Comunicado

Ao hacker chamado “Carolzinha ”  que está tentando retirar o blog do ar. O artigo que fala a verdade sobre a banda diante do trono e a apostasia do mundo gospel não será deletado.

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2012/12/06/os-perdedores-do-trofeu-de-promessas/

Agora pare com seus ataques  e me deixe em paz!

 

Anúncios

Vale Cultura e a imbecilização coletiva

No dia 23/05/2013 Marta Suplicy inaugurou o programa que representa o ápice do seu Ministério, o Vale Cultura, um cartão magnético com o valor de R$.50,00.

 A empresa deverá se cadastrar no programa e as operadoras de cartões como a sodexo serão responsáveis pela administração do cartão.Segundo Marta, será descontado do holerite do funcionário R$.5,00 e as empresas terão um pequeno desconto no imposto de renda. Mas isso só vale para empresas privadas, funcionários públicos estão de fora do projeto.

 O projeto começou todo errado, provavelmente de forma proposital pelo PT. O nome do cartão deveria ser Vale Entretenimento e não Vale Cultura. Podemos entender por cultura o fornecimento de materiais educativos que visam criar uma consciência social, política, econômica do cidadão. Já o entretenimento vai desde  uma satisfação egocêntrica até um interesse coletivo governamental socialista, entende-se aqui imbecilização das massas.É mais ou menos isso que a Marta disse nessa pérola de frase sobre o que pode se fazer com o vale:

 “Se ele quiser comprar revista de quinta categoria, assim ou assado, pode. Vai poder comprar o que quiser. O bom disso é a liberdade do trabalhador. Ele vai fazer o consumo como ele desejar”, disse Marta em entrevista ao programa “Bom Dia Ministro”, da empresa estatal EBC.

 Ora, a tendência é que o ser humano sem a luz de JESUS se incline para as trevas e todo tipo de desejo carnal:

 “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.”  (João 3 : 19)

 O vale cultura induz ao consumismo desenfreado e também para sustentar a máfia da industria pornográfica que está associada ao tráfico. O mesmo pode ser aplicado quando as pessoas comprarem as revistas de fofoquinha de novela ou fofoquinhas sobre futebol. Esses são os dois maiores seguimentos de manipulação das massas.

 Além dessa frase estúpida descrita acima,  a Ministra soltou outra pérola em uma entrevista dizendo que  o principal foco do projeto é o cinema. É muito raro ter um filme brasileiro que preste. A maioria deles possuem os insuportáveis atores da TV Globo, por isso se parecem mais com uma novela. O cinema de hoje apresenta em sua maior parte ideologias socialistas que visam imbecilizar o povo. Para dar um exemplo disso, um dos filmes mais recentes que será produzido pelo governo será sobre a adoração a um time de futebol do Rio de Janeiro.

O Vale Cultura foi inspirado em um dos princípios do cristo cósmico  Baha’u’llah, nesse caso a livre e independente busca pela verdade, ou seja o relativismo. Essa filosofia tem como meta impedir que a pessoa chegue a uma verdade objetiva.

 A implantação do  relativismo também era  a menina dos olhos de Karl Max, pois é através dele que o seu sonho de destruir o cristianismo e a moral se concretizará muito em breve. A veracidade dessa informação pode ser vista no trecho abaixo que foi retirado do manifesto comunista:

 “…Além disso, há verdades eternas, como a liberdade, a justiça, etc., que são comuns a todos os regimes sociais. Mas o comunismo quer abolir estas verdades eternas, quer abolir a religião e a moral..”

 Agora vejamos a sincronia do que Karl Max deixou com essa frase de Marta: “Se ele quiser comprar revista de quinta categoria, assim ou assado, pode..”. Ora, o Vale Cultura só tem com meta abolir as verdades eternas e nada mais. Infelizmente essa imbecilização coletiva criará uma sociedade como descrito na profecia abaixo:

 “Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,”  (II Timóteo 3 : 2)

 Como sabemos, Marta é uma ativista gay e o Vale Cultura é uma fonte inesgotável para “incentivar” crianças a saírem armário. Não só isso mas, também uma fonte de perversão que será investida no lucrativo mercado LGBTS.

 Que o Senhor Jesus possa colocar um freio na mente desses governantes malucos, pois se continuarmos nesse raciocínio em breve teremos vale prostituição do deputado Jean Wyllys, vale maconha (o usuário poderá comprar seu baseado nos bares credenciados pela deputada Soninha) e outros mais…

http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2013/01/pode-comprar-revista-porcaria-diz-marta-sobre-vale-cultura.html