As terríveis mudanças na internet

Diversdiade culturalA internet recebeu dois golpes de forma simultânea no dia 23/04/14. O primeiro trata-se da agenda global que cria a diversidade cultural, um caminho para a cidadania mundial ordenada pelo cristo cósmico Baha’u’llah, nesse caso representado pelo secretário geral da ONU que acatou a ordem descrita abaixo:

“A cidadania mundial engloba os princípios de justiça social e econômica, entre as nações e dentro das mesmas; a tomada de decisões de maneira cooperativa em todos os níveis da sociedade; a igualdade dos sexos; a harmonia racial, étnica, nacional e religiosa; e, a disposição de sacrificar-se pelo bem comum….” (Comunidade Bahá’i)

O plano da ONU é criar o reino do soberbo que ajuntará para si todos os povos (Habacuque 2:5) através do diálogo intercultural universalista, ou seja, a troca da diversidade étnica dos povos através da rede mundial, tendo como meta a criação de um direito universal.  Com isso, a ONU pretende “ampliar” o conceito de tolerância para perseguir os intolerantes cristãos verdadeiros que se opõe a essa falácia utópica chamada  diversidade. Se querem andar com uma estrela de nove pontas no meio da testa não podemos fazer nada.

No conceito sobre etnia é importante enfatizar o idioma universal, um dos princípios do cristo cósmico Baha’u’llah, para reconstruir a torre de babel. Esse projeto encontra-se no site netmundial da seguinte forma:

“1)    Princípios de governança da Internet – Diversidade cultural e linguística”

A agenda local  aprovada no Brasil segue as diretrizes do relator e Deputado ALESSANDRO MOLON. Nesse caso, o embrião comunista brasileiro está evoluindo para a ditadura digital, por exemplo:

Com a criação do big data que produz estatísticas em tempo real, os registros de conexão serão um mercado sombrio para o governo, pois será possível coletar todas as informações:

“Artigo 4 – VI – registro de conexão: o conjunto de informações referentes à data e hora de início e término de uma conexão à internet, sua duração e o endereço IP utilizado pelo terminal  para o envio e recebimento de pacotes de dados”

A nossa liberdade estará garantida? Os artigos desse marco  da internet dizem ao contrário. No Artigo abaixo não especifica quais serão as autoridades administrativas que podem burlar na lei e bisbilhotar nossos hábitos (especialmente os políticos). Isso deixou uma margem para que a ditadura comunista da Dilma e Lula escolham um ou vários cabides de emprego para a função:

“Artigo 10  – § 3º O disposto no caput não impede o acesso aos dados cadastrais que informem qualificação pessoal, filiação e endereço, na forma da lei, pelas autoridades administrativas que detenham competência legal para a sua requisição”

O que dizer diante disso? O tempo da diversidade, da imbecilidade e das notícias manipuladas pelo google para que prevaleça o relativismo está começando. Tempos difíceis virão! Esse é o reino da besta associado ao comunismo e a espionagem só trocou de lado.

Referências:
http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1238854&filename=Tramitacao-PL+2126%2F2011
http://netmundial.br/pt/blog/
https://apocalipsetotal.wordpress.com/2014/03/27/diversidade-cultural-e-a-cidadania-mundial/