Papa Francisco e as cabeças da besta no Sri Lanka

Resumo da notícia: “O segundo compromisso do Papa neste seu primeiro dia no Sri Lanka foi o encontro com os líderes religiosos. O Papa começou seu discurso agradecendo por estar presente no encontro que reuniu as quadro maiores comunidades religiosas do Sri Lanka: budismo, hinduísmo, islamismo e cristianismo….”

 É função dos Papas continuarem a traçar o caminho planejado pelo cristo cósmico Baha’u’llah até que o líder das religiões, mais conhecido como falso profeta, seja empossado no cargo. Nessa jornada enfatiza a promoção do conceito da diversidade.

 A visita no Sri Lanka mostra uma cena que continuará acontecendo a cada dia que é a guerra entre as cabeças da besta descritas no livro de Apocalipse, também conhecidas como os manifestantes de “deus” na revelação progressiva Bahá’i.

 Tâmeis (minoria hinduísta ) e cinfaleses (maioria budista) deixaram grandes feridas causadas em uma guerra pela disputa desse País que supostamente acabou em 2009. E assim, o Papa Francisco oferece como cura a unidade da diversidade; porém a nova ordem mundial de Baha’u’llah começa a mudar os conceitos das palavras em todas as áreas.

 Nesse caso a unidade da diversidade surge com o nome de respeito e tem como meta preparar os corações em Sri Lanka para receber o deus da diversidade Baha’u’llah em seus corações, mas como vimos isso é incapaz de trazer a paz. Sendo a função do Papa promover os princípios de Baha’u’llah pensando que ele é JESUS fica fácil de entender o motivo do nome do verdadeiro cristo fazer parte das cabeças, pois teve o seu nome blasfemado.

 

http://br.radiovaticana.va/news/2015/01/13/papa_exorta_%C3%A0_uni%C3%A3o_das_religi%C3%B5es_para_o_bem_do_sri_lanka/1118084

https://apocalipsetotal.files.wordpress.com/2010/08/sc3admbolos-apocalipse1.jpg