As verdadeiras comemorações do dia internacional da mulher

atualizado em 12/03/14

1) A origem duvidosa. Reza a lenda que a data surgiu após centenas de mulheres serem queimadas em um protesto por melhores condições de trabalho em 08 de Março de 1857. É de se estranhar que ninguém saiba o nome dessa fábrica.

Leita também: O mito de 1857- Como surgiu o Dia Internacional da Mulher

2) Igrejas fazem cultos especiais no estilo do clube da luluzinha. Só mulheres entram! Aos homens restam se esconderem em pequenos grupos atrás de uma igreja qualquer. Ah! E se um for pego entrando por engano logo se sentirá como se tivesse entrado no vestiário feminino.

“Somos todos o corpo de Cristo. Amém?”, grita uma “ irmã” histérica que não sabe a ironia e hipocrisia de suas palavras. Jesus nunca fez culto especial para um tipo de pessoa.

3) O comércio comemora colocando as roupas masculinas no fundo da loja e deixando centenas de metros quadrados para as mulheres. Para o vestiário masculino restam apenas algumas poucas peças  no fundo – bem no fundo – de uma loja, pois ainda tem a disputa com a roupa infantil e de gays.

4) A presidanta do Brasil apresenta suas estatísticas fantasiosas para conseguir mais empréstimos com o Banco Mundial e a ONU.

5) No Vaticano, o velho Chico faz um discurso parecido (um discurso de chefe de estado para ser mais preciso) e nessa  teoria as mulheres precisam participar mais da sua igreja.

6) As abortistas se desesperam para matar fetos ou bebes formados. É a sede sangue que corre pela boca.

7)Vislumbrarei o dia em que o sol dos direitos humanos tão cuidadosamente criado por Baha’u’llah produza mais frutos como: A bíblia do homem negro, da mulher negra, da loira de olhos azuis, da loira de olhos verdes, do gordo, do magro, do míope,  do índio, do surfista, do maconheiro, do zumbi…Diversidade é isso..nunca tem fim!

8) “…A igreja universal fecha com chave de ouro o dia da mulher em um artigo com essa frase: “…A promessa do Anjo foi cumprida, Ismael se tornou o patriarca de um dos maiores povos do mundo, mas tudo foi feito pelas mãos de sua mãe…”

Triste interpretação dessa seita pagã! A Bíblia é clara quando faz uma alegoria entre as duas alianças, ou seja, a de Sara (a da promessa) e Agar (a da escravidão)

“O que se entende por alegoria; porque estas são as duas alianças; uma, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar.”  (Gálatas 4 : 24)

Ora, de Agar veio Ismael e de Ismael veio Maomé, fundador do Islã. Após sua morte o islã se dividiu em 12 tribos, exatamente como descrito em Gênesis. Essas tribos criaram califados até a genealogia de Hussein. E aqui nasce Baha’u’llah, o oitavo rei, também conhecido como Mirzá Hussein Ali Nuri, o criador do principio de igualdade entre homens e mulheres.

Mas como vimos isso na prática só gera apostasia e unicidade para a nova ordem mundial do cristo cósmico.  Parabéns Edir Macedo ou melhor Sacerdote abortista! A sua barbinha de feiticeiro no estilo Zé do Caixão já está produzindo seus frutos!

http://estudosdafe.wordpress.com/category/04-a-revelacao-progressiva/

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/07/31/os-principios-sociais-da-nova-ordem-mundial-%E2%80%93-parte-4/

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,em-pronunciamento-as-mulheres-dilma-diz-que-e-preciso-fazer-muito-mais,1138682,0.htm

http://br.noticias.yahoo.com/espanha-direito-ao-aborto-igualdade-trabalho-dominam-atos-214429631.html

http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?&id=99358

http://www.universal.org/noticia/2014/03/08/conheca-a-historia-de-agar-a-escrava-que-foi-abencoada-28988.html

.