ONU tenta espiritualizar a Palestina

Recentemente, a faixa de Gaza  ou os palestinos conseguiram ser agraciados pela ONU como observadores. Quando estudamos em forma de diagrama a  [1] Ordem Mundial de Baha’u’llah observamos que o Vaticano possui o mesmo status, porém a sua influência espiritual é de extrema importância.

A ONU está conseguindo aos poucos que o Vaticano passe a ser o mediador espiritual do velho conflito entre Palestina x Israel, pois a função do papa é se transformar no falso profeta na ordem mundial de Baha’u’llah. Na notícia abaixo podemos ver como essa parceria está sendo feita. A Santa Sé renova o compromisso de transformar Jerusalém em uma área internacional:

“…A Santa Sé declarou que a decisão da Assembleia Geral “exprime os sentimentos da maioria dos membros da comunidade internacional e concede aos palestinos uma presença mais significativa no seio da ONU”….No mesmo comunicado, o Vaticano lembra a “posição comum da Santa Sé e da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) sobre o acordo fundamental (Basic Agreement) de 15 de Fevereiro de 2000 para o reconhecimento de um status especial internacional para a cidade de Jerusalém…”

Observe que o Vaticano mudou a sua pessoa jurídica para “Santa Sé”, dessa forma o Papa passa a representar uma  [2] monarquia absolutista em que  ele  é supostamente  indicado pelo próprio DEUS ou seja,  isso o transforma no líder mundial das religiões, tal como Baha’u’llah ordenou em [3] Epístola Reservada.

[1]- http://estudosdafe.wordpress.com/category/03-o-reino-de-abha/
[2] – http://www.espada.eti.br/cw-07.asp
[3] – http://estudosdafe.wordpress.com/2009/02/13/a-epistola-do-papa-lawh-in-pap/
http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=287963

Anúncios