Seguro evangélico e o caminho para a economia da besta

“E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.”  (II Pedro 2 : 3)

Primeiro foi o Apóstolo Valdemiro Santiago e agora chegou a vez de Silas Malafaia investir no ramo de seguros.

Na medida em que acompanhamos o mundo sendo organizado para apreciar o abismo da perdição na economia divina do cristo cósmico Baha’u’llah, mais líderes supostamente cristãos inclinam para as delicias da prosperidade de seu reinado.

A economia divina de Baha’u’llah é formada por uma série de movimentações financeiras, por exemplo:  Quando lemos o Apocalipse temos uma série de eventos catastróficos que estão se transformando em fonte de lucro especulativo no presente para as empresas de seguro.O ato de comprar e vender através dos seus princípios vai desde as necessidades básicas de alimentação até vendas sofisticadas. Nesse caso, sobra uma fatia para as seguradoras.

O mercado de seguros representa 4% do PIB brasileiro e esse ano  pretendem lucrar R$.289,4 Bilhões através da mais diversas apólices. Essas cifras com certeza transformaram os olhos de Malafia $$$$.

A força motriz da economia descrita em Apocalipse 13:17, na qual a ordem de Baha’u’llah vem concretizando, está nos pobres. É por isso que o pastor resolveu investir nas classes C e D, embora a foto publicitária não se encaixe no perfil. Isso acontece por que os pobres costumam honrar seus compromissos, já os ricos se sentem orgulhos em administrar suas dívidas dando calotes pelo mundo.

seguro malafaia

Além de seguir todos os princípios acima, Malafaia inclina o seu coração para o sentido esotérico do reino de Abhá. Isso pode ser visto no valor do seu seguro que é R.9,99, formando assim a tríade satânica da nova  (sinal, nome e número de letras do nome do cristo cósmico). Provavelmente a unção do nove que Morris Cerrulo ungiu o renomado pastor começa a fazer efeitos.

Se refletimos um pouco sobre isso veremos que o mercado financeiro sempre adota essa pratica ilusória absurda.O efeito de 9  não é 10 faz com que algumas pessoas enxerguem um valor menor que não existe.

O que dizer diante de tudo isso?  Continue nesse caminho Malafaia e você  verá onde vai parar no final dos tempos quando estiver adorando a besta do abismo e sua economia.Aproveite para se afundar mais no abismo da avareza investindo no ramo de seguro saúde.

Louco! A sua unção foi retirada. A fé que deveria passar para as pessoas e a segurança na palavra de DEUS se transformaram em apólices, Apesar de ser rico é o mais pobre entre os homens. O seu seguro é uma fraude lucrativa, pois  sabemos que a taxa em  acidentes em ônibus coletivos  é muito pequena, por exemplo. Com certeza até o diabo tem vergonha dessa avareza.

“Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?”  (Lucas 12 : 20)

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/08/01/os-principios-sociais-da-nova-ordem-mundial-%E2%80%93-parte-5/
http://www.irb-brasilre.com.br/blog/2013/04/a-expansao-do-mercado-de-seguros-no-brasil/
http://www.vitoriaemcristo.org/_gutenweb/_site/gw-noticias-detalhe/?cod=879

Anúncios