TRABALHO EM EQUIPE

Foi realizada uma competição entre a equipe de remo do Japão e a equipe de remo brasileira.
A competição se inicia, mas o resultado não é favorável para a equipe brasileira. Ela chegou com uma hora de atraso em relação aos japoneses. Indignados, os brasileiros fizeram várias reuniões para averiguar a causa da derrota. Assim ficou o resumo do relatório que fazia a comparação das equipes:

Japão:
* 1 Chefe de Equipe
* 10 Remadores

Brasil:
* 10 Chefes de Equipe
* 1 Remador

Descoberto o grande erro, a equipe brasileira foi remodelada para a próxima competição. Porém, perderam novamente e,dessa vez, o atraso foi de 2 horas. Mais uma vez foram convocadas reuniões e viagens para o estudo das causas. Segue o resumo:

Japão:
* 1 Chefe de Equipe
* 10 Remadores

Brasil:
* 1 Chefe de Equipe
* 3 Chefes de Departamento
* 6 Auxiliares de Chefia
* 1 Remador

Outra vez o erro foi identificado e uma nova equipe foi montada. Tudo foi levado em conta: resizing, downsizing, GQT e ainda economistas opinando, conceitos de modernidade e globalização passaram a ser considerados. Porém, na hora da competição, o Brasil chegou com 3 horas de atraso. Mais reuniões, encontros etc. Foi feito outro levantamento:

Japão:
* 1 Chefe de Equipe
* 10 Remadores

Brasil:
* 1 Chefe de Equipe
* 3 Chefes de Departamento
* 2 Analistas de O&M
* 2 Controllers
* 1 Auditor Independente
* 1 Gerente de Qualidade Total
* 1 Remador

Depois de muitos argumentos e discussões, chegaram às seguintes conclusões definitivas:

1. O problema era, claro e evidente, a incapacidade do remador, que, com certeza, por culpa de influência do Sindicato e por causa de sua falta de treinamento generalista não era capaz de exercer sua atividade com eficiência.

2. A solução era privatizar ou terceirizar e/ou contratar um remador que não fosse da folha do clube.

Agora o pior:
Essa história veio dos EUA, e foi apresentada por um professor da Universidade de Maryland, sobre a administração no Brasil, como piada em sala de aula.

XXXX

Para complementar o raciocínio da professora, eis um exemplo: A nova equipe do Brasil seria:

* 1 Chefe de Equipe
* 3 Chefes de Departamento
* 2 Analistas de O&M
* 2 Controllers
* 1 Auditor Independente
* 1 Gerente de Qualidade Total
* 1 Remador  terceirizado por uma empresa ligada ao governo não compareceu ao trabalho devido aos maus tratos. O mesmo foi substituído por um outro de uma empresa quarteirizada  ligada a empresa terceirizada, porém o seu custo era mais caro que os outros dez funcionários. O remador oficial do clube teve o seu cargo extinto. Até tentou voltar, mas o governo alegou falta de verba, pois precisou aumentar 10 vezes o salário do chefe de equipe (um cabide de emprego) e dos 3 chefes de departamento. Como solução provisória foi contratado um remador quinteirizado. O mesmo foi aceito após uma licitação, onde a primeira empresa terceirizada contratou a quarteirizada que indicou a quinteirizada.

O Brasil perdeu novamente a competição, mas agora foi aberta uma CPI que investiga o caso. Para solucionar o problema, foram indicados 1 chefe de Equipe, 3 Chefes de departamento…

A professora demonstrou muito bem o que é a privatização, por isso:

NÃO AO PODER ENTERNO DO PSDB.  GERALDO ALCKMIN  SÃO PAULO NÃO TE PERTENCE A VOCÊ E SUAS EMPRESAS!