Cern anuncia descoberta do que pode ser a ‘partícula de Deus’

Resumo da notícia: “Cientistas Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern) anunciaram nesta quarta-feira em uma conferência em Genebra, na Suíça, terem descoberto uma nova partícula subatômica que pode ser o tão procurado Bóson de Higgs, conhecido como a “partícula de Deus” e considerado crucial para entender a formação do Universo.”

Comentário: Os cientistas do Cern agora escutam a melodia entoada pelo cristo cósmico Baha’u’llah  em seu livro “Os Sete Vales”. Nesse vale, o peregrino busca a diferença entre os dois mundos que está no Bóson de Higgs. Abaixo temos uma dessas vozes que vem do além para instruir os estudiosos do nosso tempo:

“…Deves considerar a diferença entre esses dois mundos e os mistérios por eles encerrados, a fim de que possas atingir as confirmações divinas e as descobertas celestiais, e entrar nas regiões da santidade…” (VALE DA ADMIRAÇÃO – BAHA’U’LLAH).

Segundo esses cientistas, o Bóson de Higgs é a partícula que da origem a massa, ou seja, ela é uma espécie de portal entre os mundos.  Uma vez que esses estudos tenham progredido mais ainda, o LHC é a máquina que mais se aproxima para cumprir a profecia abaixo:

“E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.”  (Apocalipse 13 : 15)

Obs.: Baha’u’llah escreveu “Os Sete Vales” em 10 de abril de 1854 nas montanhas do Curdistão.

 http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5875379-EI8147,00-LHC+anuncia+descoberta+de+particula+que+pode+ser+boson+de+Higgs.html