O lado oculto sobre o centenário da I Guerra mundial

A primeira guerra mundial também foi marcada pela presença do cristo cósmico Baha’u’llah. Os governantes da época receberam uma epístola em forma de pentagrama que anunciava a chegada do prometido. E assim. A maçonaria gnóstica e agnóstica se dividiram criando a I Guerra Mundial.

Porém, essa guerra criou a Liga das Nações, uma instituição incompleta que não atendia os requisitos da ordem mundial de Baha’u’llah. A ONU ainda não atende, mas em breve com a quando o  cristo cósmico sair do abismo estará pronta para  a sua reforma para a suposta paz universal. Abaixo segue um texto falando do papel da ONU e de cada país em um mundo globalizado:

Pergunta: Não é fato que a paz universal não pode ser realizada a menos que haja democracia política em todos os países do mundo?
Resposta: É muito evidente que no futuro não haverá centralização nos países do mundo, sejam eles de governo constitucional, republicano ou democrático. Os Estados Unidos podem ser tomados como exemplo de futuro governo – isto é, cada província será independente em si mesma, mas haverá a união federal para proteger os interesses dos vários estados independentes. Pode não ser uma forma republicana ou democrática. A exigência do tempo é deixar de lado a centralização que promove despotismo. Isto resultará na paz internacional (A paz Universal- Abdu’l’Bahá na América)

Anúncios