ONU – Abusos e Escândalos

Resumo do vídeo:  A Assembléia da  ONU se  reúne para mais uma reflexão sobre os princípios do cristo cósmico Baha’u’l’llha, nesse caso o fim de toda forma de preconceito. A hipocrisia de debater sobre os direitos humanos recebe como primeiro orador  Mahmoud Ahmadinejad, ex presidente do Irã. Aqui inicia-se a reflexão com uma pergunta do tipo: Um  presidente de um país que mata todos os seus opositores possui alguma moral para falar de direitos humanos?

O restante do vídeo mostra os bastidores da ONU. Uma instituição corrupta que serve como escudo para que países possam propagar suas atrocidades. Venda de armas, abusos, lucro, prostituição e vadiagem são as principais metas das missões de paz. Quando essas não matam deixam que tribos rivais se matem à vontade usando os piores requintes de crueldade.

Diante de tantas mentiras, a ONU não poderia deixar de propagar a sua maior que é dizer não está criando um governo mundial, sendo que ele se encontra quase pronto. Durante décadas 5 paises possuem o controle da organização e aguardam mais 5 após uma reforma que só DEUS sabe quando acontecerá, é muito provável que aconteça após a retirada de Baha’u’llah do abismo.

Mesmo que  esses chifres infernais não estejam completo, as cinco nações vencedoras da II  Guerra repartiram a Terra como prêmio e até os dias de hoje exploram suas colônias que estão principalmente na África. Cada país que sonha em ser um chifre também faz o mesmo.

No caso do Brasil, o presidente reeleito  lula, através do seu instituto, parece ter encontrado a rota dos diamantes, do trabalho escravo e da exploração das empreiteiras brasileiras na África através de uma rota comercial. Hoje, não param de chegar escravos africanos no Acre e em São Paulo.

Infelizmente muitos acreditam que essa organização corrupta e criminosa trará a paz na terra. Os Bahá’is, seguidores de Baha’u’llah, não conseguem entender que o bahaismo  opera somente como filosofia  do fim, porém os meios que se chegam a esses sempre serão os mais sórdidos e cruéis.

Entendo como realmente funciona os direitos humanos da ONU ou seja, alterando o significado das leis ou  como um escudo para as nações ficarem impunes, fica fácil de entender como a degolação voltará a ser uma prática nos dias atuais.

E por fim o duelo entre unversalistas dos direitos humanos x relativistas da diversidade cultural mostram apenas duas faces da mesma moeda. Ora, quando qualquer desses lados assume o papel de verdade absoluta  a reprocidade surge na forma de violência. Mas é uma violência normal segundo a ONU, pois é natural matar em nome dos direitos humanos.

Infelizmente é esse tipo de governo mundial que muitos líderes cristãos acreditam ser o reino da terra. Alguns já morreram como Myles Munroe, mas apostasia de criar um reino de deus na terra nessas condições corruptas.

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/06/os-12-principios-da-nova-ordem-mundial/

Anúncios