As mídias sociais e a policia do pensamento

Resumo: Os princípios de Baha’u’llah aplicados nas mídias sociais estão dando poderes totalitários aos governos. Nunca a policia do pensamento esteve tão presente em nossas vidas. “Guerra é paz. Liberdade é escravidão. Ignorância é força “

Dois casos de totalitarismo que estão sendo divulgados merecem um pouco mais de reflexão. O primeiro refere-se ao caso de um policial que publicou uma frase que foi considerada ofensiva. Quando observamos o texto abaixo fica claro que a intenção do policial não era ofender as mulheres que trabalham em sua delegacia.

twitter_delegado_rio

Na primeira frase ele valoriza o trabalho feminino e depois mostra o descontentamento com quase toda a sua equipe. A chefe da polícia civil Martha Rocha entendeu que o delegado feriu um dos princípios do cristo cósmico Baha’u’llah, nessa caso a [1]  igualdade entre homens e mulheres. Esse “lindo” principio na prática promete realmente uma igualdade, mas  quando aplicado na ideologia  do movimento feminista se transforma em uma arma de punição.

Martha Rocha é feminista convicta, possui tendências comunistas e a base da sua vida está alicerçada na “ternura” de Che Guevara.

Quando a filosofia Bahá’i é aplicada em um determinado segmento social organizado, ela tende a fazer com que essa minoria conquiste privilégios e poderes semelhantes aos praticados pelo nazismo. Nesse caso, grupos sociais (ativistas gays, feminista e outros) se consideram a classe dominante com o direito de oprimir e punir a classe social inferior (isso recebe o nome de unicidade global) Vamos para um exemplo prático.

No vídeo abaixo temos um ativismo do movimento feminista onde uma mulher dá um tiro na cabeça de um homem que está lendo jornal. Após a morte do mesmo elas festejam com fogos de artifícios, lambem o sangue da cabeça dele e dançam. Onde está a política do google para proibir a circulação dessa declaração de ódio? Esse vídeo é nojento, estúpido e causa repulsa quando alguém vê.  Ora, ela não existe, pois se isso acontecesse estaria sendo ferido o principio da unicidade descrito aqui.

O que estamos assistindo é o retorno do reinado de Jezabel, mulher de Acabe, na Terra. Ela foi o maior exemplo de ativismo feminista descrito na Bíblia. Acabe era um rei frouxo e ela sempre tomava as decisões por ele.

Porém ninguém fora como Acabe, que se vendera para fazer o que era mau aos olhos do SENHOR; porque Jezabel, sua mulher, o incitava. (I Reis 21 : 25)

O mesmo se aplica na batalha entre gays x cristãos. Os militantes gays matarão os cristãos no futuro em nome da unicidade por estarem protegidos pelas leis  globais de Baha’u’llah e da ONU.

Agora vamos para um outro caso que aconteceu no facebook. Em uma sala de aula nos EUA, as crianças estão brincando e resolvem colocar uma fita crepe na boca. A professora acha divertido,  tira a foto e coloca nessa mídia social. Isso foi suficiente para que ela também fosse demitida. Na prática essa professara  desrespeitou o estatuto da criança e do adolescente que transforma os pequeninos em verdadeiros demônios.A notícia é tão bizarra que o jornal G1 publicou em uma página específica de bizarrices.

Essa é a polícia do pensamento, extraída diretamente dos livros de George Orwel, onde as pessoas  fiéis a unicidade (os helicópteros) rastreiam as mídias sociais em busca do delito para enviar ao governo (a policia do pensamento).

“Na distância um helicóptero desceu beirando os telhados, pairou uns momentos como uma varejeira e depois se afastou num vôo em curva. Era a patrulha da policia espiando pelas janelas do povo. Mas as patrulhas não tinham importância. Só importava a policia do pensamento…” (George Orwel – 1984)

Guerra é paz – Estão matando   em nome da diversidade

Liberdade é escravidão – Sim! Temos liberdade de escrever, mas desde que esteja de acordo com a unicidade.

Ignorância é força  – Que a “ternura” do coração de Che Guevara o diga :
“O ódio é um fator de luta; O implacável ódio ao inimigo impulsiona para além das limitações naturais do ser humano e o transforma em uma efetiva, violenta, seletiva e fria máquina de matar. É assim que nossos soldados devem ser; um povo sem ódio não pode aniquilar um inimigo brutal”.(Che Guevara)

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2010/07/31/os-principios-sociais-da-nova-ordem-mundial-%E2%80%93-parte-4/

http://www.unifem.org.br/

http://www.rj.gov.br/web/imprensa/exibeconteudo?article-id=356829

http://m.g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/01/fui-injusticado-diz-delegado-afastado-no-rj-apos-criticas-no-twitter.html

http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2013/01/professora-e-demitida-por-postar-foto-de-alunos-com-fita-adesiva-na-boca.html

http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/13415-redefinindo-guevara-che-o-acougueiro.html

Anúncios