Katy Perry destaca nova ordem mundial em novo clip

Na dúvida sobre que lado ficar, Katty Perry faz propaganda da nova ordem mundial de Baha’u’llah e illuminati ao mesmo tempo em seu novo clip.

O condicionamento para a nova ordem mundial de Baha’’u’llah é representado pelo seu principio da diversidade sobre a igualdade entre homens e mulheres, Na prática esse princípio se transforma na agenda feminista.

Para divulgar a agenda feminista Katy humilha os homens nesse novo clip. Ela aparece como uma deusa, mais especificamente a deusa dos gatos Baset. Cada homem deve apresentar uma oferenda para ela, porém todos são reprovados e viram areia. Até o deus crocodilo Sebek se apresenta como oferenda, mas também é reprovado virando areia. Apenas o faraó é transformado em cachorro.

A ordem iluminati está bem descarada no clip. Ela aparece através do olho de Hórus nos cabelos, na maquiagem do olho e na lente para reconhecer as riquezas desse mundo como o diamante. Para representar o sacrifício do diamante surge um  escravo negro sem braços dançando É impossível não lembrar dos massacres em Serra Leoa na África onde milhares de pessoas tiveram seus braços cortados. Esse ritual é muito utilizado para punir quem se atrevesse a roubar um diamante do imperialismo americano por lá.

O destaque vai para uma das últimas cenas. O faraó mostra uma pirâmide como fosse de ouro para Katy que vai até o topo dela, isso representa que ele chegou na sabedoria máxima dos mistérios ocultistas. Ao chegar no topo uma nova pirâmide tecnológica surge para iniciar a era tecnotrônica, onde seremos rastreados, monitorados e vigiados de uma forma mais tirana ainda. Observe que a pirâmide não está completa e o topo fica suspenso. Isso representa a transição do poder tecnológico  entre o imperialismo babilônico americano e o sistema comunista de Gogue e Magogue ( Rússia e China).

Anúncios