acordo poderá ser quebrado facilmente em um tempo futuro. Mesmo um pouco depois de ser elaborado, já começa a criar discórdia e oposição.

“E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer.” (Apocalipse 6 : 2)

Mas como acontece essa vitória? Através dos seus ensinamentos contidos em seus livros (em especial o Kitáb-i-aqdas) que servem de fonte filosófica para a mente dos governantes da terra. Dessa forma, a resolução surge na forme de uma consulta deliberativa entre os envolvidos.

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2009/01/11/o-arco-da-vitoria-de-baha%E2%80%99u%E2%80%99llah/

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/04/150402_acordo_ira_sabotar_mdb