Exemplos de preconceitos em nome da unidade da diversidade

“SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.”  (II Timóteo 3 : 1)

A cada dia um dos princípios do cristo cósmico Baha’u’llah  chamado “

 Eliminação de todos os tipos de preconceitos” e outros parecidos estão criando uma nova forma de discriminação social. O principio de igualdade criado por DEUS para os seres humanos aos poucos foi se transformando em um tal de “direitos humanos”. O nome pode até lembrar igualdade, mas leva um grupo social ou religioso a  ter uma supremacia sobre as demais pessoas e o apoio do governo para implantar uma determinada agenda.

Abaixo temos três exemplos sobre isso:

1) Oficina mecânica só para mulheres

Recentemente,  uma empresária decidiu criar uma oficina mecânica apenas para o público feminino. Isso mostra como o movimento feminista pretende humilhar e colocar o homem em um grau de inferioridade em nome da diversidade. Deus criou o homem e a mulher para se ajudarem entre si:

“E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora  idônea para ele.”  (Gênesis 2 : 18)

Também foi visto em outro post a “vitória” da igualdade entre homens e mulheres no Conselho Federal de Psicologia, onde 195 psicólogas para 20 psicólogos representa uma conta de equilíbrio. Nesse ponto George Orwell estava certo, pois 2+2=5 sempre que o governo quiser.

2) Hotel só para gays. Aqui mulheres não entram e se quiserem entrar devem pagar uma diária 100% mais cara:

“…Enquanto um quarto para um homem custará R$ 127 por 24 horas nas sextas, sábados e domingos – dias com tarifas mais caras -, a solteira que quiser conhecer o empreendimento, no entanto, terá que desembolsar R$ 12 mil por uma diária. ..“

“Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.”  (Romanos 1 : 22)

3) Censura em nome da diversidade religiosa

Na notícia abaixo, super tendenciosa e fabricada pela Revista Veja, os casos de agressões aos  Bahá’i no Irã estão sendo usados para implantar uma censura no futuro, ou seja, em nome da diversidade e para que não seja criado fanáticos como os malucos dos Iranianos, a censura fatalmente será implantada. Se depender da nova ordem mundial, blogs pacíficos como esse que apenas apresentam um ponto de vista inspirado na Bíblia serão retirados do ar.

Resumo da notícia: “… Brasil condena intolerância religiosa em sessão na ONU (…) Entre os pontos citados, está a discriminação contra a fé Bahai, cujos membros são perseguidos no Irã. É o segundo movimento da semana que mostra um distanciamento do Itamaraty em relação ao regime dos aiatolás (..) O documento afirma que o Brasil está preocupado com a situação dos seguidores de certas religiões que são alvos de discriminação em diversas partes do mundo, como as crenças de origem africana e a fé Bahai, um dos maiores grupos não muçulmanos, perseguidos no Irã.  “O Brasil reitera seu compromisso de assegurar uma sociedade plural, tolerante e livre. A liberdade de religião e de crenças é um direito fundamental garantido pela Constituição do país…”

 Na nova ordem mundial que está começando a surgir, se uma pessoa falar que só JESUS salva está cometendo um pecado contra a unidade da diversidade. Assim como o Apóstolo Paulo foi chamado de peste, isso também acontecerá com todos os cristãos verdadeiros:

 “Temos achado que este homem é uma peste, e promotor de sedições entre todos os judeus, por todo o mundo; e o principal defensor da seita dos nazarenos;”  (Atos 24 : 5)