Habino israelense profetiza a chegada da besta do abismo

Embora a mídia globalista apresente como solução para a faixa de gaza acordos políticos, essa disputa tem suas origens na espiritualidade. Por esse motivo, Shalon Hammer, rabino do exército de Israel  usou o versículo abaixo para anunciar que em breve o “messias” surgirá:

“Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas…” Zacarias 12:10)

Devido as limitações do twiter, o versículo não apareceu por completo. Hammer cometeu um erro de interpretação ao trazer para um tempo futuro algo que se cumpriu no passado. Nesse caso, a profecia se cumpriu quando o soldado transpassou a lança sobre o Senhor Jesus (João 19:37), mas como sabemos os judeus não aceitam o novo testamento.

Ao distorcerem as escrituras, ele está anunciando a futura  manifestação espiritual do cristo cósmico, como descrito em seu livro  KITÁB – I – ÍQÁN ( O livro da certeza), onde Baha’u’llah distorce as interpretações da Bíblia, do Tora e do Alcorão para justificar o seu reinado.

Uma  manifestação espiritual de Baha’u’llah colocará uma suposta paz provisória nos corações para que as lideranças iniciem um acordo de paz, pois os locais sagrados, principal motivo dessa disputa, serão compartilhados em nome da diversidade.

O cristo cósmico também propõe a construção de um templo no Monte Carmelo que já está devidamente marcado com um obelisco maçônico no local, pois quem iniciará  essa obra será o anticristo ou o executivo mundial. Mas para que essas obras iniciem, os governantes de Israel precisarão estar em paz com os palestinos, pois o templo ainda foi construído devido ao sistema antimísseis no Monte Carmelo. A construção do templo agora causaria interferência. E o pior de tudo é que essa paz prometida por Baha’u’llah também será algo temporário.

Dessa forma, os filisteus não precisarão roubar a arca da aliança  como fizeram no passado (I Samuel 5 : 2), pois terão dois lugares para cultuarem o seu deus, ou seja, em um futuro templo em Israel ou no Monte Carmelo.

Infelizmente vamos continuar vendo esse festival de mortes e sofrimento de ambos os lados por algum tempo, pois os interesses são totalmente políticos. Em Israel um político cruel e perverso querendo se reeleger  e na faixa de Gaza um bando de terroristas covardes com seus foguetes que usam crianças e civis como escudos.  Uma nova paz temporária vem e outra vai, mas as atrocidades continuam…

http://www.israeltoday.co.il/NewsItem/tabid/178/nid/23505/Default.aspx

Anúncios