A maturidade do dialogo inter-religioso

Para destruir os valores cristãos foi criada a Aliança das  Civilizações pela ONU que através de vídeos como esse tem colocado em prática mais uma etapa no plano da nova ordem mundial de Baha’u’llah. Aos 4:40 do vídeo um membro da comunidade Bahá’i  diz em outras palavras no seu discurso que se  uma religião acreditar na  verdade absoluta  não poderá fazer parte da aldeia global. Esse tipo de pensamento foi inspirado no ensinamento de Abdu’l’Bahá descrito abaixo:

“…A religião divina não é causa de discórdia e desarmonia. Se a religião for fonte de antagonismo e contenda, a ausência de religião será preferível. A religião está destinada a ser uma nova vida para o corpo da sociedade humana…” ( 12 DE MAIO DE 1912 Palestra de Abdu’l’Bahá no Encontro do Fórum Internacional da Paz Igreja Metodista Episcopal de Grace.  Rua Cento e Quatro, Zona Oeste, Nova Iorque)

A verdade é que a Bíblia,  quando interpretada de forma correta,  é a única verdade e JESUS o único caminho:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”  (João 14 : 6)

Esse tipo de pensamento ensinado por JESUS fere o diálogo inter-religioso e  fará com que cristãos deixados para trás  sejam exterminados no futuro. Entende-se por isso também como uma parte da  “maturidade” que falam nesse vídeo.

O que é decidido nesses encontros quase que secretos e com tão poucas pessoas acaba influenciando no comportamento em escala mundial, por exemplo, quase no final do vídeo é citada a gastronomia como fator de diversidade religiosa.  É muito comum ser oferecido jantares e almoços ecumênicos para as lideranças espirituais da nova era, afinal eles são a fonte do fator de multiplicação.

Mas para  nós (a  ralé)  todas as emissoras da TV aberta  usam os programas de culinárias como fator de unificação. É muito comum  a divulgação de pratos exóticos e comidas típicas como a árabe,  que está ligada ao Islã, para promover a unidade da diversidade em programas (clique aqui para ver). Isso não significa que não devemos comer um kibe. O importante aqui é estar consciente dessa meta final apenas.

Não marcando datas, mas com essa maturidade inter-religiosa em seu estágio final falta pouco para a manifestação espiritual de Baha’u’llah.

http://www.aliancadecivilizacoes.mre.gov.br/pt-br/

Anúncios