Dia das lésbicas e comemorado com vitória sobre os gays

No dia 29 de agosto, data em que se comemora algo parecido com o orgulho lésbico, o movimento conseguiu uma vitória que, segundo a ONU, coloca as mulheres em “igualdade” com os gays.

Esse fenômeno do movimento feminista ,  inspirado no [1] princípio do cristo cósmico  Baha’u’llah sobre o fim de toda forma de preconceito, mostrou o ódio desse movimento  aos  homens, seja ele gay ou não, pois agora aquelas legendas dos movimentos homossexuais  foi unificada e o “L” de lésbicas deverá ser usado na frente ficando da seguinte forma: “LGBT”. Muito mais que apenas a letra “L” a ONU deixou claro que as prioridades do movimento lésbico como o aborto e  humilhar o  homem em todos os sentidos,  devem ser atenditas o mais rápido possível.

Resumo da notícia:  “…A Ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), Eleonora Meinicucci, divulgou um comunicado lembrando a data e destacando a criação da Coordenação Geral da Diversidade,  para a efetivação de políticas públicas que apoiem e fortaleçam a promoção da igualdade e valorização da diversidade (…) Um resultado simbólico dessa luta é a colocação da letra L, de lésbicas, na frente da sigla LGBT. Este foi um primeiro passo para que o movimento homossexual se comprometesse com a causa do lesbianismo…”

[1] É uma estupidez enorme dos nossos amigos Bahá’is acreditarem que os princípios de Baha’u’llah vão trazer a paz na terra. Prezados Bahá’is…olhem a desgraça que está acontecendo nessa notícia e em outras apresentadas nesse blog.

Vocês precisam entender de uma vez por todas que apresentar esses ensinamentos como filosofia para a humanidade vai despertar o lado mais corrupto e pervertido do coração humano; e mesmo se isso  fosse  de forma espiritual seria a mesma coisa, pois conversão, santificação, amor e salvação só existe um nome “ JESUS”. Baha’u’llah não pode fazer nada disso e digo mais…ele foi  enganado por satanás para ser a besta do abismo, porém não sigam o mesmo caminho. Convertam-se ao cristianismo!

 

http://www.unifem.org.br/