“Novas Ordens Mundiais” e seus conceitos

A Nova Ordem Mundial não é uma mera teoria da conspiração. Ela é uma conspiração e possui base Bíblica sólida; porém só através do poder de DEUS e dos ensinamentos de JESUS é possível entender a sua amplitude, seus conceitos e também discernir em que tempo estamos vivendo nas profecias.

 Os dois vídeos abaixo apresentam fatos reais. O primeiro fala abertamente de uma nova ordem mundial para o ensino médio sobre blocos econômicos. E o segundo que possui um debate mais reflexivo apresenta um outro conceito de governo global através do Conselho de Segurança da ONU.

1) Nova Ordem Mundial – Blocos Econômicos

Biblicamente falando os blocos econômicos servem aos interesses do imperialismo babilônico americano, e isso desde o mais atrasado (blocos da África), o médio (MERCOSUL) e vai até ao mais avançado (União Européia).

 O MERCOSUL parece caminhar para a implantação do bolivarianismo, doutrina de Simon Bolívar que “profetizou” uma América unida; porém basta observamos a quantidade de arcos bilaterais que são fechados com os EUA. Outro exemplo está na União Européia, onde os Estados Unidos tenta criar uma Parceria Transatlântica de Comércio, ou seja, nem mesmo um bloco consolidado e com sua moeda (o Euro) conseguiu escapar:

 http://europa.eu/rapid/press-release_MEMO-13-95_en.htm

 Nos blocos econômicos predomina o capitalismo em toda a sua amplitude sustentado pelo dólar, seja na versão americana ou comunista. Esse capitalismo surge na forma da agenda do neoliberalismo e suas privatizações que retiram os direitos trabalhistas e geram milhares de desempregados pelo mundo. Quando o comunismo (mesmo que ainda na fase do socialismo) adere a doutrina neolibelral se transforma em uma China ou uma futura Cuba. Sua mão de obra barata fez com que quase todas as empresas capitalistas se instalassem por lá. Um dos maiores mercados dos dias atuais está nas lâmpadas “ecologicamente corretas”, mas caríssimas e de péssima qualidade produzida pela China, mas para confirmar a teoria dos blocos será necessário um acompanhamento dos acordos bilaterais durante 2015 e os próximos anos.

 Quando a ordem mundial de Baha’u’llah se transforma em capitalista, seus princípios como o fim de todo preconceito e outros mais se transformam em fonte de lucro. Basta ver a arrecadação da agenda gay e o desespero para liberar a maconha. Infelizmente ficaremos nesse joguinho de acordos bilaterais e fortalecimento da cibercultura por um bom tempo. Talvez a OMC ( Organização Mundial do Comércio) apenas faça um rascunho de ética financeira bem ruim para conter as nações problemáticas.

 2) Nova Ordem Mundial – Conselho de Segurança da ONU

 

Já a segunda ordem, fala sobre o poder do conselho de segurança da ONU. Como apresentado no vídeo, tal instituição possui um poder de intervir em qualquer nação, seja da forma militar ou diplomática, sendo essa última mais usada na forma de sanções econômicas. Ao contrário dos blocos econômicos, o Conselho de Segurança possui uma multipolaridade de poder, onde em especial os interesses russos e americanos dominam o mundo.

 O caso da Síria é um desses exemplos, onde a Rússia se opôs através do veto uma possível ação militar devido ao seus interesses em vender armas na região. Porém, o Conselho prefere que cada país peça, implore e chore de joelhos por uma intervenção militar como aconteceu no Haiti.

 O Conselho de Segurança, além de trabalhar na proporção nove ( o número do cristo cósmico), a comunidade Baha’i, através de sua função de consultoria, sugere aguardar a chegada de um executivo mundial, preferencialmente britânico, para coordenar melhor as ações militares.

 “Em Sua Epístola à rainha Vitória, há mais de sessenta anos, dirigindo-se à “assembléia dos governantes da terra”, Bahá’u’lláh revelou o seguinte: (…) Tal estado terá que incluir dentro de seu campo de ação um Executivo Internacional capaz de exercer autoridade suprema e inquestionável sobre qualquer membro recalcitrante da comunidade mundial…” (A Ordem Mundial de Baha’u’llah – Shoghi Effendi)

 Dessa forma o Conselho de Segurança se aproxima mais das profecias sobre a besta de 10 chifres, mesmo estando totalmente fraco e desorientado, percebe-se que temos um embrião de uma ordem militar com potencial de esmagar, matar, destruir, roubar e arruinar nações em nome dos Direitos Humanos, Ecologia e a Paz Universal. O Conselho também está acima da OMC (Organização Mundial do Comércio) e poderá esmagar no futuro qualquer país que não seguir os acordos feitos por ela, mesmo os dos blocos econômicos.

  Ora, em que tempo estamos vivendo? Estamos na era do neoliberalismo, onde empresas americanas e européias buscam ter o controle de suas novas colônias. É que o mundo estivesse dividido ao norte com países ricos e ao sul com países pobres. Já sobre o Conselho de segurança infelizmente vamos assistir os governantes brasileiros fazendo de tudo para conseguir uma vaga, mesmo que isso represente destruir a vida de muitos.

 E como fica a economia mundial? Aqui temos algo que é desprezado por muitos, pois quem implanta a marca da besta é a besta de dois chifres que representa a besta do abismo na terra.

 A besta de dois chifres tem o poder da besta do abismo (Ap 13:12), faz sinais para enganar o povo junto com o falso profeta (Ap13:13), pede que faça uma imagem da besta (Ap13:14) e finalmente implanta a economia divina (Ap 13:17). As únicas instituições que possuem a vontade de fazer isso no mundo são a Casa Universal de Justiça e a Guardiania, ambas criadas por Bahá’u’llah e instaladas no cume do Monte Carmelo…

 

Anúncios