10 motivos para odiar o futebol

Atualizado em 06/05/14

Um jogo sem sentido, nojento e estúpido, mas que cria sentido na loucura da razão fabricada pela mídia.  São os heróis fabricados  que deixam um legado de miséria e ódio. É o enxofre queimado que inalam como perfume.

Os agentes da desinformação

Desde que a internet começou a ter interação surgiram os agentes da desinformação. Pessoas que são pura trevas e possuem como meta na vida apenas tentar distorcer a verdade e mudar o foco da notícia segundo os seus interesses egoístas.

É muito triste, mas sempre tem alguns filhos das trevas que não buscam o conhecimento e sim qualquer defeito que satisfaça seu desejo satânico de ver o mal na vida do próximo, mesmo que isso não exista.Criticam o que não conhecem, falam o que não sabem e muito menos entende o que pensam. Esse é o caso de uma pessoa que passou por aqui que e disse o seguinte:

“…Não achei o seu texto embasado como os outros sites. “Os argumentos tendem a ser falaciosos, sem querer ofender, com uma certa dose de hipocrisia…” (RBH)

Embasado : Entende-se como alguém que escreve as coisas sem confirmar a veracidade das informações, por isso esse post está sendo atualizado com vários links no finais. Eles não foram colocados antes para que cada pessoa fizesse a pesquisa de forma livre, mas sempre existem os preguiçosos que querem tudo, mas tudo pronto.

Falacioso: Entende-se por falácia um raciocínio errado com aparência de verdadeiro. Ora, O que são os links no final desse post? Eles comprovam a verdade dos fatos

Hipocrisia:  É o  ato de fingir. O maior fingimento é de alguém que escreve sobre o que não entende, mesmo diante dos fatos abaixo:

1) Racismo: É fruto da soma entre o eurocentrismo + fanatismo presentes no futebol. Recentemente, um jogador resolveu comer uma banana que foi jogada por um torcedor do Barcelona chamado  David Campayo Lle. Ao fazer isso o infeliz disse em outras palavras sou um macaco. Não demorou muito para que um bando de doentes (brancos,negros, morenos, pardos…) repetissem o gesto. E daí? O racismo continua…como dizia George Orwel em seu livro “ A Revolução dos Bichos”: “ Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que os outros”. Ódio aos negros!

2) Capitalismo: Aproveitando a onda da propagação do racismo, agencias publicitárias brasileiras correram para fazer a campanha da banana com os malditos famosos desse país. Sim! Racismo é lucrativo no Brasil! Se realmente procurassem como combater esse mal bastava educar as pessoas em aceitar a raça negra como ser humano comum também em suas ações, mas pelo contrário ficam usando frases do tipo: O primeiro negro a ser presidente, o primeiro negro juiz, o primeiro negro que fala…isso só aumenta o racismo e nada mais. Com relação as obras superfaturadas e estádios fabricados com escravos do Haiti que chegam aos montes no Brasil…nem é necessário dizer mais nada. Ódio aos pobres!

mascote copa3) Comunismo: O Tatuzinho cachaceiro da copa é produzido na China. Outra forma de mão escrava absurda. Na foto ao lado podemos ver uma senhora trabalhando em condições precárias e nem mesmo em uma mesa. Ódio aos pobres, mas no sentido comunista é claro!

4) Fanatismo: Recentemente morreu um tal de Luciano do Vale. Sinceramente, era melhor nem ter existido, pois a sua vida serviu apenas para  induzir ao fanatismo homens débeis que encarnam em si palavra “Gooolll”. O fanatismo nada mais é do que amor extremo a um objeto inesistente. Ora, o que é um time de futebol? Apenas um nome fantasia criado por empresários. Ódio ao próximo ou aquele que não ama o “meu time”!

5) Euforismo: Encarnar o “ GOOOOOOOOOOOL” gera um estado de euforia inútil que se transforma em racismo, fanatismo. Meu time é lindo e superior a tudo! Não posso aceitar negros, pensa o idiota torcedor em transe.  Em outros casos a euforia se transforma em fogos de artifícios. Quanto dinheiro gastado com o inútil em um país onde milhares morrem de fome. Ódio ao mundo e sair quebrando tudo  e todos!

6) Machismo:  Mulher de jogador tem que ser bonita, modelo e principalmente não pensante. Para o jogador imbecil a vida se resume em conseguir dinheiro e mulher para ser tratada como objeto. Esse conceito é passado para vários torcedores que mesmo inconscientes do estado de miséria  em que vivem querem imitar a vida de seus ídolos. Ódio a mulher!

