Dilma e o Ministério do Amor

Recentemente, a presidente do Brasil repartiu o seu poder em ministérios. Muitos desses cargos foram ocupados por pessoas totalmente desqualificadas e incompetentes. Alguns até respondem processos e outros gostam de bater em aposentados como Kassab, ex prefeito de São Paulo. É de estranhar que esse tipo de ser humano será responsável pela criação de leis no país, pois não possuem qualquer tipo de ética. Mas se o passado condena…o que dizer de uma assaltante de bancos que ocupa o maior cargo de poder?

 É sobre a secretaria de direitos humanos que cairá o peso de rastrear o crime do ódio na internet. Como estamos na era cibercultura a caçada aos “criminosos” será em especial nas redes, ênfase para as sociais.

 Nesse momento é impossível não comparar esse fato com o livro de George Orwell 1984, onde temos a descrição do Ministério do Amor. Essa divisão do governo totalitário tem como meta rastrear, torturar e prender todas as pessoas que comentem a crimédia. A crimédia acontece quando alguém fala uma palavra que não está no dicionário do governo. Para esse fim, o personagem Syme era filólogo e especialista em Novilíngua. Essa mudança de conceito de palavras acontece de forma rápida e assustadora. Abaixo segue um trecho do livro:

 “…No fim, todo o conceito de bondade e maldade será descrito por seis palavras – ou melhor, uma única. Não vês que beleza, Winston? Naturalmente, foi idéia do Grande Irmão, – acrescentou, à guisa de conclusão…”(1984- George Orwel)

 Para o nosso pesadelo, o mundo de Orwell se tornou real. No caso essa palavra universal chama-se Unidade da diversidade/ unicidade ou diversidade. É sobre essa palavra que o conceito de ódio está se invertendo, por exemplo: O simples fato de uma pessoa seguir a Bíblia e for contra o movimento homossexual já é motivo para qualificar como crimédia, ou seja, crime de ódio, pois a palavra do governo e da ordem mundial de Baha’u’llah é diversidade e nela tem que estar o amor global.

  “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16 : 33)

 http://www.brasil.gov.br/cidadania-e-justica/2014/12/governo-vai-usar-software-contra-crimes-de-odio-na-internet