O verdadeiro ciclo do ajuste fiscal brasileiro

Resumo: Infelizmente no Brasil esse ano só se fala da corrupção e do pacote de maldades criado pelo governo Dilma. Ambas estratégias servem apenas para dar continuidade na agenda global.

Primeiramente, vamos ao pacotes de maldades do PT de Dilma. Abaixo segue uma relação dos bilhões que serão roubados:

-Redução com o PAC (financiamento habitacional) lucro de R$.58 bilhões.

-Benefícios sociais: fim do seguro desemprego para 2,2 milhões de trabalhadores lucro de R$.18 bilhões

-Aumento do PIS/CONFINS para combustíveis lucro de R$. 12,2 bilhões.

-Aumento no rigor de benefícios trabalhistas: lucro de R$.10 bilhões

-Aumento do IOF de 1,5% para 3% : lucro deR$7,4 bilhões

-Desoneração da folha de pagamento (ainda em tramitação) para 2,5 % a 4,5%: lucro de R$.5,3 bilhões

– Aumento do IPI. Carros 1.0 que vai desde 7% (carros 1.0) a 13%: lucro de R$.5 bilhões

– Imposto de renda ajuste na tabela com apenas 4,5%: lucro de 2,2 bilhões.

– Redução de benefícios a exportações: lucro de R$.1,8 bilhão

-PIS de importação : lucro de R$.694 milhões

-IPI de cosméticos: Lucro de R$381 milhões.

Para que o povo não se revolte essa forma de roubo descarado recebe um nome estético de “ajuste fiscal”. Esses ajustes encontram-se também ordenados pelo cristo cósmico Baha’u’llah como no texto abaixo:

“O quarto princípio ou ensinamento de Bahá’u’lláh é o reajuste e o equilíbrio dos padrões econômicos da humanidade. Este trata da questão do meio de subsistência humana”. (A paz universal – Abdu’l’Bahá).

Muitos podem estranhar dizendo que não tem nenhum ensinamento ou especificação na frase acima, mas é esse o espírito da coisa, pois cada governo (capitalista ou comunista) adapta para a sua necessidade corrupta.

Essa forma de roubo iniciou-se durante o PSDB e se estende até os dias de hoje, Uma vez que o governo apresente um PIB satisfatório para os investidores internacionais e a ONU, surge o novo ciclo de privatizações. Tudo bem… elas geram trabalho , mas a cada ano vários trabalhadores se tornam escravos do sistema, ainda mais com o exército de haitianos e outros povos que estão chegando por aqui.

Por outro lado, existe a questão da dívida, porém ao mostrar para o FMI que as contas estão em dia, novos empréstimos são realizados e o ciclo se inicia novamente, ou seja, novos pacotes de maldades são criados. Dessa forma, temos um ciclo irritante de dívida, ajuste, austeridade, falso crescimento econômico, privatização e novamente dívida, ajuste…

A corrupção, muito mais importante que o PIB,  também é uma peça chave para esse sistema, pois prova aos investidores internacionais que esse é o país da impunidade. Não importa o escândalo criado, pois o fim é sempre o mesmo. Um grupinho corrupto é indiciado, passa uma noite na cadeia da policia federal com todas as regalias, se sente deprimido, vai para casa cumprir prisão domiciliar e no fim do ano recebe o perdão presidencial . Essa notícia soa como música nos ouvidos das mega empresas. E assim, os acionistas das companhias energéticas, de água, empresas de telefonia e bancos como o HSBC fazem o que bem querem por aqui em termos de taxas injustas e má prestação de serviços, pois sabem que não serão punidos.

O terceiro selo do livro de Apocalipse ainda não foi aberto, mas já é possível ver o ensaio das suas cavalgadas pela terra. A simbologia do trigo e a cevada ilustra de uma forma brilhante esses acontecimentos. O trigo é um primo da cevada e essa última costuma ser mais sofisticada, dessa forma temos uma situação em que para conseguir a sobrevivência com o alimento simples (ou refeição diária) teremos que trabalhar uma medida. Já para os alimentos mais sofisticados como de restaurantes a situação fica três vezes pior. É justamente isso que o pacote de maldades está fazendo ao aumentar impostos …

 “E ouvi uma voz no meio dos quatro animais, que dizia: Uma medida de trigo por um dinheiro, e três medidas de cevada por um dinheiro; e não danifiques o azeite e o vinho.” (Apocalipse 6 : 6)

Detalhe…as galopadas do cavalo preto só acabam quando ele se encontra com o cavalo branco ao norte de Israel, ou seja, quando os corruptos desse mundo entregarem o poder que possuem para a ordem de Baha’u’llah “espiritualizar” esse ciclo econômico em Haifa.

 

http://www.estadao.com.br/infograficos/economia,o-ajuste-fiscal-de-dilma,372254