Terremotos no Irã e mais um passo para a unidade da humanidade

Os terremotos de sábado aconteceram com apenas 10 minutos de intervalo na região de Varzeghan, a 60 km de Tabriz, noroeste do Irã. De acordo com o Centro de Pesquisas Geológicas dos Estados Unidos, o primeiro terremoto, de magnitude 6.4, foi registrado a 60 km da cidade de Tabriz e a 9,9 km de profundidade. O segundo terremoto, que aconteceu apenas 11 minutos após o primeiro, atingiu magnitude 6.3 a 49 km da mesma cidade e em uma profundidade similar.

 Comentário:  Como descrito na Bíblia, os terremotos são acontecimentos que fazem parte das profecias sobre os finais dos tempos:

 “Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.”  (Mateus 24 : 7)

Apesar desses desastres levantem a cada dia mais suspeitas sobre o uso da tecnologia Haarp para fazer terremotos, o  processo de globalização, também conhecido como a nova ordem mundial, aproveita esses acontecimentos para implantar a agenda global.

 Os números são mais do que cabalísticos:

 1) Dia do evento 11 (ordem illuminati) o EUA, inimigo declarado do Irã, aparece na mídia prestando serviços de “solidariedade” em nome da unidade mundial. Não se pode descartar a possibilidade de uma oferta em empréstimos para o país xiita.

2) Profundidade de 9,9 (ordem de Baha’u’llah). O local  onde aconteceu o desastre é muito próximo da cidade de Tabriz que foi usada até como referência pelos jornalistas. Ela nos faz lembrar do local onde surgiu e foi martirizado o arauto da fé Bahá’i, o Báb.

 E assim, temos mais um sacrifício cabalístico de sangue como oferenda ao deus-estrela renfã que é a imagem de Baha’u’llah.

“Antes tomastes o tabernáculo de Moloque, E a estrela do vosso deus Renfã, Figuras que vós fizestes para as adorar. Transportar-vos-ei, pois, para além da Babilônia.”  (Atos 7 : 43)

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/08/ira-encerra-resgate-apos-terremotos-e-revisa-mortos-para-227-diz-tv-estatal.html

Anúncios