O presidente do Uruguai está possesso pelo espírito da unicidade

O presidente do Uruguai foi o primeiro a ser possesso pelo espírito da unicidade do cristo cósmico Baha’u’llah. no sentido de um mundo unificado.  Através de uma palavra do seu filho em 1912, os espíritos que habitam nas s regiões celestiais do mal começaram a procurar um hospedeiro.  Eis que depois de algum tempo o acharam:

“Não existirão nações com fronteiras separadas e restritas – tal como a Pérsia, por exemplo. Os Estados Unidos da América serão apenas um nome. Alemanha, França, Inglaterra, Turquia, Arábia – todas essas nações serão interligadas em união. Quando se perguntar às pessoas do futuro: “Qual a sua nacionalidade?”, a resposta será: “Pertenço à nação da humanidade. Vivo à sombra de Bahá’u’lláh. Sou servo de Bahá’u’lláh (16 DE ABRIL DE 1912 Palestra  de Abdu’l’Bahá no Hotel Ansonia para os Amigos Bahá’ís de Nova Jersey . Esquina das Ruas Broadway com Setenta e Três, Nova Iorque)”.

 Ora, qual é o problema das pessoas viverem em um mundo sem fronteiras ou em uma torre de Babel? Entre os vários problemas sociais que podem surgir temos o problema da ética e moral. O que é ético para um povo não será para outro, ofendendo assim a moral. É por isso que surgirá a necessidade uma polícia mundial que é o exercito mundial de Baha’u’llah para supostamente manter a ordem. Mas na prática só teremos um aumento do número de extermínios e nada mais.

 http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/mujica-quer-cidadao-do-mercosul-com-residencia-no-uruguai

Anúncios