A santificação no final dos tempos

Na media em que o  poder de restrição do Espírito Santo está sendo removido da Terra, podemos presenciar os estágios finais da implantação da unidade da diversidade do cristo cósmico Baha’u’llah.

O presidente americano mal acabou de ser eleito e alguns estados dos EUA aprovaram o uso da maconha para fins recreativos e os  gays levantam a bandeira da diversidade se casando.

Hoje já temos a tecnologia necessária para unificar o mundo e escravizar a humanidade,  seja por microchips ,  uma economia eletrônica ou o sinal unificador de Baha’u’llah implantado sobre nossas mãos ou testas. Somos filmados dezenas de vezes por dias e nossa “vida digital” está documentada  através dos mais diversos cartões que somos obrigados a usar.

A nossa vida trafega pela internet e os globalistas sonham com a criação de um banco de dados global, o “Big Data”, que será capaz de cruzar qualquer tipo de informação para vender ao governo e outros órgãos repressores que surgirão.

Todos esses acontecimentos nos levam a pensar na seguinte pergunta: O que está faltando para o cristo cósmico sair do abismo? A resposta está no versículo abaixo:

“E alguns dos entendidos cairão, para serem provados, purificados, e embranquecidos, até ao fim do tempo, porque será ainda para o tempo determinado.”  (Daniel 11 : 35)

Os cristãos que vivem no final dos tempos estão sendo tentados e provados de uma forma intensa. Uso de bebidas, cigarros, adultério, fornicação, pornografia, uso de palavrões, desentendimento familiar, solidão, tristeza, angustia,  apostasia, depressão, ansiedade, ira, raiva, ódio, inveja, fofocas, discórdias  e até o divórcio são apenas algumas das barreiras que muitos estão enfrentando.

O momento exige que façamos um exame de consciência  para reconhecer onde estamos  errando para que DEUS nos ajude a sair desse lamaçal que nos rodeia. Não basta entender sobre a nova ordem mundial sem buscar pela santificação e o amor ao próximo, pois dessa forma corremos o risco de ser reprovados:

“Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra.”  (Tito 1 : 16)

Mesmo que algum de nós caia em pecado não podemos perder a esperança da santificação e se o diabo nos acusa de algo é necessário pedir o perdão a DEUS em nome de Jesus.
E assim, acreditar pela fé  que o pecado não terá domínio sobre nós e que nossas almas possam estar  prontas para o arrebatamento ou preparada para a morte.

“Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.”  (Apocalipse 22 : 11)

É justamente essa falta de santificação que está tirando o entendimento de alguns sobre o final dos tempos ou fazendo com que alguns percam o interesse pelas profecias:

“Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.”  (Daniel 12 : 10)

Que cada cristão possa ter um relacionamento pessoal com DEUS para que nossos  erros sejam corrigidos e que em breve Jesus nos de a paz na eternidade:

“Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.”  (Apocalipse 3 : 19)