7) Bahaísmo: . A ONU, inspirada nos princípios do cristo cósmico Baha’u’llah sobre o fim de toda forma de preconceito, usa a sociologia para trocar o sentido da palavra. O racismo tradicional contra os negros deve ser substituído pelo racismo étnico cultural. Dessa forma, pode-se se impor aos poucos o estatuto  da diversidade  de forma global.

Voltando ao episódio da banana, não demorou muito para que os marqueteiros do Brasil usassem os famosos para promover a nova modalidade de  racismo étnico, onde se engloba toda a diversidade cultural. Até mesmo o insuportável rei do futebol disse a frase tola de que racismo existe em todos os lugares. Ódio aos intolerantes cristãos  que não aceitam a diversidade!

8) Eurocentrismo: Nada mais é do que a supremacia da raça européia sobre as demais pessoas. O retorno da raça ariana sonhada por Hitler e filósofos como Kant. É base militar do futuro exército de Baha’u’llah e seu executivo mundial  (vulgo anticristo). Ódio as raças inferiores!

9) Egocentrismo: Essas pragas chamadas de jogadores pensam só em si.Uma mulher bonita (Ops! Preferencialmente linda), um carro importado e outros bens materiais representam o único sentido da vida. As obras de caridade servem apenas para abater um pouco o imposto de renda quando criam suas ONGs. Ódio puro e concentrado do mais profundo abismo do inferno,  mas com beijinho no ombro!

10) Alcoolismo:  Onde já se viu futebol sem cerveja! A desse ano é especial, pois é produzida na Granja Viana, lugar onde nossos heróis  fabricados pela industria da imbecilidade pisam. Ódio quando um  time de lixo perde!

Todos esses “ismos” levam para a mesma contextualização sobre o  que é o  ódio. Um ódio que se transfigura em amor, seja ele moderado ou fanático. Esses são os verdadeiros frutos do futebol, porém o rastro de miséria e de enxofre  será percebido após o final da copa (repressão, ditadura, corrupção, miséria, pobreza, racismo, desolação, devastação…). Amaram mais as trevas e as transformaram em uma falsa luz hipnótica!

“E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.”  (João 3 : 19)

 

Agência de publicidade se defende por campanha “Somos todos macacos”
http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2014/04/30/agencia-de-publicidade-se-defende-por-campanha-somos-todos-macacos.htm

Copa do Mundo: desculpa para ingerência dos capitalistas estrangeiros no Brasil
O governo pretende aprovar até julho uma lei imposta pelos capitalistas que organizarão a Copa do Mundo de 2014
http://www.pco.org.br/conoticias/nacional/copa-do-mundo-desculpa-para-ingerencia-dos-capitalistas-estrangeiros-no-brasil/zbjs,a.html

Marca de Luciano Huck lança camiseta com frase ‘somos todos macacos’ e recebe críticas
http://acritica.uol.com.br/buzz/manaus-amazonas-amazonia-Luciano-Huck-lanca-camiseta-somos_todos_macacos-criticas-internautas-jogador-racismo-Daniel_Alves_0_1129087091.html

Fanatismo pelo futebol pode prejudicar relacionamento social –  O fanatismo pelo futebol pode prejudicar a relação no trabalho e a convivência com a sociedade, família e amigos . O esporte, no entanto, deveria ser encarado como um lazer, mas muitos torcedores se tornam tão fanáticos por um determinado time que o exagero pode até ser transformado em doença.
http://www.uniara.com.br/ageuniara/artigos.asp?Artigo=6405&Titulo=Fanatismo_pelo_futebol_pode_prejudicar_relacionamento_social

Maria Chuteira faz revelações sobre craques do futebol

Neymar deixa helicóptero de R$ 8,4 mi exposto em feira de agronegócio
http://globoesporte.globo.com/sp/ribeirao-preto-e-regiao/noticia/2014/05/neymar-deixa-helicoptero-de-r-84-mi-exposto-em-feira-de-agronegocio.html

Prevalência de consumo de bebida alcoolica em atletas da 1ª divisão do futebol amador da liga uberlandense de futebol da cidade de Uberlândia, MG
http://www.efdeportes.com/efd139/consumo-de-bebida-alcoolica-em-atletas-do-futebol.htm