Aristóteles e a Igreja Católica

Segundo o Instituto de Tecnologia de Massachusetts  a influência de Aristóteles  é superior a de Cristo. Isso acontece devido ao seu pensamento filosófico pagão  ser voltado para a forma mundana de pensar, ou seja, as pessoas amam mais as trevas:

“E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.”  (João 3 : 19)

O pensamento filosófico de Aristóteles entrou na igreja católica através da Razão. A razão, segundo Aristóteles, tem a função de classificar, separar e organizar o pensamento, por exemplo:  vamos imaginar uma lâmpada como objeto sensível. O raciocínio capta todas as informações sobre o sensível   que está desfragmentado e novamente é agrupado pelos  órgãos do sentidos (visão, tato e olfato…) até que esses reproduzam a imagem do objeto pensante.

São Tomas de Aquino foi a ponte para ligar o catolicismo ao paganismo filosófico. Ele utilizou o principio da razão de Aristóteles, adaptando dessa forma a Bíblia para a filosofia Hoje, todos os Papas acreditam que a razão aristotélica é caminho da verdade e exaltam suas virtudes:

….O meu venerado Predecessor, Papa João Paulo II, na sua Encíclica Fides et ratio recordava que São Tomás “foi sempre proposto pela Igreja como mestre de pensamento e modelo do modo reto de fazer teologia (…) São Tomás seja citado mais do que todos os outros, por sessenta e uma vezes! Ele foi denominado também o Doctor Angelicus, talvez pelas suas virtudes, de modo particular pela sublimidade do pensamento e pureza da vida….” (Bento XVI)

A  filosofia da era medieval tentou solucionar o problema entre fé e razão. E assim, surgiu a escolástica de Tomas de Aquino sistematizada em três principais categorias.

1) Racionalistas – Esse grupo acreditava na razão como o caminho da verdade, ou seja, acreditam não por que DEUS disse algo na Bíblia, mas através do próprio raciocínio.

2) Semirracionalistas – Os milagres e profecias criavam a razão que levava até a verdade.

3) Antiracionalistas – A fé estava acima da razão, não necessitando da mesma.

A primeira coisa que observamos é a substituição da Fé pela verdade, sendo que a Bíblia deixa muito claro o que é a fé em Hebreus 13, ou seja, um estado mental que nos leva a ter certeza de algo que ainda não se vê. Essa substituição fez com que a verdade da Bíblia fosse trocada por opiniões produzidas pelo intelecto humano cheio de falhas na razão.

Ora, o que é a razão? Ela possui vários significados. Alguns exemplos com frases: Você perdeu a razão? Qual a razão de fazer tal coisa? Você tem Razão!  A biologia  criou no passado a hierarquia das raças e através disso surgiu o racismo, ou seja, a razão do racismo foi comprovada cientificamente e deu origem também a razão cientifica do nazismo. Muito tempo depois a tese desabou devido a sua irracionalidade preconceituosa.

Dessa forma, a razão católica ficou dividida apenas nos dois primeiros itens ( Racionalistas e Semirracionaistas) até os dias de hoje.

Como vimos acima, o racionalismo transforma a razão em algo cruel. Foi assim que surgiu a contra reforma e a inquisição. Nesse período a igreja se tornou dogmática, ou seja,  detentora da razão que não poderia ser questionada por ninguém.

Como vimos no pensamento filosófico de Aristóteles, a razão classifica, separa e organiza. No lugar do exemplo da luz vamos colocar como objeto pensante a inquisição. Teria razão cria-la?  Para esse pergunta, os líderes do catolicismo consultaram os escritos de Aristóteles, São Tomas de Aquino e a Bíblia, claro que nessa altura as interpretações eram totalmente erradas. E diante dessa nova razão a inquisição foi aprovada.

O que foi feito no passado já foi preparado pela ordem mundial de Baha’u’lllah em sua epístola enviada ao papa. Sábia e verdadeira a palavra de DEUS descrita pelo Apóstolo Paulo, pois o espírito da apostasia sempre esteve operante. Satanás apenas usou Aristóteles e Tomas de Aquino para concluir seu plano em nosso tempo.

Como os racionalistas acreditam mais na ciência, fatalmente se curvarão diante de Baha’u’llah, pois sua manifestação será comprovada.Os semirracionalistas acreditam no milagre. Ora, a imagem de Baha’u’llah  será visto como o maior de todos os tempos. Já  os  antiracionalistas foram banidos da igreja.

“E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira;”  (II Tessalonicenses 2 : 11)

A razão é algo muito amplo na filosofia e abre caminhos terríveis para a nova ordem mundial. Assim que DEUS permitir vamos continuar o estudo dentro da igreja evangélica através  da infiltração do pensamento filosófico de  São tomas de Aquino e Santo Agostinho.

Referências:
http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/audiences/2010/documents/hf_ben-xvi_aud_20100602_po.html
https://apocalipsetotal.wordpress.com/2014/03/27/diversidade-cultural-e-a-cidadania-mundial/
https://apocalipsetotal.wordpress.com/2014/03/23/aristoteles-e-o-mais-famoso-que-jesus-cristo-diz-pesquisa/
https://apocalipsetotal.wordpress.com/2009/02/13/a-epistola-do-papa-lawh-in-pap/

Anúncios