O Papa Francisco I troca de brasão e fica mais próximo de Baha’u’llah

Um pouco antes do Estado do Vaticano  existir o Papa Pio IX foi agraciado com uma epístola de Baha’u’llah, onde ele ordena que o mesmo proclamasse a sua nova ordem mundial:

“1. Ó PAPA! Rasgue o véu em pedaços! Aquele que é o Senhor dos Senhores, o Rei dos Reis, veio escondido sobre as nuvens (….) Cabe a ti, portanto, dissipar as nuvens e proclamar Bahá’u’lláh, o esplendor da Autoridade do teu Senhor…” ( Lawn in pope- Baha’u’llah)

Porém, a maioria dos papas não obedeceram Baha’u’llah quando escolheram seus brasões, mas o Papa Francisco I foi o que mais inclinou o coração para o reino de Abhá. Antes dele o Brasão de Ângelo Scola era o que mais se aproximava, mas ele não foi eleito.
brasão francisco I

O  brasão antigo de Francisco estava mais ligado a iniciação nos mistérios menores da maçonaria, pois usava o pentagrama de Baphomet. Mas com o novo brasão Francisco I se torna um iniciado na simbologia dos mistérios maiores da maçonaria que vão de encontro com o símbolos Bahá’is.

O símbolo da ordem dos jesuítas e o sol que representa a oitava manifestação do cristo cósmico foram preservados, porém Francisco trocou o pentagrama de Baphomet pela estrela de oito pontas. Essa estrela encontra-se nos jardins da tumba do cristo cósmico Baha’u’llah (foto).

O cacho de uva foi trocado pela flor de  nardo que possui dois  3 significados:

1) Esqueça esse negócio de que ele representa José ou São José como os católicos dizem. Isso é tão mentiroso que o Vaticano usou esse argumento tanto para o cacho de uva como a flor de nardo.

2) Na maçonaria e  para outros esotéricos  a flor de nardo faz parte do processo de renascimento do mito da fênix.  Segundo a lenda  quando essa ave está  para morrer ela faz um ninho e faz uma essência usando  o cinamomo, nardo e mirra. Depois ela constrói uma pira a qual se coloca e morre exalando o aroma produzido por essa combinação. E assim, surge uma nova fênix renovada.

Para a ordem mundial de Baha’u’llah, essa feitiçaria representa não só o seu renascimento ou manifestação espiritual através da alquimia, mas também o aumento do poder papal após a queda da Babilônia americana, pois esse é o símbolo desse país que será devastado e depois voltará, mas submisso a Gogue e Magogue ( Rússia e China)

3) A perfume dessa flor também encontra-se na Bíblia :

“Então Maria, tomando um arrátel de ungüento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento.”  (João 12 : 3)

Mais adiante nesse capítulo JESUS pede para deixar esse perfume para o dia da sua sepultura, mas quando Maria chegou ao local já tinha acontecido a ressurreição do Cristo.
Para a ordem mundial de Baha’u’llah essa simbologia representa ele tapeando o papa se fazendo passar por JESUS com os seus sinais e usando a Bíblia de forma distorcida.

Mas Baha’u’llah não fará os seus sinais sozinho e terá como ajuda os futuros líderes da Casa Universal de Justiça e Guardiania, biblicamente a besta de dois chifres. São esses homens que mesmo distante do papa farão a ponte dessa apostasia.

E lá vamos nós para mais um candidato a falso profeta que agora está oficializado após a escolha do seu brasão, mas como Francisco é impossível e só me apronta não duvido dele trocar novamente.

Referências:
https://apocalipsetotal.wordpress.com/2013/03/24/o-ocultismo-no-brasao-do-papa-francisco-i/
Obs. A Casa Universal de Justiça ,quando soube que esse cristão que vos escreve estava começando a denunciar os planos de Baha’u’llah,  mudou a tradução da epístola retirando o nome do cristo cósmico.
http://www.planetbahai.org/cgi-bin/articles.pl?article=166