O paganismo na imagem da Divina Misericórdia

A adoração ao quadro da Divina misericórdia surgiu quando a irmã Maria Faustina Kowalska recebeu um espírito se passando por JESUS em 1930. Foram tantas as mensagens que a irmã criou um diário, mas a principal canalização recebida diz que a imagem da divina misericórdia deverá ser adorada no mundo inteiro:

Mensagem do além atribuída a JESUS: “Pinta uma imagem de acordo com o modelo que vês com a inscrição embaixo: Jesus, eu confio em Vós! Desejo que esta imagem seja venerada primeiro na vossa capela e  depois no mundo inteiro.”

Esse espírito, se é que realmente era um, não possui as características do verdadeiro JESUS quando estava vivo e muito menos depois de ressuscitado. A irmã Faustina recebeu a visita de um homem loiro, alto, jovem dos olhos claros e barba (algo do tipo “bonitão” para os padrões desse mundo) . Sinceramente….esse “Jesus” estava parecendo mais um europeu do que alguém do oriente médio.

Segundo a Bíblia em Isaías 53 : 2 , Jesus era feio e não possuía boa aparência, já em Apocalipse 1:14, onde Ele surge triunfante e glorificado, seus cabelos são brancos como a neve, ou seja, a sua verdadeira aparência está muito longe do que a irmã Faustina viu, mas mesmo diante desse erro gritante o ex Papa João Paulo II transformou essa senhora em santa e instituiu o culto à imagem da divina misericórdia no ano de 2000.

A principal função da imagem da divina misericórdia é fazer com que satanás tenha o controle mental de vários católicos pelas cores que saem do coração. Esse demônio que se fez passar por Jesus explicou que o raio vermelho representa o sangue e o amarelo a água quando o coração do verdadeiro JESUS foi transpassado. Vamos a essa canalização:

“Os dois raios representam o sangue e a água. O raio pálido representa a água que justifica as almas, o vermelho representa o sangue, vida das almas.  Ambos os raios saíram das entranhas da minha misericórdia quando na cruz, o meu coração agonizante na  morte foi aberto com a lança”.

Em João 19:34 não diz que a lança furou o coração, mas apenas um lado:

Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água. (JOÃO 19 34 )

A verdade é que esse culto anula o sacrifício do verdadeiro Cristo e também implanta o desejo de perversão sexual  nos corações de muitos católicos. Isso acontece por que as cores usadas provocam grande descontrole mental. O vermelho é a cor do desejo, isso explica o surgimento de tantos padres pedófilos e molestadores no catolicismo e o branco, por ser a fusão de todas as corres, provoca irritação na pessoa.

A anulação do sacrifício de JESUS pode ser vista na morte da irmã Faustina, pois a mesma sofreu intensamente por horas em 1938. Cada vez  que ela olhava para o quadro a sua tortura aumentava.  Isso é um claro sinal que esse demônio a enganou perfeitamente.

Na nova ordem mundial essas cores serão usadas na  imagem  que se assemelha ao espírito de Baha’u’llah  (Apocalipse 13 : 15) que é  a estrela de nove pontas, mais conhecida biblicamente como o demônio estrela renfã  (Atos 7 : 43).

“Agora vou desligar, o telefone tá caro
Já falei demais, brigado pela atenção
Mas se alguém ligar dizendo ser eu
Pode ser um trote do diabo
Que já desceu
Que já desceu
Que já desceu
“Eu já estou aqui!!!”

http://www.encontrocomcristo.org.br/

http://www.paginaoriente.com/santos/festadamisericordia.htm