As sete cabeças da besta – III

Nos estudos anteriores sobre a apostasia Bíblica vimos 3 interpretações. A primeira foi a das bestas adventistas que é formada pela famosa teoria dos papas de Elen G. White e alguns impérios do mundo antigo (essa é a mais nova versão). O outro estudo se refere as sete cabeças da besta na visão católica,  formada por imperadores romanos.

Nesse novo estudo vamos  conhecer uma interpretação que  se refere a sete principados , são eles:

1º PRINCIPADO REI [INSTRUMENTO HUMANO: CAIM]
2º PRINCIPADO REI [INSTRUMENTO HUMANO: NINRODE]
3º PRINCIPADO REI [INSTRUMENTO HUMANO: NABUCODONOZOR]
4º PRINCIPADO REI [INSTRUMENTO HUMANO: REIS DO IMPÉRIO MEDO-PERSA]
5º PRINCIPADO REI [INSTRUMENTO HUMANO: ALEXANDRE]
6º PRINCIPADO REI [INSTRUMENTO HUMANO: CÉSARES]
7º PRINCIPADO REI [INSTRUMENTO HUMANO: HITLER]

Essa nova teoria está baseada na divisão de sete principais governantes que criaram esses  reinos,  mas isso não está de acordo com as escrituras e nem com a eficácia de satanás para produzir a besta do abismo.

O primeiro erro de interpretação está nos “ sete principados”. Ora, se esse fosse essa a intenção do Apóstolo  João ele teria adicionado a palavra “principado”   no versículo abaixo:

“E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo.”  (Apocalipse 17 : 10)

Por isso são sete reis e não sete principados reis. A palavra principados nesse caso deveria estar relacionada apenas aos demônios e não  homens, pois principados ou qualquer hierarquia de demônio opera diretamente na vida humana, por exemplo, o versículo abaixo narra a cura de um endemoninhado. Os esotéricos do tempo de JESUS blasfemaram e  pensaram que ELE trabalhava para Belzebu, criando assim um principado de submmissão.

“Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios.”  (Mateus 12 : 24)

Outro erro gravíssimo de interpretação está nesse trecho:  “…As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada [tempo presente: em 90 d.C a mulher já estava assentada sobre sete montes] [Apocalipse 17:8-9]…”

O ano 90 citado não serve como referência em hipótese alguma, pois trata-se de um evento futuro. Essa mulher que é a Babilônia será devastada pelo reinado do Anticristo (a besta de 10 chifres) no futuro e não no passado como descrito pelo autor, pois ainda não temos os reinos formados:

“E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo.”  (Apocalipse 17 : 16)

Outro erro está escrito mais adiante nesse trecho:  “…Sem dúvidas, como mostra claramente Apocalipse 17:18, essa mulher se refere a Roma..”

Aqui vemos uma fusão da interpretação adventista com essa nova teoria. Já está mais do que provado que a Babilônia não é Roma. O evento relatado em Apocalipse está se referindo para um futuro um pouco distante e não ao ano 90 DC.Além disso, o império Romano não foi destruído pelo fogo, os mercadores da terra não choraram pela queda de Roma, a sua moeda não era referência mundial e muito menos  suas artes eram exportadas para o mundo inteiro (Apocalipse 18). Lamentável!

O império romano foi destruído de forma natural. Com o fim das conquistas,  principal fonte de escravos,  a economia foi abalada. Além disso, existiu muita disputa pelo poder e o exército legionário entrou em decadência. E assim, o império foi dividido e iniciou-se a invasão dos bárbaros germânicos no século V.

Outro erro (esse infelizmente nunca vão se arrepender de cometer)  é achar  que o anticristo e a besta do abismo são as mesmas pessoas.

Devido ao pouco tempo para escrever o post, abaixo segue apenas os principais erros  desses principados:

Nenhum desses homens deixaram algo escrito para que um descente ou seguidor seu o retirasse do abismo.

A genealogia de Caim, por exemplo, possui vários líderes de povos, por isso não teríamos sete reis e sim milhares deles. Não existe espaço para o primitivismo de Caim em um mundo globalizado.

Todos os principados citados nesse estudo  são governos antiquados, ultrapassados  e sem qualquer tecnologia , por isso  não podem ser colocados  em prática nos dias atuais.

Infelizmente o autor não está preparado para o alimento sólido, ou seja, saber discernir o bem do mal no requisito de retirada da besta do abismo:

“Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.”  (Hebreus 5 : 14)

Para retirar a verdadeira besta do abismo um dos artefatos mágicos básicos para o ritual, isso segundo a eficácia de satanás, são os ossos. Pegaremos como exemplo a profecia de Tupã Tenodé que aguarda a chegada do “grande índio cósmico” (índio que é cantado e amando nas canções de Caetano Veloso):

Profecias Tupã Tenondé – “ Depois de fundir-se o espaço e amanhecer um novo tempo, eu hei de fazer que circule a palavra-alma novamente pelos osso de quem se põe de pé …”“ Quando isso acontecer Tupã renascerá no coração do estrangeiro; e os primeiros adornados novamente se erguerão na morada terrena por toda a sua extensão.” Tradição Sagrada Guarani – clã guarani Jequakava

Nenhum desses principados reis possuem  tumbas. Nem mesmo Hitler, pois em  4 de Abril de 1970 uma equipe soviética da KGB exumou o seu corpo queimado-o completamente e jogando as cinzas para que seus ossos não virassem um artefato de  culto ao nazismo.

Para terminar vamos ao local onde está a besta do abismo. No estado de Israel a besta do abismo vai matar as Testemunhas Mártires:

“E jazerão os seus corpos mortos na praça da grande cidade que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde o seu Senhor também foi crucificado.”  (Apocalipse 11 : 8)

Ou seja, é evidente que a besta do abismo e suas instituições governamentais estejam por lá  para dar a ordem de matar. Qual instituição governamental Caim deixou para os dias de hoje? Caim deixou algum local para que possamos achar seus ossos ou o corpo de Nirode está em Israel? Existe algum memorial de Hitler em Israel para que ele seja cultuado? Ora, a resposta e não para todas essas perguntas.

“Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.”  (Mateus 22 : 29)

Conclusão:
Agora temos as seguintes interpretações

– A desconhecida revelação progressiva Bahá’i que é rejeitada e odiada por 9 em cada 10 sites católicos, evangélicos, maçônicos, bahaistas, iluministas, ocultistas, adventistas, Testemunhas de Jeová e esotéricos em geral  na internet, mesmo possuindo 99,9% de concordância com as profecias do Apocalipse referente as sete cabeças da besta.
[1] http://estudosdafe.wordpress.com/category/04-a-revelacao-progressiva/

– A teoria dos papas que é aceita e amada  por 9 em cada 10 sites da internet
https://apocalipsetotal.wordpress.com/2013/02/13/uma-analise-das-duas-bestas-adventistas/

– A teoria dos imperadores  romanos da interpretação católica, aceita por 10 em cada 10 católicos.
http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=cartas&subsecao=doutrina&artigo=20061002135848&lang=bra

– Essa nova teoria apresentada hoje que ainda é um pouco desconhecida, mas sem base bílbica.
http://www.projetoomega.com/apc17.htm

Outra referência:

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2008/11/22/artefatos-magicos-%E2%80%93-o-santo-gral/

Anúncios