A filosofia grega, católica e bahaísta no meio evangélico

patristicaAlguns supostos evangélicos através de suas  virtudes fabricadas nem percebem, mas a apostasia colocada em prática vai desde o início do pensamento filosófico até o bahaismo.

A soberba de uma levita não se limita a auto-exaltação de si mesma durante a execução de um louvor hipócrita. Ela quer mais e pede bis! Ela quer ser reconhecida  pela multidões envolvidas em seus delírios filosóficos.. E através dessas virtudes evangélicas fabricadas que a “cantora” Ana Valadão tem o seu momento de glória em uma igreja lotada (link do vídeo no final do post).

No que se diz respeito a filosofia grega, Ana Paula incorpora deste os tempos de Homero e seus mitos. Se ele executava a narrativa nas praças de Atenas, essa cantora faz o mesmo dentro de uma igreja. Sua narrativa cheia de entonações fabricadas dentro do melhor estilo sofista narra o mito de Policarpo, uma voz quase em tom de choro os momentos trágicos. Ora, acreditar que uma pomba saiu de dentro do corpo  transpassado de Policarpo é algo mais que fantasioso!

A patrística de Santo Agostinho tem sua origem na filosofia da Platão. Agostinho simplesmente transformou o mundo das idéias do filosofo em DEUS. Esse lugar transcendente é conhecido pela Bíblia como a região celestial do mal, onde demônios se transfiguram em anjos de luz e interferem no pensamento humano, especialmente em cristãos.  Ana Paula deveria lutar contra o poder das trevas, mas no lugar disso se associa com eles promovendo o ecumenismo entre católicos e evangélicos.

Para Platão e Agostinho o ser humano é formado de corpo e alma, ou seja, sem o espírito como no pensamento hebreu ou Bíblico. É justamente a falta do espírito que cria erros absurdos como esse. Um cristão platonista evangélico também é capaz de criar profetadas do tipo: O Senhor me revelou quando ele não disse absolutamente nada, o arrebatamento de 2010 ou  uma tal tsunami que destruiria o Brasil. Além das profetadas, temos também alguns absurdos como no vídeo abaixo. Todas essas manifestações bizarras saem do mundo das  idéias platônicas:

Na patrística,  Policarpo recebeun  o final da sua missão  uma voz dizendo para não temer o martírio. Essa voz vinha do mundo das idéias. Uma outra voz veio do mundo das idéias e a cantora me solta essa pérola de frase:  ”Irmãos, naquela época não havia igreja protestante. Glória a Deus. Aleluia!”. Como assim aleluia? Devemos dar graças a DEUS pelos evangelhos apócrifos não terem sido retirados e muito menos a reforma que retirou tais heresias das escrituras?

Mas esse lamentável acontecimento serve para mostrar como o mundo foi preparado para  o cristo cósmico Baha’u’llah desde antes da era cristã. Clamo a DEUS que esse processo esteja na fase final:

“Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado;”  (II Tessalonicenses 2 : 7)

E assim, envolvida no amor de Baha’u’llah e sua diversidade, essa cantora prosseguirá sua jornada até ao encontro do seu amado. O cristo cósmico só pede um simples sinal de devoção:  Coloque uma  estrela de nove pontas no meio da teste e diga:  “ É para a Glória de DEUS. Aleluias irmãos!” dirá a cantora exibicionista.

E assim, Platão, Agostinho e Ana Paula conduzem o maior número de pessoas para entrarem no vale do amor de Baha’u’ll’ah. Os  trovões e as milhares das vozes de apostasia partem de encontro a sua amada.  Quantos “Josés”  retornarão pelo caminho do Egito nesse vale:

VALE DO AMOR  – O viajante torna-se agora inconsciente de si próprio e de tudo além de si. Não vê a ignorância nem o conhecimento, nem a dúvida nem a certeza; não distingue entre a manhã da orientação e a noite do erro. Foge tanto da crença como da descrença, e o veneno mortal é para ele um bálsamo… O leviatã do amor engole o mestre do raciocínio e destrói o senhor do conhecimento. Ele bebe os sete mares, mas não fica saciada a sede de seu coração, e diz: Há ainda mais?…” ( Sete Vales – Baha’ullah).

Sim! Muito mais, pois o abismo da burrice  transformado-se  em virtude evangélica só está no começo…

http://resistenciacatolica.blogspot.com.br/2013/01/ana-paula-valadao-reconhece-patristica.html
https://apocalipsetotal.wordpress.com/2014/04/15/aristoteles-e-a-igreja-catolica/

Anúncios